Seguro Viagem

Extravio de Bagagem: o seguro cobre? Mostramos o que fazer

Quem já teve uma bagagem extraviada sabe o tamanho da dor de cabeça que esse problema é capaz de dar. No artigo, vamos te ensinar o que fazer caso você sofra um extravio de bagagem, como evitar que isso aconteça e se o seguro viagem cobre essa despesa.

COMPARADOR SEGURO VIAGEM

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

Como acontece o extravio de bagagem?

Você chega ao destino, fica à espera na esteira e nada da sua mala aparecer. Infelizmente, essa história é bem comum.

Estima-se que cerca de 21,6 milhões de bagagens sejam extraviadas ou danificadas anualmente no mundo.

De fato, o número ainda é alto, mas é positivo. A Sita, órgão internacional que monitora o manuseio global de bagagens, afirma que o número total de malas mal manuseadas caiu de 46,9 milhões, em 2007, para 24,8 milhões, em 2018.

E isso aconteceu durante um período em que o número total de passageiros aéreos praticamente dobrou.

O momento em que a mala se perde costuma ocorrer entre conexões, exatamente na troca de aviões: 47% dos casos acontecem nessa etapa.

Do total de malas perdidas, 78% acabam chegando atrasadas, enquanto 17% chegam atrasadas e danificadas e 5% se perdem totalmente.

A Europa apresenta, de longe, o pior desempenho no manuseio de bagagens, de acordo com a Sita. O continente registra anualmente 7,29 malas mal manuseadas por cada mil passageiros, comparado a 2,85 na América do Norte e apenas 1,77 na Ásia.

O que fazer em caso de extravio de bagagem?

Primeiro, você deve se dirigir ao guichê da empresa na área de desembarque e preencher o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB).

É importante que você guarde sempre com você o comprovante de despacho da sua bagagem, ele será necessário nesse momento.

De acordo com o Código de Defesa do Consumir, a partir do momento em que você despacha a bagagem, ela se torna responsabilidade da companhia aérea que está utilizando.

Indenização de emergência

Caso sua bagagem não seja localizada ainda no aeroporto, você deverá receber uma indenização de emergência.

De acordo com a norma da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que prevê indenização para extravio de bagagem, o passageiro que passar por esse tipo de problema deve receber da companhia aérea uma ajuda de custo, para auxiliar nas compras emergenciais.

As companhias aéreas é que definem a forma e os limites diários do ressarcimento. Para destinos internacionais, geralmente recebe-se 150 dólares ou 100 euros. Para os nacionais, cerca de R$ 300.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

Caso a mala não seja localizada, a empresa tem no máximo sete dias para encontrá-la em caso de voos nacionais (antigamente, esse prazo era de 30 dias, o que já revela um avanço). Para voos internacionais, o prazo é de 21 dias.

Se esses prazos forem ultrapassados ou a sua bagagem não for encontrada, a empresa terá que indenizar você.

Como é calculada a indenização por extravio de bagagem?

O ressarcimento por extravio de bagagem é calculado exclusivamente pelo peso da mala que constará no bilhete de despacho de bagagem da companhia aérea, independentemente do valor de seu conteúdo.

Porém, se a bagagem realmente não aparecer em sete dias (voo nacional) ou 21 dias (voo internacional), o valor máximo da indenização será de cerca de R$ 5 mil.

Na verdade, este valor é variável e calculado em Direitos Especiais de Saque – uma moeda do Fundo Monetário Internacional com variação diária e que deve ser consultada no site do Banco Central do Brasil.

A indenização máxima é de 1.131 Direitos Especiais de Saque (aproximadamente R$ 5 mil).

Quando o extravio de bagagem vira caso de Justiça

Nem sempre o valor avaliado para o ressarcimento satisfaz o passageiro que perdeu a mala.

No entanto, vale lembrar que, geralmente, as companhias aéreas não se responsabilizam por danos ou perdas de objetos de valor.

Por isso, prefira sempre levá-los em mãos nas viagens ao invés de despachá-los. Se não houver jeito e tiver que despachar artigos valiosos, é importante declarar antes de embarcar.

E se o extravio de bagagem gerar alguma despesa adicional, esse valor também pode ser recorrido na Justiça. Por isso, guarde todos os recibos de compras realizadas referentes ao transtorno.

Mas, lembre-se: o passageiro precisa fazer o registro de reclamação de extravio, por escrito, junto à empresa aérea de forma imediata, isto é, logo após o seu desembarque. Se não houver o registro por escrito junto ao transportador, não há como reclamar.

extravio de bagagem malas

Como o seguro viagem pode te ajudar?

A maioria dos seguros de viagem oferece cobertura para extravio de bagagem. O valor da indenização feita pelo seguro vai depender do plano contratado.

Entretanto, o que as pessoas que contratam geralmente não sabem é que existem duas formas de indenização, aplicadas pelas seguradoras para reembolsar os passageiros que enfrentam esse tipo de problema: o seguro de bagagem complementar e o suplementar.

Seguro de bagagem complementar

O seguro de bagagem complementar – como o próprio nome diz, completa a indenização paga pela companhia aérea até o valor estabelecido na apólice. Ou seja, se o valor para extravio de bagagem descrito na apólice é de R$ 500 e a companhia aérea paga R$ 200, você receberá do seguro um valor de R$ 300 de indenização.

Seguro de bagagem suplementar

Já o seguro suplementar, pode funcionar de duas formas dependendo da seguradora:

  • Primeiro: além do valor pago pela companhia aérea, a seguradora irá te indenizar com 40 dólares para cada quilo de bagagem, até o valor máximo estabelecido na apólice;
  • Segundo: a seguradora irá pagar o mesmo valor da companhia aérea, obedecendo o limite estabelecido para tal cobertura na apólice contratada.

Ou seja, o seguro suplementar é mais vantajoso para o cliente. Se ainda tem dúvidas sobre o seguro bagagem complementar e suplementar, veja esse artigo detalhado.

Qual a cobertura que os seguros oferecem para extravio de bagagem?

A Assist Card, por exemplo, garante USD 1,2 mil na modalidade complementar, ou seja, além do valor pago pela companhia aérea, se a escolha do plano for o AC 35 Inter + Telemedicina.

Já no plano AC 15 América do Sul, Central e Caribe, o complemento é de USD 600.

No plano ITA 10 Inter, da International Travel Assistance, apenas USD 150 complementares.

Ou seja, depende mesmo do plano que você escolher.

Mas, via de regra, quanto maior a cobertura médica hospitalar envolvida e mais alto o valor do plano, maior será a cobertura para bagagem extraviada.

Você pode simular planos de acordo com seu destino e datas de embarque e retorno em nosso comparador de seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo.

O que está fora de cobertura de indenização?

Fique atento, pois há uma lista de riscos excluídos nas cláusulas dos seguros de bagagem. A maioria dos planos não dá cobertura aos seguintes itens:

  • Quaisquer danos causados ao conteúdo da bagagem;
  • Danos a óculos, lentes de contato e qualquer aparato bucal;
  • Joias, peles, relógios, títulos, obras de arte, apólices e dinheiro (inclusive cheques de viagem);
  • Bagagem que não tenha sido entregue sob a responsabilidade da empresa transportadora e bagagem de mão;
  • Qualquer dano nas bagagens do segurado antes da entrega à empresa transportadora;
  • O confisco, apreensão, dano ou destruição da bagagem por parte da Alfândega ou de qualquer outra autoridade governamental;
  • Vícios próprios da bagagem, derrame ou vazamento de líquidos, roeduras, ou qualquer outro dano, mesmo que total, causado por traça, inseto ou mofo, cuja causa não seja comprovadamente atribuível a acidentes ou incêndio com o meio transportador;
  • Furto simples e extravio de bagagem sob responsabilidade do segurado;
  • Furto parcial do conteúdo da bagagem;
  • A não retirada da bagagem pelo Segurado logo que disponibilizada pela empresa transportadora;
  • Líquidos e bebidas em geral, alcoólicas ou não, bem como alimentos de qualquer espécie, perecível ou não;
  • Quaisquer tipos de animais.

Como evitar o extravio de bagagem?

É claro que o extravio de bagagem é um imprevisto e pode acontecer com qualquer um. Mas há alguns cuidados que você pode tomar para evitar esse tipo de problema.

Identifique a sua bagagem

É importante ter um identificador de bagagens com o seu nome, telefone de contato e destino. É sempre bom também diferenciar a sua bagagem para facilitar a identificação. Muitas bagagens são parecidas e podem ser confundidas por outros passageiros na hora de retirar da esteira. Coloque algum tipo de identificação como uma fita amarrada para deixá-la personalizada.

Faça um bom planejamento do seu voo

É sempre bom estar atento na hora de fazer a compra dos seus voos para não fazer conexões com menos de uma hora entre um voo e outro para voos nacionais. E para voos internacionais, com menos de duas horas. É quando não há tempo hábil para trocar as bagagens de uma aeronave para outra que o extravio costuma acontecer com maior frequência.

Retire todas as etiquetas antigas da sua mala

Ter etiquetas de outros voos em sua mala pode confundir o operador de transporte da empresa aérea. Garanta que apenas a etiqueta atual está presa à sua mala.

Evite malas de grife ou que chamam muita atenção

Há pessoas que roubam malas em aeroportos. Elas ficam de olho em bagagens de grife, de marca, que podem ter itens de valor dentro.

Previna-se

É sempre bom levar uma roupa limpa, escovas de dente, um agasalho e outros itens de primeira necessidade na mala de mão. Guarde todas as notas fiscais de produtos comprados que estão dentro da mala.

Ganhe desconto de até 10%

Gostaria de conhecer mais opções de planos de seguro viagem? Nós ajudamos você. Utilize o nosso comparador de seguro viagem e veja quais são os planos mais adequados ao seu destino com o melhor preço do mercado.

Basta inserir os seus dados pessoais e de viagem e conferir em sua tela os planos de seguradoras renomadas no mercado. Receba ainda um desconto exclusivo para pagar menos no seu seguro.

Escolhendo fazer a compra via nosso comparador (ou também diretamente pelo Seguros Promo), leitores Seguro Viagem Pro ainda podem receber até 10% de desconto.

Primeiro, adicione nosso cupom de desconto SVP5 (que te dá 5% de desconto). Depois, realize o pagamento por boleto bancário (que te dá mais 5% de desconto). Como os descontos são acumulativos, você economiza 10%. O desconto é válido nas duas plataformas, aproveite!

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo