CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem nacional terrestre: como funciona e quanto custa

Para muitos viajantes, pegar a estrada de carro ou ônibus é a melhor opção. Ver a paisagem, parar pelo caminho e fazer do percurso parte da experiência pode ser muito interessante. Para garantir a maior tranquilidade nesta modalidade, o seguro viagem nacional terrestre pode e deve constar no seu planejamento.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Então, antes de tudo, vale a pena ler o nosso artigo e se informar sobre preços, tipos de proteção oferecidas, regras e muito mais. Confira!

O que é o seguro viagem nacional terrestre?

Nada mais é que a proteção que deve ser contratada quando você estiver viajando dentro do Brasil, seja de carro, ônibus, moto ou caminhão. O seguro viagem nacional terrestre reúne uma série de auxílios e serviços que podem ajudar em casos de imprevistos que aconteçam no período.

Vale destacar que o seguro viagem nacional terrestre é basicamente o mesmo oferecido para as viagens de avião ou cruzeiros marítimos. Os seguros de viagem, portanto, cobrem você em qualquer que seja o transporte utilizado.

Mas vale frisar um ponto: se você estiver viajando no seu carro, o seguro não cobre nenhum tipo de dano ao automóvel. Além disso, as coberturas só podem ser acionadas a partir do momento em que o segurado estiver a 100 quilômetros de distância de sua residência, no mínimo.

Tire também suas dúvidas sobre seguro viagem de carro aqui.

Comparação com o DPVAT

Primeiro, antes de comparar o seguro viagem nacional terrestre com o DPVAT, vale a pena entender o que é esta sigla. Ela significa Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre que, desde 1974, passou a ser obrigatório para todo cidadão brasileiro que possui veículo automotivo. Anualmente, os proprietários de veículos no país pagam este seguro, cuja arrecadação é utilizada no socorro às vítimas de acidentes de trânsito.

O DPVAT oferece um valor em caso de morte, invalidez permanente e reembolsa despesas médicas na rede privada. Então quer dizer que ele substitui o seguro viagem nacional terrestre? Na verdade, não. Por isso, é comum as pessoas se protegerem durante suas férias e contratarem um seguro adicional.

Desvantagens do DPVAT

O DPVAT não oferece todas as coberturas que um bom seguro viagem reúne.

  • Não oferece assistência para emergência odontológica, consultas médicas em emergências, traslado de corpo, acompanhante em caso de internação e garantia de retorno de viagem;
  • Os valores oferecidos no DPVAT costumam ser bastante inferiores, quando comparamos com os planos de seguro viagem nacional;
  • Há uma burocracia quase sempre envolvida para utilizar os benefícios – o prazo para receber a indenização é de 30 dias em média, reiniciado a cada pendência encontrada na documentação. Ou seja, costuma ser muito maior;
  • Outro ponto fundamental é que o DPVAT vem sendo rediscutido e há até o risco de perder a validade. A mais recente notícia, da Agência Senado, consultada em 5 de junho de 2020, é que a medida provisória que extinguia o DPVAT perdeu a validade e este seguro, portanto, permanece como estava. Como a discussão ainda não está totalmente finalizada e tudo depende de um cenário político é instável, o mais prudente é se garantir com um seguro viagem nacional terrestre.

É obrigatório fazer o seguro viagem nacional terrestre?

Não, no Brasil, não há esta obrigação. Na América do Sul, aliás, apenas e Equador exigem seguro viagem. No caso do Equador, basta ter um plano, sem valor estipulado de cobertura; já na Venezuela, é preciso que o seguro ofereça no mínimo 40 mil dólares de cobertura para despesas médicas e um seguro bagagem de pelo menos mil dólares.

Mas vamos nos concentrar no Brasil. Ainda que não seja uma exigência legal a contratação de um seguro viagem nacional terrestre, motivos não faltam para você contratar um plano e contar com essa proteção. A recomendação é viajar com um seguro que cubra USD10 mil dólares de despesas médicas e hospitalares (DMH). Vamos falar dos motivos no próximo ponto, então siga conosco na leitura!

Seguro viagem terrestre nacional

Então, por quê contratar?

Vale a pena ter à sua disposição um seguro viagem nacional terrestre por uma série de boas razões. Elencamos algumas delas, destacando o quanto ele pode funcionar como um importante ponto de apoio para você.

  • Ainda que você tenha plano de saúde, nem sempre é válido em todo o território nacional. E, mesmo sendo nacional, a qualidade de uma prestadora de serviços varia bastante entre as diferentes regiões do Brasil. Por outro lado, quem tem pode acionar o seguro viagem, garantindo o atendimento no hospital ou clínica recomendada pelo plano, onde você estiver;
  • Ninguém está livre de imprevistos, mesmo em uma viagem dentro do Brasil. Há possibilidade de alergias alimentares e outras indisposições, acidentes em vários níveis de gravidade, perda ou roubo de documentos e outros problemas que podem ser bastante amenizados por um seguro viagem nacional terrestre;
  • Nem o seu plano de saúde, nem o DPVAT vão cobrir, por exemplo, os remédios receitados na consulta de emergência, por meio do auxílio farmácia; já o seguro viagem oferece esse serviço, até o limite estabelecido na apólice;
  • O traslado de corpo, em caso de falecimento, também não está incluído na maioria dos planos de saúde. E pode ser uma despesa bastante alta para a família, em uma situação complicada como esta;
  • Mesmo em viagens terrestres pode acontecer um extravio de bagagem, em ônibus, por exemplo. Em momentos como estes, o seguro viagem nacional terrestre vai ajudar diretamente a recuperar sua mala ou garantir indenização caso ela não apareça.
  • Seja a viagem de moto ou de carro, quaisquer imprevistos podem acontecer. O seguro viagem nacional terrestre custa barato quando pensamos nos riscos aos quais estamos expostos na viagem.

Vai viajar para o sul do Brasil? Você pode se interessar pelo seguro viagem Curitiba.

Quanto custa?

O valor do seguro vai depender da seguradora e da duração da sua viagem. Pesquisamos no dia 5 de junho de 2020 quanto custaria um seguro viagem nacional terrestre para 10 dias de viagem. A partir de R$20,37 (ou seja, R$2,03 por dia, apenas), você já pode contar com uma boa proteção.

Exemplos de planos de seguro viagem nacional terrestre

Confira algumas boas opções de seguros para quem vai viajar de moto, carro ou ônibus dentro do Brasil que encontramos:

SulAmérica Brasil Porto Seguro Brasil Prata Travel Ace 10 Brasil April 15 Brasil Basic GTA Brasil 18
Despesa Médica Total R$10 mil R$10 mil R$15 mil R$18 mil
Cobertura Odontológica Incluída no valor acima R$500 R$15 mil R$350
Cobertura Farmacêutica R$300 R$500 R$1 mil R$400
Regresso Sanitário R$7 mil R$20 mil R$2500 R$10 mil R$18 mil
Seguro de Bagagem Extraviada R$1500 R$1500 R$1200 complementar R$1 mil R$600
Seguro por Morte Acidental R$50 mil R$80 mil R$8 mil R$15 mil R$20 mil
Valor R$20,37 R$27,64 R$35,72 R$42,25 R$43,21

*Pesquisa realizada em 5 de junho de 2020 nos sites Seguros Promo, Porto Seguro e SulAmérica, para uma viagem com duração de 10 dias (entre 1 e 10 de novembro de 2020).

Qual é o melhor?

O plano da Porto Seguro oferece um custo-benefício bastante interessante e é a nossa recomendação. Outra boa opção é o April 15 Brasil Basic, da April Seguro Viagem, que custa um pouco mais e traz um conjunto bem completo de coberturas.

Fique sempre atento, pois algumas empresas não oferecem um valor para despesas médicas e hospitalares, mas apenas para imprevistos menores, como assistências odontológicas. Além disso, se você pretender praticar esportes durante a viagem, vale contratar o seguro que ofereça uma cobertura extra para tal.

Coberturas do seguro viagem nacional terrestre

Veja alguns itens que um bom seguro viagem nacional terrestre oferece.

  • Despesas Médicas e Hospitalares;
  • Despesas Odontológicas;
  • Auxílio Farmácia;
  • Despesas com Fisioterapia;
  • Traslado Médico;
  • Traslado do Corpo;
  • Regresso Sanitário;
  • Hospedagem Após Alta Hospitalar;
  • Hospedagem de Acompanhante;
  • Visita ao Segurado Hospitalizado;
  • Regresso de menor desacompanhado;
  • Adiantamento de Fiança;
  • Cancelamento e Interrupção de Viagem;
  • Despesas Jurídicas;
  • Extravio de Bagagem;
  • Localização de Bagagem;
  • Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente;
  • Orientação em Caso de Roubo ou Perda de Documentos;
  • Regresso Antecipado do Segurado;
  • Morte Acidental.

Recomendação Seguro Viagem Pro: vale a pena contratar?

Com certeza! Como mostramos para você, o seguro viagem nacional terrestre custa muito pouco, não vai impactar no seu orçamento e oferece uma série de proteções.

O ideal, claro, é não precisar acionar; contudo, certamente pegar a estrada sabendo que pode utilizar vários serviços e que tem uma central de atendimento disponível faz toda a diferença para a sua experiência.

A equipe do Seguro Viagem Pro, vale sempre destacar, recomenda a contratação de um seguro  com cobertura para despesas médicas e hospitalares de no mínimo 10 mil reais.

Você vai encontrar diversos planos com coberturas mais baixas disponíveis – e, claro, com preços mais atrativos. No entanto, planos com valores muito baixos podem ser arriscados, com um reembolso seguro viagem que pode não ser suficiente para cobrir situações mais graves e procedimentos mais complexos. No caso de algo acontecer, o seguro arca com as despesas e você precisará pagar o restante. E esse excedente pode ser um valor bem alto.

A diferença de valor entre planos com coberturas maiores é baixa, como você viu na tabela acima. Portanto, a sugestão é investir na sua segurança e tranquilidade, contratando um bom seguro.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Onde contratar?

Você pode contratar um seguro viagem nacional terrestre pelo site da seguradora, através de agências de viagens ou em sites comparadores de seguros, sendo essa a melhor opção, por oferecer uma ampla gama de planos e seguradoras, e ainda melhores preços.

Nós do Seguro Viagem Pro temos o nosso próprio comparador de seguros viagem em parceria com o portal Seguros Promo. Ele reúne uma dezena de excelentes seguradoras, apresenta planos lado a lado para facilitar a sua escolha. Você analisa os planos que entregam a cobertura que mais se encaixa no seu perfil, nas suas expectativas e no seu orçamento.

Se você quiser testar outros comparadores, recomendamos também o Compara Online, a Real Seguro Viagem ou o Assistente de Viagem.

Neste caso, basta selecionar o destino como Brasil, colocar as datas de início e fim da viagem e dados pessoais, fazer a comparação dos planos apresentados e adquirir o que melhor lhe atenda.

Os seguros oferecidos são para viagens em geral, seja de avião, de ônibus, de carro ou de navio. Por isso, ele oferecerá cobertura independentemente do transporte que você utilizará.

Desconto especial

Nossos leitores têm uma vantagem extra, tanto no nosso comparador de seguros viagem quanto no portal Seguros Promo. Você pode inserir o cupom SVP5, para ganhar 5% de desconto. Se o pagamento for realizado com boleto bancário, você obtém mais 5%, totalizando uma redução de 10% no valor total.

Saiba mais:

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Carolina Carvalho

Carolina é brasileira com cidadania portuguesa, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Foi atleta profissional de natação, conheceu diversos países por meio das competições e agora continua viajando pelo mundo. Trabalha com a produção e a edição de conteúdos para mídias ligadas ao setor de turismo e ao ramo de seguros de viagens.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo