ÁfricaSeguro Viagem

Seguro viagem Etiópia: o que você deve saber para escolher

No sudeste do continente africano, uma das grandes surpresas positivas é a Etiópia. Embora seja um país desafiador e que exige sair da zona de conforto, reserva uma das experiências mais incríveis que se pode ter. E é claro que o seguro viagem Etiópia é um item fundamental no checklist para aproveitar ao máximo essa aventura – em um dos países mais antigos do continente.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Das igrejas esculpidas em rochas de Lalibela ao lago de lavas do vulcão ativo Erta Ale, passando pela gastronomia saborosa e por um dos melhores cafés do mundo, viajar pela Etiópia é descobrir um novo mundo. O ponto de partida pode ser a interessante capital, Addis Ababa.

Quer conhecer mais? Então siga na leitura e descubra especialmente como garantir sua tranquilidade, com o seguro viagem Etiópia.

O seguro viagem Etiópia é obrigatório?

Ainda que não seja obrigatório por nenhuma legislação, é altamente recomendado fazer um seguro viagem Etiópia antes de chegar ao país. Ele se localiza em uma região com pouca oferta de infraestrutura, próximo da Eritreia e da Somália. O seguro viagem África é recomendado para todos os destinos.

Outra indicação é, se possível, tomar a vacina de Poliomielite até um ano antes da viagem, de acordo com recomendação do Portal Consular do Itamaraty.

Mas fique atento, pois para entrar na Etiópia é preciso ter visto. O documento pode ser obtido na embaixada em Brasília ou solicitado no aeroporto da capital, Adis Abeba.

Qual a cobertura recomendada?

É fundamental que o seguro viagem Etiópia tenha uma cobertura satisfatória, com altos valores de reembolso, especialmente se o passeio envolve gestantes, idosos, pessoas com doenças preexistentes ou crônicas, assim como praticantes de esportes.

Antes de fechar a contratação, não deixe de ler com atenção a apólice e tenha certeza de que ela inclui algumas coberturas básicas, que são importantes para este destino. Por exemplo:

  • Despesas médicas e hospitalares de no mínimo USD 60 mil;
  • Reembolso de gastos com emergência odontológica de pelo menos USD 500;
  • Cobertura de saúde para gestantes, idosos e pessoas com doenças preexistentes, se o viajante tiver algum destes perfis;
  • Auxílio farmácia por reembolso;
  • Traslado médico acima de USD 10 mil;
  • Regresso sanitário a partir de USD 40 mil;
  • Traslado de corpo mínimo de USD 40 mil;
  • Convalescença em hotel;
  • Assistência em caso de extravio de bagagem a partir de USD 1 mil, de preferência suplementar;
  • Auxílio na perda ou roubo de documentos importantes;
  • Garantia de viagem de regresso;
  • Cancelamento e interrupção de viagem;
  • Indenização por morte acidental.

Descubra se vale a pena contratar cobertura maior no seguro viagem.

Motivos para contratar o seguro viagem Etiópia

Há várias razões que tornam essencial o seguro viagem Etiópia. No geral, é preciso entender que explorar o país é desafiador: muitas ruas não tem nome e muitos pontos turísticos são encontrados à base de perguntas.

Tanto que vários hotéis já têm preparadas as instruções por escrito. Nem sempre a internet funciona no hotel e nas ruas, então é preciso estar preparado e ter um ótimo seguro viagem como apoio para situações de emergência.

Entre os bons motivos para contratar a proteção estão:

  • Garantia da localização mais rápida possível de um médico durante uma urgência;
  • Reembolso de despesas em imprevistos, como atendimento médico, medicamentos receitados na emergência e outros gastos;
  • Ponto de apoio durante perda da bagagem ou se o seguro viagem cobre roubo de documentos;
  • Custeio do traslado de volta para o Brasil com acompanhamento especial para continuar o tratamento após um acidente, se for recomendação médica;
  • Traslado médico entre o local do acidente e o hospital mais próximo com estrutura para atendimento;
  • Em caso de morte, cobre as despesas altíssimas com os trâmites e o transporte do corpo entre a Etiópia e o Brasil;
  • Alguns seguros oferecem a opção de concierge, que auxilia com informações locais sobre clima, atrações turísticas e mais.

Saiba como acionar seguro viagem para ser atendido durante uma emergência.

Como funciona a saúde pública para turistas?

Tecnicamente, a população local tem acesso a serviços gratuitos de saúde. O tema tem sido priorizado pelos últimos governos e a extensa rede de atendimento beneficia diretamente a qualidade de vida e a economia do país.

Contudo, os hospitais públicos e os equipamentos não são suficientes – e muitos se concentram apenas na capital. Até pouco tempo, era preciso viajar para países vizinhos para realizar uma ressonância magnética, por  exemplo. Além disso, nem sempre os profissionais estão corretamente treinados.

Isso tudo é para contextualizar e dizer que o seguro viagem Etiópia é indispensável para agilizar o acesso ao atendimento durante urgências e emergências, direcionando até mesmo um médico ao hotel se for necessário. Para um turista, é bastante complicado ter acesso a um hospital público e, ainda que seja aceito, precisará pagar pelos procedimentos realizados.

Saiba quais as principais situações que custam mais que o seguro viagem.

Custo de atendimento de saúde privado

Uma ressonância magnética, para analisar a extensão de uma lesão ou outro caso, fica em torno de USD 115 a USD 150. No continente africano, dada a escassez de profissionais e de infraestrutura, alguns procedimentos podem sair muito caro – é o caso de uma cirurgia de joelho, que chega a USD 15 mil e pode requerer traslados médicos maiores.

Situações comuns em que o seguro viagem Etiópia é acionado

São relativamente frequentes os casos de:

  • Bagagem extraviada, especialmente se o voo para a Etiópia inclui trocas de aeronave no percurso;
  • Problemas gastrointestinais. A alimentação da Etiópia é uma delícia – com destaque para a injera, uma espécie de crepe local acompanhado de vários bocados de verduras e leguminosas, para comer com as mãos. Acontece que nem sempre a higiene é a mais adequada e há chances de contaminação de alimentos e dá água;
  • Assaltos e furtos, conforme alerta do Portal Consular do Itamaraty.

Acidentes mais comuns com turistas

Os riscos não são exclusivos de viajantes que vão realizar trekking pelas Montanhas Simiens (conhecidas como o rooftop da África), com seus cânions e uma fauna surpreendente; ou de quem vai passear de barco pelas lavas do vulcão extinto no Lago Wonchi. Estes são acidentes prováveis, mas há outros casos bastante comuns.

Entre eles, quedas e lesões durante longas caminhadas em terrenos acidentados, ao redor das igrejas centenárias e templos em cavernas de Geralta, localizadas entre paredões de rocha e penhascos de tons de cobre íngremes. Ou na própria cidade de Lalibela, onde estão as mais conhecidas igrejas esculpidas em blocos rochosos. Em julho, quando ocorre a estação chuvosa, o perigo aumenta.

Outro caso frequente são alergias e doenças causadas por picadas de mosquitos e até de pulgas, presentes em muitos dos tapetes que forram algumas das antigas igrejas do país.

É importante conhecer os riscos excluídos do seguro viagem, para entender até onde se estende a sua proteção e seus direitos.

etiópia seguro viagem

Confira também o seguro viagem Moçambique e o seguro viagem Tanzânia, destinos que atraem cada vez mais visitantes no continente africano.

Seguro viagem do cartão de crédito vale a pena?

Normalmente, o ideal é contratar um seguro viagem Etiópia personalizado e com todos os itens de apólice informados com clareza. A principal vantagem do seguro viagem do cartão de crédito é que ele sai de graça para quem já é cliente dos cartões de crédito premium que oferece este benefício. Veja a resposta para esta dúvida frequente: como saber se meu cartão de crédito tem seguro viagem?

Quase sempre o seguro do cartão de crédito disponibiliza uma ou no máximo duas opções – e ele se restringe apenas aos clientes premium, ou seja, o acesso à proteção de viagem é bastante limitado. Há ainda outro ponto importante, de que o cartão costuma oferecer os maiores valores de reembolso apenas para viagens à Europa. Além do mais, é necessário ter comprado as passagens aéreas utilizando o cartão para ter direito à cobertura.

Diante de tantas ressalvas, é preciso analisar se o cartão de crédito vale a pena para você, que precisa se sentir confortável e consciente diante do que é oferecido. Não deixe de checar a idade máxima coberta, se atende gestantes, se tem seguro bagagem e outras eventuais limitações.

Na dúvida, o melhor é fazer um seguro viagem ideal para seu perfil, com todas as coberturas que você prioriza.

Quanto custa o seguro viagem Etiópia?

Mais barato do que você imagina. Com valores bastante acessíveis você já investe na sua segurança para curtir esta viagem. Pesquisamos alguns dos melhores seguros, mais básicos e mais robustos, para uma viagem de uma semana ao país, no período de 1 a 7 de junho de 2020.

Planos mais econômicos

Estes planos básicos atendem muito bem à maioria dos viajantes, com coberturas essenciais e valores satisfatórios de reembolso e despesas médicas. Para o continente africano, há coberturas de despesas médicas iniciando em USD 15 mil, por exemplo. Contudo, indicamos valores mais elevados, de pelo menos USD 30 mil, se a intenção é economizar.

Coberturas Assist Card 50 com franquia + Telemedicina Travel Ace TA 40 Especial – Internacional Affinity 35
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 50 mil USD 40 mil USD 35 mil
Cobertura farmacêutica (por reembolso) USD 500 USD 400 USD 700
Traslado médico USD 3 mil USD 10 mil USD 900
Seguro de bagagem extraviada USD 600 complementar USD 1.200 complementar USD 1.200 suplementar
Valor R$67,87 R$74,67 R$128,30

*Cotação realizada em 3 de março de 2020 utilizando nosso comparador de seguros viagem.

Planos completos

Gestantes, idosos, pessoas com doenças preexistentes podem confiar nestes planos com coberturas maiores e mais itens inclusos em apólice, garantindo uma proteção abrangente.

Coberturas Intermac 150 Ouro Travel Ace TA 150 Especial Assist Card 250 + Telemedicina
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 150 mil USD 150 mil USD 250 mil
Cobertura farmacêutica (por reembolso) USD 3 mil USD 900 USD 1 mil
Traslado médico USD 100 mil USD 10 mil USD 10 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1 mil suplementar USD 1.500 complementar USD 1.200 suplementar
Valor R$182,74 R$195,13 R$219,28

*Cotação realizada em 3 de março de 2020 utilizando nosso comparador de seguros viagem.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Viu como é possível conciliar coberturas interessantes e preços que valem a pena, no seu seguro viagem Etiópia? Entre as opções que se destacam nestas listas estão o TA 40 Especial, entre os econômicos, e o Intermac 150 Ouro, entre os completos.

Para encontrar estas e outras alternativas, não precisamos pesquisar em vários sites. Concentramos a busca no nosso comparador de seguros viagem, que gera em poucos segundos uma lista com dezenas de opções em várias faixas de preço e de coberturas, que atendem ao seu destino de viagem e suas necessidades. Esta é a nossa principal recomendação, vale a pena começar sua pesquisa com esta ferramenta!

Desconto no seguro viagem

O melhor que no nosso comparador de seguros viagem você ainda pode utilizar o nosso cupom exclusivo SVP5, que gera 5% de desconto na hora. Pagando com boleto bancário, você soma mais 5%, totalizando 10% de desconto. Estas duas vantagens também são válidas no portal Seguros Promo, nosso parceiro aqui no Seguro Viagem Pro. Aproveite e curta suas próximas férias na maior tranquilidade!

Veja também nosso ranking do melhor seguro viagem África e compare!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo