Seguro Viagem

Tenho escala em um país da Europa, preciso de seguro viagem?

Tenho escala em um país da Europa, preciso de seguro viagem? Respondemos a sua dúvida de quem tem viagem marcada para a Ásia, África, Oceania ou, até mesmo, América do Norte. A necessidade do seguro viagem é uma dúvida comum de muitos viajantes, antes de mais nada, vale reafirmar, mesmo quando o seguro não é obrigatório, viajar sem ele é um risco que ninguém deve correr.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Explicamos em quais situações o seguro é uma exigência, quais as especificações da proteção e as recomendações para escolher o plano ideal, confira.

Tenho escala em um país da Europa, preciso de seguro viagem?

Sim. Se você tem destino a qualquer continente, seja Ásia, África ou Oceania, você é obrigado a contratar um seguro viagem pois vai passar pela imigração no aeroporto na Europa. Além disso, o seguro viagem deve atender as exigências do Tratado Schengen com cobertura para despesas médicas e hospitalares – DMH – de, pelo menos 30 mil euros.

A imigração irá exigir mesmo se o meu destino final não for a Europa?

Sim. A partir do momento que você precisa passar pela imigração na Europa você precisa de seguro viagem. Independente do tempo de permanência, caso o seu voo envolva escala você vai precisar sim de um seguro viagem.

Isso acontece, porque ao entrar no Espaço Schengen você vai poder circular livremente entre os países europeus, então, é comum que os documentos e condições para entrar no território sejam verificados na imigração, que é a porta de entrada para a maioria dos países do continente.

Mas, a exigência do seguro viagem não significa que necessariamente a imigração vai pedir o documento. Diferente do passaporte, que é um documento de identificação e será exigido, o seguro viagem nem sempre é solicitado. Caso seja, o ideal é que você tenha o documento, pois corre o risco de não ser admitido em território europeu.

Vou fazer um stopover na Europa, preciso do seguro?

Com certeza! Mais que isso, se você vai passar algumas horas ou dias fora do aeroporto é mais que exigido e recomendado o seguro viagem. Isso porque você estará oficialmente entrando no território, não importando o tempo que vai permanecer.

O seguro deve cobrir o período que você estará no território, por exemplo, se seu stopover é de 2 dias, a proteção deve abranger pelo menos esses dias, com cobertura mínima de 30 euros de DMH.

Caso seu stopover seja em algum país do Espaço Schengen o seguro é obrigatório. O seguro viagem também é importante para evitar gastos inesperados com saúde. Muitos países europeus não oferecem acesso à saúde pública para os turistas, assim, em caso de emergência, os turistas precisaram pagar pelo serviço privado.

seguro viagem escala na Europa

Tenho PB4 e vou entrar na Europa por outro país, posso ter problemas?

Sim. O PB4 só é válido em Portugal, assim como o IB2 só é válido na Itália. Desta forma, os documentos não são reconhecidos como seguro viagem por outros países, uma vez que se tratam de acordos diretos entre os países e o Brasil, não um acordo europeu.

Desta forma, o ideal é que você contrate um seguro para entrar na Europa, de preferência que cubra toda a sua viagem, até o período em Portugal. O seguro viagem tem proteções que não estão presentes no seguro viagem, como o traslado médico e de corpo, assim como as proteções para bagagem.

Desta forma, se o seu destino é Portugal ou Itália, contrate um seguro viagem, pelo menos até chegar aos países – idealmente contrate a proteção para todo o período fora do Brasil, não custa muito, a seguir você vai ver.

Vou viajar pela Europa e Ásia, preciso de dois seguros diferentes?

Não. Nesse caso, o ideal é contratar um seguro viagem internacional, que cobre todos os destinos no mundo. Porém, preste atenção, ao contratar o seguro viagem internacional, opte pela proteção com cobertura superior a 30 mil euros. Esse valor, além de ser o mínimo exigido para entrada na Europa, também atende bem os custos de emergências médicas em qualquer destino.

Para ajudar você a identificar o seguro viagem ideal, fizemos uma simulação de uma viagem internacional de 15 dias, no período de 1 a 15 de setembro de 2020. A cotação foi realizada no dia 4 de junho de 2020 no comparador do Seguro Viagem Pro.

Cobertura Affinity 15 TA 40 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) AC 100 Mundo + telemedicina(exceto EUA)
Despesa Médica Hospitalar (DMH) USD 15 mil USD 40 mil USD 60 mil USD 100 mil
Cobertura odontológica USD 600 USD 500 USD 800 USD 700
Gastos por atraso do voo USD 300 Não USD 300 a partir de 6h USD 300 a partir de 6h
Seguro de bagagem extraviada USD 1 mil suplementar USD 1.200 complementar USD 1.200 complementar USD 1.200 complementar
Regresso sanitário USD 15 mil USD 20 mil USD 50 mil USD 40 mil
Traslado de corpo USD 15 mil USD 20 mil USD 50 mil USD 25 mil
Valor R$205,02 R$217,72 R$252,50 R$258,05

Destacamos quatro planos com coberturas variadas, note que a cobertura de DMH superior a 30 mil euros pouco afeta o valor do seguro. Outro ponto a ter atenção é que a maioria dos seguros com cobertura internacional não cobre os Estados Unidos, estão se a sua escala na Europa for pra lá, fique atento na escolha.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Antes de contratar um seguro viagem, avalie sempre a cobertura e verifique se ele atende as suas necessidades e os destinos nos quais vai estar. Mesmo que sejam algumas horas de conexão, viajar protegido é muito importante. Imagine estar a caminho da Ásia e ter uma emergência médica em solo europeu. Ter a assistência negada pela seguradora pode ser um pesadelo e estragar a viagem toda.

Outra recomendação importante, ao contratar o seguro viagem, especialmente quando vai ter longas escalas em outros destinos, coloque a data final como o dia do desembarque no país. Caso ele esteja previsto para o período da noite, verifique a possibilidade de incluir um dia a mais de cobertura. Perder uma conexão pode significar um dia a mais de viagem e, caso você tenha uma mala extraviada, por exemplo, pode ficar sem a cobertura caso tenha ultrapassado a vigência do seguro.

Entre os planos destacados, o melhor custo-benefício é o Affinity 60, com cobertura ampla para despesas médicas e hospitalares, atente a maioria dos destinos (exceto Estados Unidos). O destaque nas coberturas está especialmente no regresso sanitário e no traslado de corpo, que atendem bem destinos distantes do Brasil e teriam alto custo de transporte do segurado.

Tem escala em um país da Europa? Ganhe desconto no seguro viagem

Agora que já respondemos à dúvida “tenho escala em um país da Europa, preciso de seguro viagem?” é hora de contatar a proteção com desconto. Contratando o seguro viagem pelo comparador do Seguro Viagem Pro ou pelo Seguros Promo, nosso parceiro, você pode ganhar até 10% de desconto.

Para isso, basta adicionar o cupom SVP5 na hora da compra e, automaticamente, você recebe 5% de desconto no seguro viagem. Para dobrar o desconto, basta pagar no boleto, assim você acumula 10% de desconto e viaja protegido.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Carolina Sanches

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Graduada em Jornalismo, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos. Atualmente é mestranda em Ciência da Comunicação na Universidade do Porto. Visite o perfil da Carolina no Linkedin.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo