CoberturasSeguro Viagem

O que é DMH? Entenda a cobertura no seguro viagem

Tão importante quanto contratar um seguro viagem é entender a sua cobertura. Por exemplo, você sabe o que é DMH? Este é um termo presente em praticamente todas as apólices – e um dos mais importantes -, mas nem sempre o viajante tem ideia do que se trata.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Contudo, entender o que é DMH é fundamental, antes mesmo de você pegar a estrada ou embarcar em um avião. Para você ter uma ideia, este item chega a ser obrigatório para entrar em alguns países que são destinos frequentes dos brasileiros.

Então, se você ficou curioso(a), continue a leitura e descubra mais sobre essas três letrinhas.

Afinal, o que é DMH?

A DMH é a abreviação de Despesas Médico-Hospitalares. Ou seja, os gastos cobrados quando um turista necessita de atendimento médico, após sofrer um acidente ou alguma enfermidade durante a viagem. É preciso que estas despesas estejam relacionadas à estabilização do quadro clínico do viajante, de forma que lhe permita seguir a viagem ou retornar ao local de sua residência com o máximo de segurança.

São consideradas despesas médicas e hospitalares:

  • Atendimento médico de emergência (se há risco de morte) e de urgência (em casos onde é possível aguardar um pouco mais);
  • Exames médicos emergenciais;
  • Internação hospitalar para tratamento clínico ou cirúrgico de emergência e urgência.

A DMH está sempre incluída no seguro contratado durante a viagem. Contudo é importante que o viajante leia atentamente a apólice do seguro antes de assinar, para ter certeza que eventuais gastos médicos serão cobertos pela seguradora e quais são as regras para sua utilização.

Ao contratar um seguro viagem, eventuais despesas médicas que se enquadra nos requisitos do contrato são pagas ou reembolsadas, portanto, pode ficar mais tranquilo diante de imprevistos que envolvam sua saúde.

Todo seguro viagem oferece a cobertura?

Sim. Aliás, a DMH é o principal item de um seguro viagem, estando incluída em basicamente todas as apólices. Na prática, a Resolução 315 da Susep (Superintendência de Seguros Privados) aponta que pelo menos um dos itens a seguir deve constar no seguro:

  • Despesas médicas e hospitalares;
  • Traslado médico;
  • Traslado de corpo;
  • Regresso sanitário;
  • Indenização por morte em viagem e invalidez.

A boa notícia é que normalmente todos eles constam na grande maioria dos seguros.

No entanto, é importante que o viajante leia atentamente a apólice do seguro viagem antes de assinar e antes de viajar. Assim, ele pode confirmar o que é DMH de acordo com os critérios da seguradora, quais eventuais gastos médicos serão cobertos e todas as regras para sua utilização.

Como funciona a cobertura?

Quando detalhamos o que é DMH, o essencial é entender que a assistência médica e hospitalar só pode ser ressarcida em casos de acidentes ou doenças contraídas durante a viagem. Ou seja, não pode ser acionada para realizar uma consulta médica de rotina e sem urgência.

E quando o viajante já possui alguma doenças preexistente? Uma determinação da Susep aponta que os seguros de viagem devem, sim, cobrir tais ocorrências. Entretanto, algumas enfermidades podem ter a cobertura limitada, dependendo da empresa. Mesmo assim, se o viajante for portador de doenças crônicas, como hipertensão ou diabetes, a cobertura é obrigatória e garantida por lei.

Importante ficar atento também aos critérios de reembolso do seguro viagem para que esses gastos médicos sejam pagos, caso seu plano contemple essa cobertura. Os exames, internações e cirurgias devem tratar lesões e sintomas causados por acidentes, doenças contraídas ou crises durante a viagem. O tratamento precisa ser prescrito pelo médico que atendeu o segurado durante a ocorrência do caso.

o que é dmh no seguro viagem

Cobertura por evento

É uma modalidade que permite a cobertura de cada ocorrência de um problema de saúde do viajante,

Vamos supor que a pessoa contratou um seguro viagem de cobertura de DMH de 30 mil euros para uma viagem de 30 dias na Europa. Durante a viagem, sofre um acidente e quebra um braço, acionando o seguro. Ele terá até 30 mil euros de cobertura para a solução daquele evento, e depois segue a viagem normalmente.

Se, por uma infelicidade, antes de retornar ao seu país de origem, o mesmo viajante contrair uma doença e precisar novamente acionar o seguro, terá igualmente 30 mil euros disponíveis para as despesas médicas, pois se trata de um novo evento.

O que pode ser mais vantajoso, pois a cobertura não é consumida, ou seja, o segurado tem a cada atendimento, o valor integral para cobrir os gastos médicos.

Cobertura complementar

Há alguns seguros que separam as despesas totais de DMH em gastos por evento e complementares. Há, por exemplo, planos que oferecem 35 mil dólares de DMH total, sendo 30 mil dólares para DMH por evento e os outros 5 mil dólares para DMH complementar.

Na prática, para cada eventualidade médica, o segurado terá 30 mil dólares (que não são dedutíveis). Contudo, se ele tiver um problema que acarrete uma despesa de 33 mil dólares, os 3 mil excedentes serão deduzidos do valor complementar.

Em uma próxima eventualidade, o segurado terá 30 mil dólares para Despesa Médica Hospitalar por evento e 2 mil dólares para DMH complementar.

Qual o valor recomendado para a cobertura?

Quando se analisa o que é DMH ou despesas médicas hospitalares, percebemos claramente que o valor influencia diretamente no preço do seguro viagem. Há inúmeras opções de planos com várias faixas de pagamento. Para você ter uma ideia, existem desde seguros com DMH de 5 mil dólares até outros que cobrem 1 milhão de dólares. Isso mesmo.

É preciso analisar, entre estes valores, o que melhor corresponde as suas necessidades, além dos demais itens da apólice. Assim, você terá uma visão do plano que atende ao que de fato precisa para uma viagem segura.

O valor do seguro tem a ver com o que é DMH?

Sim. Esta cobertura influencia diretamente no preço do seguro, assim como a quantidade de serviços oferecidos pela apólice e os valores de reembolso de todos eles. Confira 4 planos com diferentes DMH e repare que até mesmo as melhores coberturas de não custam caro.

Fizemos uma cotação de seguro para a Europa, em uma viagem de 7 dias por pessoa.

Travel Ace 40 Especial Internacional Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Intermac 150 Ouro Assist Card AC 250 + Telemedicina
Despesa Médica Hospitalar Total USD 40 mil USD 60 mil USD 150 mil USD 250 mil
Valor do plano R$66,99 R$128,16 R$163,59 R$197,75

*Cotação realizada no dia 6 de janeiro de 2020, utilizando nosso comparador de seguros.

O que é DMH obrigatória?

Há países que exigem que o viajante apresente um seguro viagem obrigatório na entrada, logo na imigração. Alguns inclusive estabeleceram valores mínimos de cobertura que devem ser cumpridos.

  • O principal exemplo é o Seguro Schengen, que torna obrigatório o valor de 30 mil euros de DMH para entrar e viajar entre 26 países da Europa. Alguns deles são destinos de viagem frequentes entre os brasileiros, como Portugal, Espanha, França, Itália e Alemanha;
  • Um seguro com DMH de pelo menos 10 mil dólares é exigido em Cuba, desde 2010;
  • Na Venezuela, a partir de 2013, o seguro viagem tornou-se obrigatório. A cobertura mínima deve ser de 40 mil dólares para assistência médica, repatriação médica e funerária;
  • No Equador, é necessária a contratação de um seguro viagem desde 2018, mas sem uma cobertura médica mínima.

DMH de acordo com o país de destino

Existem muitos países onde o seguro viagem não é exigido. Mas não significa que ele deixe de ser importante. É altamente recomendado viajar com a proteção, principalmente onde os custos com atendimento de saúde sejam elevados – e o mais conhecido exemplo são os Estados Unidos. Ainda que não haja a obrigatoriedade de seguro para o visitante entrar em solo norte-americano, é importante ter uma proteção para garantir atendimento de saúde no sistema local, que é privado.

Na hora de contratar sua DMH, uma boa pedida é ter assistência médica de pelo menos 50 mil dólares, principalmente para quem tiver doenças crônicas ou preexistentes. Desta forma, o viajante estará protegido em caso de eventualidades médicas, inclusive as mais complexas, e não voltará com uma conta altíssima a pagar.

Além do seguro viagem Estados Unidos, esta precaução vale para Inglaterra, Canadá, Austrália e países asiáticos.

DMH no seguro viagem

Em quais situações a DMH pode ser acionada?

Sempre que houver um acidente pessoal ou uma enfermidade súbita e aguda, ocorrida exclusivamente durante o período da viagem. Em geral, a DMH também pode ressarcir despesas após uma crise ocasionada por doença preexistente ou crônica, quando ela gerar um quadro clínico de emergência ou urgência.

Vale sempre lembrar que a indenização, por meio de reembolso das despesas ou da prestação de serviços, é limitada ao valor contratado na apólice. Se as despesas ultrapassarem este valor, é o viajante que precisará complementar o pagamento ao hospital ou clínica. Para pedir o reembolso à seguradora, será preciso apresentar todos os comprovantes originais e dos relatórios médicos.

Então, caso exista algum incidente no qual seja necessário o tratamento com fisioterapia, é preciso consultar com atenção o plano contratado. Afinal, nem todos oferecem este e outros benefícios considerados adicionais em suas coberturas.

O que a DMH não cobre?

As apólices trazem normalmente uma seção chamada riscos excluídos, que detalha estas situações. O principal, para quem busca saber o que é DMH, é que eles não envolvam despesas com medicamentos e tratamentos após a alta hospitalar ou atendimento médico. Tampouco cobre procedimentos sem urgência. Além do mais, a DMH é válida apenas durante a viagem, sempre.

Os principais itens que a DMH não cobre são:

  • Tratamentos e exames eletivos, preventivos, rotineiros e não-emergenciais;
  • Troca de curativos e revisão de gesso;
  • Consultas de retorno;
  • Check-ups;
  • Medicinas alternativas, acupuntura, homeopatia, quiropraxia ou terapia com floral;
  • Órteses de qualquer natureza e próteses de caráter permanente, como membros artificiais, aparelhos auditivos, lentes de contato, lentes, óculos, cadeira de rodas ou andadores (exceto a locação de cadeira e utilizados durante a internação hospitalar por recomendação médica);
  • Parto e complicações da gravidez;
  • Continuidade de tratamentos iniciados antes da viagem segurada;
  • Cirurgia plástica, exceto se for uma cirurgia reconstrutiva necessária, em decorrência de um acidente pessoal coberto;
  • Tratamentos de transtornos psiquiátricos mentais, do humor e metabólicos.

Como escolher um seguro viagem a partir da DMH?

Agora que você sabe o que é DMH e sua importância, nós podemos resumir as principais dicas para escolher seu seguro viagem. Avalie:

  • Se seu destino de viagem exige seguro e se há valor mínimo de DMH;
  • A realidade do país para onde você vai e se os custos no atendimento de saúde são altos por lá. Assim, você pode contratar um valor de DMH compatível com as possíveis despesas;
  • O mais importante é considerar sua condição de saúde. Os seguros para gestantes, idosos, crianças, pessoas com doenças preexistentes e o seguro viagem para esportes devem ser mais robustos, com um bom reembolso da DMH. Quem pretende fazer uma viagem prolongada, como estudantes de intercâmbio, também precisam contar com uma cobertura melhor.
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Mas a nossa principal recomendação, sem dúvida, é considerar que nem sempre o seguro mais caro é o melhor. O que vale é se a cobertura atende às suas necessidades específicas.

Indicamos, para facilitar a sua busca, ferramentas que permitam listar vários seguros lado a lado para analisar cada um dos pontos apresentados, como o nosso comparador de seguro viagem. Ele ainda sinaliza quais são os seguros com o melhor custo-benefício, destacando na lista o que é DMH e o valor do seguro bagagem, também fundamental.

Você também pode consultar outros comparadores, como a Real Seguro Viagem e o Compara.

Desconto no seguro viagem

Uma vez que você tenha encontrado o plano ideal com nosso comparador de seguros, você ainda pode garantir um bom desconto! Utilize o nosso cupom exclusivo SVP5 para 5% de redução. O pagamento com boleto bancário soma mais 5%, totalizando um desconto de até 10%. Esta vantagem também é válida no nosso parceiro Seguros Promo, aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Gabriele Ferreira

Paulista apaixonada pela escrita e pelos arranha-céus.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo