Europa

Seguro viagem Itália: saiba como escolher a proteção ideal

O seguro viagem Itália é uma proteção essencial para quem vai viajar pelo país. Além de ser obrigatório, ele disponibiliza o suporte necessário para encaminhar o segurado em situações de emergência. Neste artigo, detalhamos informações importantes, como as coberturas necessárias, quanto custa a proteção, como contratar e os planos mais indicados de acordo com seu perfil. Aproveite a leitura.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Seguro viagem Itália é obrigatório?

Sim, é obrigatório. Por ser um país que faz parte do Tratado de Schengen, a Itália e outros 25 países europeus definiram algumas regras para a entrada de viajantes. O seguro viagem Europa é um dos itens exigidos pelos agentes de imigração do país, logo na chegada.

Além deste documento, prepare-se para apresentar a passagem de volta com data marcada, comprovação de local de hospedagem e de meios financeiros para ficar no país no período previsto. Caso você não tenha o seguro viagem para a Itália, sua entrada pode ser negada e você precisará voltar ao Brasil.

Tem cobertura mínima?

Sim. O seguro viagem para a Itália deve cobrir a partir de 30 mil euros de despesas médicas e hospitalares. Dependendo do perfil do viajante, se exigir mais atenção e cuidados com a saúde, recomendamos uma cobertura de maior valor, como 60 mil euros.

Quando se considera o custo de vida e dos procedimentos de saúde na Europa, esses valores que a princípio parecem elevados, são essenciais para uma viagem sem gastros imprevistos com a saúde.

Como funciona o seguro viagem Itália?

O seguro viagem para a Itália é uma proteção que garante atendimento médico e suporte da seguradora em diversas situações. Em caso de emergências e urgências médicas, o segurado deve entrar em contato imediatamente com a seguradora para que seja encaminhado ao atendimento especializado.

Existem situações que o médico vai até o segurado, outras em que pode fazer uma consulta online, ou ainda, pode ser encaminhado para o atendimento adequado mais próximo. Nessas situações, quando o seguro é acionado antes do atendimento, a seguradora encaminha o segurado para redes conveniadas, não tendo que desembolsar nada pelo atendimento.

Em outras situações, quando não é possível entrar em contato com a seguradora antes do atendimento, ou não existe rede conveniada, cabe ao segurado pagar o atendimento na hora. Posteriormente, ele deve solicitar o reembolso do seguro viagem, para isso, deve entrar em contato com a seguradora o quanto antes e verificar os documentos exigidos para realizar a solicitação.

seguro viagem pela Itália

Quanto custa um seguro viagem Itália?

Custa bem menos do que você imagina, principalmente quando comparado com outras despesas maiores da sua viagem. Para se ter uma ideia, os preços começam em R$ 11,63 por dia de viagem.

Fizemos a cotação de um seguro para 10 dias de viagem para a Itália, no período de 1 a 10 de outubro de 2020. A cotação foi realizada no nosso comparador de seguros viagem no dia 10 de agosto de 2020.

Cobertura April 30 Europa Basic AC 60 Europa + Telemedicina TA 100 Mundo (exceto EUA) Intermac 150 Ouro
Despesas médicas e hospitalares (DMH) EUR 30 mil EUR 60 mil USD 100 mil USD 150 mil
Cobertura médica para gestante EUR 30 mil Dentro da DMH – até 28 semanas Dentro da DMH – até 34 semanas e 40 anos USD 10 mil – até 28 semanas
Cobertura odontológica EUR 30 mil EUR 500 USD 500 USD 1.200
Gasto por atraso de voo EUR 100 (6 HORAS) USD 350 (APÓS 12 HORAS)
Seguro bagagem extraviada EUR 1 mil EUR 1.200 (complementar) USD 1.200 (complementar) USD 1.000 (suplementar)
Regresso sanitário EUR 50 mil EUR 40 mil USD 50 mil USD 40 mil
Traslado de corpo EUR 50 mil EUR 10 mil USD 50 mil USD 40 mil
Valor R$ 191,61 R$ 174,84 R$ 270,5 R$ 290,87

Os preços, como você viu, diferem de acordo com os valores previstos para cobertura – especialmente despesas médicas e hospitalares – e a quantidade de itens presentes na apólice.

Vale lembrar que todos os planos indicados no resultado da pesquisa atendem aos limites mínimos exigidos para entrar na Itália, com cobertura superior a 30 mil euros e possuem excelente custo-benefício.

Qual o melhor seguro viagem Itália?

O melhor seguro viagem Itália e para qualquer outra viagem será o que melhor atende as suas necessidades, ao seu perfil de viajante e quanto você pode ou quer pagar.

Quem vai com a intenção de praticar esportes, deve prestar atenção a este item no seguro viagem esportes radicais, assim como fisioterapia, traslado médico e outros pontos. Da mesma forma, um seguro viagem para gestante ou o seguro viagem para idosos devem ter valores mais altos de cobertura médica e prestar todo o atendimento a estes públicos, que requerem mais cuidados com a saúde.

Mesmo que você não faça parte de nenhum desses grupos, o raciocínio é o mesmo: verifique sempre os itens e os valores cobertos até encontrar um plano que faça você se sentir seguro.

Entre os planos listados, a melhor opção para uma gestante, por exemplo, é o TA 100 Mundo, da Travel Ace, com cobertura de 100 mil dólares para gerantes até as 34 semanas de gestação.

Para idosos, por outro lado, o melhor plano é o Intermac 150 Ouro, com cobertura de 150 mil dólares, o plano ainda atende viajantes até os 85 anos, tendo aumento no preço a partir dos 75, quando o plano passa a custar R$ 436,30.

Para viajantes sem necessidades especiais, a opção mais indicada é o AC 60 Europa + Telemedicina, da Assist Card. A proteção tem um ótimo custo-benefício e a cobertura de despesas médicas e hospitalares é o dobro da exigida.

Como contratar um seguro viagem Itália

É rápido e simples, se você utilizar ferramentas como o nosso comparador de seguro viagem:

  • Pesquise pelo seu destino (no caso, Europa);
  • Faça a comparação dos planos que parecem ser os melhores para você;
  • Confira a reputação de cada uma das seguradoras responsáveis. Para ajudar você nessa missão, confira o nosso ranking do melhor seguro viagem 2020;
  • Esteja atento à apólice do seguro para verificar o que cobre, o que não cobre e quais são os valores de cobertura.

Outras excelentes opções de comparadores de seguro viagem confiáveis e com preços ótimos são o Seguros Promo, o Compara Online e a Real Seguro Viagem. Assim, você vai analisar qual o melhor custo-benefício para você e para o seu destino.

Coberturas essenciais para o seguro viagem Itália

As coberturas variam de acordo com o plano, de forma geral, vale prestar atenção aos principais itens, checar se constam na apólice e o valor de cobertura de cada um.

Emergências de Saúde

  • Atendimento médico e odontológico de emergência 24h;
  • Reembolso de despesas com medicamentos receitados na emergência;
  • Hospedagem após alta hospitalar;
  • Traslado médico;
  • Repatriação médica, caso o segurado precise retornar ao Brasil devido a um acidente ou doença; repatriação funerária ou sanitária, em caso de falecimento;
  • Indenização por morte acidental;
  • Indenização em caso de invalidez total ou permanente.

Emergências relativas a voos e bagagens

  • Seguro em caso de atraso de voo, interrupção ou cancelamento da viagem;
  • Localização de bagagem extraviada;
  • Indenização por perda ou extravio de bagagem.

Assistências extras

  • Auxílio jurídico em caso de acidente de trânsito;
  • Assistência em caso de perda ou roubo de documentos essenciais;
  • Pagamento de fiança.

Como acionar o seguro viagem Itália?

Caso você precise acionar o seguro viagem Itália, deve entrar em contato diretamente com a seguradora contratada. No momento da compra, você receberá um e-mail com a apólice do seguro com todos os números de contato para acionar o seguro, assim como o número do contrato que é essencial no momento de acionar o seguro viagem.

Importante: imprima o voucher com o número do seguro e os telefones de contato da seguradora. Leve-o sempre com você, pois será importante ter esses dados em mãos no caso de emergência.

Além dos telefones de contato, muitas seguradoras disponibilizam aplicativo do seguro viagem, no qual você pode entrar em contato de forma mais rápida e eficiente. O suporte online é uma maneira simples de acionar o seguro no exterior, uma vez que evita ter que conseguir um telefone para chamar a operadora no Brasil, mesmo a cobrar, quando você está fora do país não é possível fazer esse tipo de chamada com custo zero.

Itália seguro para viagem

Vai estender a viagem para outros países do Mediterrâneo? Então confira como funciona o seguro viagem Grécia.

IB2 substitui o seguro viagem Itália?

Não totalmente. Mas primeiro é preciso explicar como funciona o IB2.

Os cidadãos brasileiros que contribuem com o INSS podem usufruir do sistema de saúde público italiano. Um acordo firmado entre Brasil, Itália, Portugal e Cabo Verde instituiu o CDAM (Certificado de Direito a Assistência Médica), também conhecido como seguro viagem INSS. Ele é oficialmente chamado de PB4 em Portugal e Cabo Verde, enquanto o seguro viagem gratuito para Itália é o IB2.

O importante é saber que: se você é um contribuinte, pode usufruir desse benefício desde que reúna toda a documentação necessária. Para solicitar o seu CDAM, você se cadastrar no site do Governo brasileiro e seguir o passo a passo indicado. É preciso anexar os documentos:

  • Documento de Identidade (RG);
  • CPF;
  • Passaporte válido;
  • Comprovante de residência no Brasil;
  • Comprovante de vínculo com o INSS.

Quem pode solicitar a assistência?

Celetistas (funcionários regidos pelas normas da CLT), estudantes, empregadores, trabalhadores autônomos, domésticos e temporários, aposentados e pensionistas do INSS. Também têm direito os dependentes (menores de 21 anos) do contribuinte e o cônjuge do trabalhador(a).

Limitações do IB2

O IB2 não é recomendado a quem vai realizar uma viagem curta a turismo para a Itália. Veja algumas questões sobre o CDAM a considerar, neste sentido:

  • Na prática, o que o CDAM garante é que o cidadão brasileiro na Itália terá o mesmo acesso que um cidadão local aos serviços de saúde, que não necessariamente serão gratuitos e ágeis. Se houver alguma complicação, é provável que o viajante precise arcar com as despesas;
  • O CDAM também não reembolsa medicamentos nem – o mais sério – traslado médico e repatriamento em caso de doença ou morte. Isso é muito importante, pois se tratam de despesas muito elevadas, que podem ultrapassar os 40 mil euros;
  • Há a própria burocracia envolvida na emissão do IB2, que exige documentação e pagamentos como o Apostilamento de Haia. Um único documento apostilado custa R$117,95 em São Paulo (valor pesquisado em agosto de 2020);
  • Na chegada a Itália, ainda será preciso se registrar em uma ASL (Azienda Sanitaria Locale) para ativar o IB2 e usufruir do sistema de saúde público italiano;
  • O seguro viagem Itália convencional cobre mais itens, como extravio de bagagem, traslados médicos, despesas médicas, medicamentos. É mais fácil de contratar, online e em poucos segundos e ainda custa muito pouco.

Quando o IB2 vale a pena?

Se você vai fazer uma longa viagem pela Itália ou irá morar no país por mais de três meses, pode sim valer a pena.

O mais indicado é fazer um seguro viagem Itália, para garantir as coberturas importantes de imprevistos de viagem (atraso de voo, extravio de mala, cancelamento de viagem) e utilizar o IB2 de forma complementar.

Seguro viagem Itália do cartão de crédito vale a pena?

Na nossa avaliação, não é a melhor opção. Veja alguns motivos:

  • A cobertura de despesas médicas e hospitalares oferecida quase sempre é a mínima, de 30 mil euros. Como vimos, ela nem sempre é suficiente para atender todos os perfis;
  • Nem sempre pode ser acionado por gestantes, esportistas e idosos;
  • Não costumam incluir proteção contra extravio de bagagem e outros imprevistos;
  • Tampouco cobrem viagens longas, com mais de 30 ou 60 dias consecutivos, dependendo do cartão;
  • Normalmente estão disponíveis a um público relativamente restrito, com alto poder aquisitivo, com crédito aprovado para ter estes cartões, ou seja, nem todo mundo tem acesso.

Por tudo isso, consideramos que o seguro viagem Itália pelo cartão de crédito não é a alternativa mais adequada. Contudo, se for a única possibilidade para o viajante naquele momento, deve-se viajar com esta proteção, sem dúvida.

Confira nosso comparativo sobre qual o melhor seguro viagem: Visa ou Mastercard.

Seguro viagem Itália para estudantes

Se você pretende estudar na Itália o ideal é contratar um seguro viagem específico para estudantes. A proteção para esse público conta com algumas facilidades, como o cancelamento de viagem e a interrupção de viagem. Além disso, também oferecem garantia de viagem de regresso e passagem de ida e volta para um familiar em caso de hospitalização do segurado por mais de 48h que esteja viajando sozinho, caso de muitos estudantes.

Entre os planos mais indicados para estudantes, está o Affinitity 60 Student Mundo + Telemedicina. O plano tem cobertura de despesas médicas e hospitalares de 60 mil dólares, 6 mil dólares para emergências médicas decorrentes da prática de esportes e fisioterapia no valor de 600 dólares. O plano custa R$ 20,15 por dia de intercâmbio fora do país.

A GTA também tem uma boa oferta de planos para estudantes, com proteções variadas de USD42 mil até USD 145 mil.

Seguro viagem Itália barato para turismo

Se o orçamento de viagem está apertado, o TA 35 Euro Mundo, da Travel Ace, é a melhor opção. O plano que custa R$11,63 por dia de viagem, tem cobertura de DMH de 35 mil euros, suficiente para a imigração e que atende viajantes sem necessidades especiais.

Mas fique atento antes de escolher um plano muito barato, sempre verifique a reputação da seguradora. No caso da Travel Ace, a seguradora é bem avaliada no geral, mas no período de fevereiro a julho de 2020, tem acumulado avaliações ruins no Reclame Aqui.

Antes de escolher um plano pelo preço, verifique sempre as condições do plano e se ele atende suas necessidades enquanto viajante. Claro que o preço importa, mas contratar um seguro que não vai cobrir suas necessidades pode te deixar igualmente na mão durante uma viagem.

viagem com amigos Itália

Seguro viagem Itália para turismo com conforto

Viajar sem preocupação com a proteção contratada é simples, basta ler com atenção a apólice e ter certeza sobre o que está contratando. Por isso, em uma viagem para a Itália, um plano para uma viagem de turismo que proporcione conforto e garanta a cobertura de imprevistos diversos deve ter pelo menos 60 mil dólares/euros de cobertura.

A recomendação é o AC 60 Europa + Telemedicina que apresentamos no início deste texto. O plano atende a maioria doa viajantes e tem um excelente custo-benefício e uma cobertura 60 mil euros. Além disso, garante a cobertura odontológica e farmacêutica, assim como a prática de esportes. Outras comodidades oferecidas são os gastos por atraso de voo e a assistência emergencial pelo aplicativo da seguradora.

Outra vantagem está no atendimento via telemedicina, caso a emergência permita, o atendimento é realizado de forma rápida e cômoda pela internet. Ideal em casos em que não e preciso realizar exames. O médico passar a receita pelo próprio app e o segurado garante a cobertura farmacêutica da seguradora.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Ganhe desconto no seguro viagem Itália

Agora que você já sabe tudo que precisa conferir no momento da escolha do seguro viagem, é hora de contratar um plano. A ótima notícia é que você pode ganhar desconto, basta comprar pelo nosso comparador de seguro viagem ou o nosso parceiro Seguros Promo.

Basta realizar em qualquer um deles a cotação do seu seguro viagem Itália e inserir o código de desconto SVP5, na hora você ganha 5% de desconto na compra. Se optar pelo pagamento à vista com boleto bancário, ganha mais 5%, totalizando 10% de desconto. Viaje tranquilo e com o melhor preço.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Carolina Sanches

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor; a qualidade de vida. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto e graduada em Jornalismo pela Puc-Minas, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos. Visite o perfil da Carolina no Linkedin.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo