CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem furto: descubra como esta cobertura funciona

Quando estamos fazendo as malas, muitas vezes nos damos conta dos vários objetos de valor que transportamos. Celular, câmera fotográfica, laptop, tablet, leitores de livros, dinheiro em espécie e cartões de crédito costumam estar na bagagem. Dependendo do seu destino, a lazer ou a trabalho, pode ser uma boa ideia contratar um seguro viagem furto e ficar mais tranquilo.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Vale destacar, antes de mais nada, que o seguro viagem contra roubo e furto não resolve tudo. Basta imaginar que as fotos da viagem – e de toda uma vida -, assim como senhas e informações importantes guardados nos dispositivos furtados nem sempre podem ser recuperados.

Então, junto com a dica do seguro viagem furto, vem a sugestão de conservar um backup dos seus principais arquivos em nuvens. Vamos seguir e tirar as principais duvidas ao longo do artigo. Confira.

O seguro viagem furto está em todas as apólices?

Não, nem sempre o seguro viagem furto está incluído nos planos básicos. Normalmente, durante a contratação do seguro convencional, algumas empresas oferecem a opção de incluir coberturas adicionais ou upgrades. Uma delas é o seguro viagem furto, que pode cobrir roubo de eletrônicos, de bolsas e carteiras. Ele pode ser adicionado à apólice mediante o pagamento de uma taxa extra.

O que um seguro viagem normalmente cobre

O que a maioria dos seguros viagem oferece é a assistência em caso de perda, roubo ou furto de documentos imprescindíveis para a continuidade da viagem. Alguns exemplos são o passaporte e o cartão de crédito.

O que a seguradora costuma fazer é apoiar e orientar o viajante sobre as principais providências a tomar. Indica como proceder com a polícia local, onde fazer um boletim de ocorrência, qual o número de telefone para cancelar o cartão e outras medidas necessárias. Dependendo da seguradora, ela pode até entrar em contato com familiares para enviarem cópias dos documentos.

Veja também este artigo: estou em viagem e perdi os documentos – veja se o seguro viagem cobre.

Itens que costumam estar excluídos das apólices básicas

Sempre aconselhamos a leitura atenta das apólices, para ter ciência do que o seguro não cobre. Há várias situações em que os planos comuns, que não contam com seguro viagem furto específico, não oferecem assistência em caso de:

  • Roubo, furto simples, furto qualificado e extravio;
  • Despesas ligadas à substituição de documentos pessoais, bilhetes aéreos e/ou cartões de crédito furtados, roubados ou extraviados;
  • Danos parciais à bagagem por extravio, roubo ou furto, sem que haja o total desaparecimento da mala entregue à empresa (aérea, marítima ou terrestre) transportadora;
  • Saques indevidos em caixas eletrônicos, sem que tenha ocorrido coação;
  • Fraude eletrônica, independente da origem;
  • Perdas que provenham de ato ilegal ou má-fé do segurado;
  • Despesas ou saques por perda, roubo e furto não reconhecidos pelo segurado nos cartões, efetuadas fora do período de cobertura;
  • Transações em terminais eletrônicos cujo acesso seja feito por meio senha.

Também é útil lembrar a diferença entre roubo e furto, para entender melhor o que dizem as apólices. É considerado furto quando há a subtração de um pertence sem que a vítima note o acontecido. No roubo, por sua vez, a subtração do bem envolve ameaça ou violência contra a vítima, reduzindo sua capacidade de resistência.

Veja aqui nossas dicas para entender os itens da apólice de seguro viagem.

Empresas que oferecem seguro viagem furto

Cada empresa tem suas próprias regras e critérios para a utilização do seguro viagem furto. A maioria das que oferece o benefício cobre pertences adquiridos durante a própria viagem.

Confira exemplos dos adicionais que cada uma oferece. Lembrando que as indenizações são limitadas ao capital contratado.

Adicionais contra furto

Assist Card Intermac World Nomads April Coris Assist Trip Travel Ace
Roubo de Bolsa e Carteira em Viagem Indenização no valor de um item novo.  –
Roubo de ingressos e passagens Para roubo do passe ferroviário, rodoviário, aéreo ou marítimo, além de ingressos de parques e eventos dentro e fora do Brasil. É preciso que tenham sido adquiridos antes da viagem. Cobre passagem ferroviária, aérea ou marítima  roubada com violência e que inclua roubo de passaporte, cartões de crédito ou dinheiro.
Compra protegida Para roubo ou dano por acidente  de eletroeletrônico portátil novo adquirido na viagem. Indenização corresponde a 85% do valor indicado na nota fiscal de compra. Para eletrônicos adquiridos na viagem. As coberturas vão de 1 mil até 5 mil dólares, e eles consideram o  valor do produto em nota fiscal. Em caso de roubo ou furto qualificado de produto eletrônico portátil novo adquirido com cartão de crédito ou débito  na viagem. Para eletrônicos portáteis adquiridos na viagem com cartão de crédito ou cartão para viagem, furtados até 24 horas após a aquisição.
Furto de eletrônicos Recentemente, o seguro passou a oferecer a cobertura. Cobre notebooks e smartphones com até 1 ano e 6 meses de uso. A indenização vai de 1 mil até 5 mil dólares. O reembolso é de 60% do valor do produto na nota fiscal.
Auxílio Financeiro Emergencial Para vítima de roubo de dinheiro ou cartões de débito ou crédito de sua titularidade.
Roubo de bagagem Em caso de extravio, roubo e furto de malas, pastas e bolsas em hotel, taxi, transporte público e parques temáticos.
Roubo, furto e quebra acidental de laptop corporativo Sim

Faça a cotação do seu seguro viagem com adicional para furtos no Portal Seguros Promo e veja os valores.

Documentos necessários para reembolso

O seguro viagem furto realiza o pagamento de indenização, até o limite do capital contratado, mediante a apresentação de documentos que comprovem a ocorrência e o valor do item roubado ou furtado.

Eles costumam exigir uma cópia do boletim de ocorrência policial ou do órgão responsável, com a descrição da situação, realizado no próprio local do incidente. A nota fiscal do produto roubado também deve ser anexada ao pedido de reembolso.

Vale a pena contratar um seguro viagem furto?

O adicional de seguro viagem contra furto e roubo pode valer a pena especialmente em dois cenários:

1. Se equipamentos de trabalho estiverem sob sua responsabilidade

Se for uma viagem a negócios e você precisar levar o notebook e o celular da empresa com você, pode ser uma boa ideia contar com uma cobertura extra. Assim você se previne diante de prejuízos financeiros maiores durante sua viagem. O mesmo vale, por exemplo, para fotógrafos que transportam equipamentos que costumam ser caros e chamam a atenção.

2. Se o destino de viagem oferece riscos

Da Europa à América Latina, não estamos livres de roubos de celular em boa parte dos países. Especialmente se vamos frequentar pontos turísticos, metrôs e outros locais de grande movimento. Deste modo, o seguro viagem furto pode valer a pena, principalmente se seu celular ou máquina fotográfica tiver um alto valor de mercado.

Seguro viagem contra roubos e furtos

3. Se a viagem é de longa duração

Quanto mais tempo exposto, maiores podem ser os riscos de ter um pertence furtado ou extraviado. Então, se a viagem será mais longa e se você vai levar muitos itens de valor, pode compensar adicionar o seguro viagem furto à apólice.

Um exemplo interessante é a história da Adriana Setti, que ela compartilhou no site Viagem e Turismo. Ela teve sua bolsa roubada na Tanzânia e, nela, estavam sua câmera principal, uma câmera menor com compartimento para mergulho e seu Kindle. Ela conta como utilizou o seguro viagem furto da World Nomads e foi uma experiência satisfatória.

Aproveite e veja este artigo sobre seguro de mala e como funciona.

Quanto custa o seguro viagem furto?

Vai depender da seguradora que você escolher, da duração da viagem e do tipo de adicional a ser incluído, como a cobertura de roubos, furtos, a proteção para compras e a garantia de reembolso de ingressos e passagens roubados.

Na empresa World Nomads, por exemplo, a proteção de um iPad pode custar cerca de 15 dólares a mais no plano Explorer, que é o mais completo. Para uma câmera fotográfica, o valor fica aproximadamente 10 dólares no mesmo plano.

Sugestões de planos

Confira a simulação que realizamos para uma viagem entre os dias 1 e 10 de setembro de 2019 para os Estados Unidos no nosso comparador de seguro viagem.

Estes são os planos básicos, que oferecem em média o auxílio em caso de perda e roubo de documentos importantes para a continuidade da viagem, como passaporte e cartão de crédito. Para contratar os adicionais contra furtos, é preciso entrar em contato com a empresa e fazer esta solicitação.

Travel Ace

TA 40 Especial América do Norte

  • Despesas médicas e hospitalares: USD 40 mil;
  • Seguro Bagagem extraviada: USD 1.200 complementar;
  • Custo: R$104,20 (R$10,42 por dia).

Saiba se a Travel Ace Assistance vale a pena.

Assist Card

AC 35 Inter + Telemedicina

  • Despesas médicas e hospitalares: USD 35 mil;
  • Seguro Bagagem extraviada: USD 1.200 complementar;
  • Custo: R$124,10 (R$12,41 por dia).

Descubra neste artigo se o Assist Card Seguro Viagem é bom.

Intermac

Intermac I30

  • Despesas médicas e hospitalares: USD 30 mil;
  • Seguro Bagagem extraviada: USD 350 suplementar;
  • Custo: R$138 (R$13,80 por dia).

Leia nossos comentários sobre a Intermac Assistance neste artigo.

April Coris

April 30 USA Basic

  • Despesas médicas e hospitalares: USD 30 mil;
  • Seguro Bagagem extraviada: USD 1 mil;
  • Custo: R$198,80 (R$19,88 por dia).

Confira nossa avaliação sobre o April Coris Seguro Viagem.

Se você ainda está na dúvida de qual seguro viagem fazer, leia esse artigo com indicações de planos para cada perfil.

6 dicas para evitar roubos – e não precisar acionar o seguro viagem furto

Na verdade, a gente sempre adquire um seguro viagem sem a menor intenção de utilizá-lo. O ideal é contar com a proteção e não passar por nenhuma situação que o obrigue a acionar este serviço, não é mesmo. Como costumamos relaxar em outros países, achando que não há riscos, e ficamos mais desatentos quando estamos em viagem, fique com algumas dicas importantes de segurança.

  • Evite andar com celular, carteira e passaporte no bolso de trás das calças ou em bolsas com fecho de fácil abertura;
  • Não deixe seus pertences de valor visíveis quando estiver na rua;
  • Evite andar com altas quantias de dinheiro e, se for necessário, transporte naquelas bolsinhas que ficam ao redor da cintura, por dentro da roupa (doleira);
  • Cuidado extra em pontos turísticos e locais de concentração de pessoas, como metrôs. Desconfiar de pessoas que se encostam em você;
  • Atenção para as abordagens nas ruas, por pessoas pedindo assinaturas ou informações. Às vezes são distrações que podem se transformar em furto;
  • Roubo de bagagem é frequente em estações de trem, saguões de aeroporto e entradas de hotéis, então fique atento e aproveite sua viagem em segurança.
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Como comprar com desconto

Utilizando nosso comparador de seguros viagem, simulamos os preços de apólices básicas que incluem auxílio em caso de perda e roubo de documentos do segurado e até de seus acompanhantes. A vantagem de utilizá-lo é que ele mostra, em poucos segundos, uma lista comparativa de planos para o destino escolhido, de acordo com o melhor custo-benefício.

Outra recomendação da nossa equipe é cotar no site Seguros Promo. Nele e no nosso comparador, se você utilizar nosso cupom exclusivo SVP5, ganha na hora 5% de desconto na compra.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo