CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem para idosos: o que saber antes de contratar

Viajar na terceira idade é uma tendência, seja em grupos ou sozinho. Mas é preciso estender os cuidados com a saúde para o período de viagem. Por isso, muitas seguradoras já estão de olho neste público que está cada dia mais colocando o pé na estrada. Para ajudar você, preparamos este conteúdo especial para escolher o seguro viagem para idosos ideal e viajar tranquilo. Veja as nossas indicações.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

É preciso escolher um plano específico de seguro viagem para idosos?

Não necessariamente, mas é uma boa ideia. Além de coberturas mínimas alargadas, os planos dedicados à terceira idade garantem a extensão de internação hospitalar, o acompanhamento de parentes e visitantes no hospital por mais tempo e incluem sessões de fisioterapia – o que não há em planos convencionais.

Viajar na terceira idade pode ser um pouco mais caro quando se trata de seguro viagem – mas a idade limite imposta por cada seguradora pode variar. Alguns mantêm o valor para pessoas até 69 anos, outros até 74 anos e outros até 80. Há seguradoras que atendem passageiros que necessitem de seguro viagem para passageiros de 90 anos ou mais.

O que é importante conter no seguro viagem para idosos?

O ideal em um plano de seguro viagem para idosos é a cobertura satisfatória para despesas médicas e hospitalares (DMH). É importante considerar uma cobertura para DMH satisfatória tenda em vista, especialmente, possíveis intervenções médicas mais complexas. Por exemplo, uma queda para um idoso pode render uma fratura no quadril, o que requer uma intervenção cirúrgica que pode ser mais cara que uma simples consulta.

Assim, a cobertura mínima de DMH recomendada para idosos em destinos como a América do Sul é de pelo menos 30 mil dólares, para destinos mais distantes como África e Ásia, a cobertura recomendada é de pelo menso 60 mil dólares. Já para a América do Norte e Europa, recomendamos cobertura de DMH de, no mínimo, 100 mil dólares/euros.

As demais coberturas recomendadas para idosos são:

  • Assistência Médica por Enfermidade e/ou Preexistente – pelo menos dentro do valor da DMH (despesas médicas hospitalares);
  • Assistência odontológica – pelo menos USD 800;
  • Fisioterapia – preferencialmente incluída;
  • Assistência farmacêutica – a partir de USD 500;
  • Regresso sanitário – com cobertura mínima de USD 30 mil;
  • Traslado de corpo e traslado médico garantido;
  • Hospedagem e passagem aérea ida e volta de acompanhante e/ou familiar garantido em caso de internação superior a 48 horas;
  • Orientação em caso de perda de documentos e cartão de crédito;
  • Garantia de viagem de regresso;
  • Seguro por morte acidental;

Os itens citados acima são considerados os essenciais para garantir uma boa viagem à terceira idade. Outros itens que também proporcionam segurança e conforto são o seguro extravio ou perda de bagagem, cancelamento ou perda de voo e assistência jurídica.

casal de idosos em viagem

Observe estes itens quando for cotar o seu seguro viagem para idosos

  • Confira se sua seguradora tem assistência 24 horas. Em caso de passageiros na terceira idade, esse item é importante, pois garante que você terá cobertura a qualquer hora;
  • Nem todas as seguradoras cobrem todas as idades, muitas impõem limite na cobertura. Isso quer dizer que nem todas oferecem proteção em viagens para passageiros com mais de 65 anos;
  • Dê preferência a empresas que ofereçam atendimento em português. Isso facilitará a sua comunicação na hora do problema;
  • Também prefira planos que permitam estender o seguro viagem. Esse item serve caso necessite ficar mais tempo no destino.

Quanto custa o seguro viagem para idosos?

Os custos são muito mais altos do que os planos para jovens e adultos. Em média, o valor é entre 30% e 50% maior, pois se considera que a probabilidade de acionamento do seguro é mais elevada.

Para mostrar quanto custa um seguro viagem para idosos, fizemos a cotação de seguro de viagem para essa faixa etária.

Em nossa simulação, incluímos um período de viagem de 10 dias para os destinos mais procurados: Europa, América do Norte, América Latina e Brasil. Sim, também é possível fazer um seguro viagem nacional.
Inserimos uma opção de plano mais básico, com menor cobertura de DMH, e outra mais completa, com maior cobertura.

Para isso, utilizamos o nosso comparador de seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. A cotação foi realizada no dia 19 de agosto de 2020. Veja os preços dos melhores planos, indicados para passageiros da terceira idade:

Seguro viagem para idosos: América do Sul

Planos Plano básico: AC 35 Mundo + Telemedicina Plano completo: Intermac 60 Prata
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 35 mil USD 60 mil
Assistência farmacêutica USD 500 USD 1.500
Cobertura odontológica USD 500 USD 1.200
Seguro bagagem extraviada USD 1.200 (complementar) USD 1 mil (suplementar)
Idade Até 85 anos Até 85 anos
Valor R$ 155,40

maiores de 69 – R$ 271,95

R$ 223,1

maiores de 75 – R$ 334,65

Seguro viagem para idosos: Europa

Planos Plano básico: TA 65 Euro Mundo + Telemedicina Plano completo: AC 150 Mundo + Telemedicina
Despesa médica hospitalar (DMH) EUR 65 mil USD 150 mil
Cobertura odontológica EUR 500 USD 700
Assistência farmacêutica EUR 500 USD 1 mil
Seguro bagagem extraviada EUR 1.200 (complementar) USD 1.200 (complementar)
Idade Até 80 anos Até 74 anos
Valor R$ 208,01

maiores de 60 anos – R$ 312,01 

R$ 294,09

maiores de 69 anos – R$ 514,66

Seguro viagem para idosos: América do Norte

Planos Plano básico: TA 100 Am. Norte + Telemedicina Plano completo: Intermac 300 Diamante
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 100 mil USD 300 mil
Cobertura farmacêutica USD 500 USD 3 mil
Fisioterapia Não Dentro da DMH
Seguro bagagem extraviada USD 1.200 (complementar) USD 1.000
Idade Até 80 anos Até 85 anos
Valor R$ 429,01

maiores de 60 anos – R$ 643,51 

R$ 469,57

maiores de 75 anos – R$ 704,35

Entenda melhor como funciona o seguro viagem para maiores de 70 anos.

Seguro Viagem Idosos: Brasil

Planos Plano básico: GTA Brasil 18 Plano completo: Affinity 30 Brasil + Telemedicina +64
Despesa médica hospitalar (DMH) R$ 18 mil R$ 30 mil
Cobertura farmacêutica R$ 400 R$ 500
Regresso sanitário R$ 18 mil R$ 30 mil
Seguro bagagem extraviada R$ 600 (complementar) R$ 600 (suplementar)
Idade Até 85 anos De 65 a 85 anos
Valor R$38,56 – até 89 anos

R$57,12 – maiores de 89 anos

R$ 380,01

Qual é o melhor seguro viagem para idosos?

O melhor seguro viagem é sempre o mais completo e que, ao mesmo tempo, esteja de acordo com o orçamento. Mas fique sempre atendo, economizar no seguro viagem pode ser um grande risco, isso porque, caso seja necessário um tratamento mais complexo e o valor de DMH do seu plano não cobrir o custo total, será você o responsável por arcar com os custos extras, assim, você pode acabar com uma dívida enorme.

Se o seu destino é os Estados Unidos, sempre opte por uma cobertura de DMH bem elevada, no caso do Intermac 300 Diamante, a cobertura é excelente e cobre praticamente qualquer custo de atendimento de saúde.

No caso do seguro viagem Brasil para idosos, a Affinity tem uma proteção desenhada especificamente para esse público. Ela tem a designação 64+ que indica o perfil do viajante idoso. O plano tem cobertura bem acima da maioria dos planos nacionais, por isso, é uma boa indicação para os idosos.

E o seguro viagem cartão de crédito?

O seguro viagem do cartão de crédito não possuem limite de idade para utilização, entretanto não possuem especificidades para idosos. A maioria se limita a coberturas de 30 mil dólares, o que é muito baixo para a maioria dos destinos, como explicamos.

Outro ponto que vale destacar, é que não são todos os cartões que oferecem o benefício. Apenas as bandeiras premium de cartão de crédito, ou seja, aquelas cujas anuidades são bem elevadas, é que oferecem o benefício. Se não for seu caso, a única alternativa é recorrer ao seguro viagem privado.

Além disso, o seguro viagem do cartão de crédito funciona por reembolso, ou seja, é preciso custear o atendimento e após retornar para o Brasil solicitar o ressarcimento. Imagina um atendimento de alguns milhares de dólares, custear os gastos imediatamente pode pesar muito na viagem.

Se o seguro oferecido pela sua bandeira do cartão de crédito for abrangente, com boa cobertura e garantir os itens especificados acima no artigo como essenciais, pode valer sim a pena. Mas é preciso estar atento à apólice de seguro viagem e imprimir o Certificado do seguro antes de viajar.

viagem grupo de idosos

Vai viajar com mais pessoas? Entenda como funciona o seguro viagem para grupos.

CDAM vale para idosos?

O CDAM é a sigla para Certificado de Direito à Assistência Médica. Com ele, os passageiros brasileiros têm direito a atendimento em hospitais públicos de países que fazem parte de um acordo político com o Brasil.

Vale para idosos que sejam aposentados e pensionistas pelo INSS. Além deles, celetistas, empregadores, domésticos autônomos, avulsos e temporários que também faça a contribuição. Além de seus dependentes menores de 21 anos e cônjuges.

Fazem parte deste acordo Portugal, Cabo Verde e Itália. Em Portugal, o certificado é o PB4 e na Itália o IB2.

E vale a pena?

Não recomendamos viajar com o CDAM.

O acordo cobre, apenas, assistência médica que, nem sempre, é gratuita. Mesmo sendo pública, pode ser cobrada uma taxa de atendimento. Pontos importantes da cobertura do seguro, como regresso sanitário, caso precise de transporte especial para voltar ao Brasil, assim como o translado de corpo, que infelizmente pode ser necessário, não estão incluídos.

Assim como outros itens básicos do seguro viagem, como mala extraviada, assistência jurídica e cancelamento de viagem não estão incluídos no CDAM.

Apesar de ser gratuita a emissão do CDAM, os custos com cartório para realização da Apostila de Haia (obrigatória nesse documento) podem ser semelhantes ao preço de um seguro viagem. Em São Paulo, por exemplo, o apostilamento custa R$ 117, com pouco mais é possível contratar um bom seguro viagem.

Caso opte por levá-los em sua viagem, complemente com um seguro viagem, mesmo que seja com cobertura mais baixa.

Onde contratar o seguro viagem para idosos?

Os comparadores de seguro viagem online são a maneira mais fácil e prática de contratar um seguro viagem. Isso porque, neles é possível encontrar planos de várias seguradoras, com coberturas diversas e preços bem atrativos.

Recomendamos especialmente o nosso comparador de seguro viagem. Se você preferir, confiamos também nos portais Seguros PromoReal Seguro ViagemCompara Online.

Basta clicar sobre uma das opções acima e realizar a comparação. Esteja atento, pois os valores mostrados são normalmente para idades mais jovens, verifique o valor para o público idoso, que costuma estar em letras menores.

Não se esqueça de levar em consideração os itens apontados acima e não escolha um seguro viagem barato apenas pelo preço, a sua segurança e tranquilidade valem mais.

Tem diferença entre o seguro viagem internacional para idosos e seguro nacional para idosos?

Sim. A principal diferença está nos itens obrigatórios pela Susep. O seguro viagem internacional para idosos, são mais completo apresentando mais coberturas extras, enquanto os nacionais geralmente são mais básicos.

Além disso, o seguro viagem internacional, geralmente, apresenta as coberturas em dólar ou euro, caso o destino seja a Europa, enquanto o seguro viagem nacional apresenta os valores em real.

A validade do plano também é diferente, enquanto o seguro viagem internacional só cobre despesas médicas fora do país, ou seja, no período em que o segurado já está no exterior, o seguro viagem nacional só cobre dentro do país. Assim se você pretende fazer uma viagem terrestre pela América do Sul e inicia o trajeto pelo Brasil para depois viajar por outros países, terá que contratar 2 planos de seguro viagem.

Seguro viagem para idosos acima de 80 anos

Atualmente a maioria das seguradoras limita a proteção para idosos até 85 anos. Esse é um problema comum que pode dificultar na hora de encontrar um plano adequado.

A Porto Seguro, por exemplo, é uma das que oferece proteção para idosos até os 90 anos, basta indicar a idade na hora da simulação. O mesmo acontece com a SulAmérica, a seguradora também disponibiliza planos até os 90 anos.

Assim, sempre verifique idade limite de cobertura e, em caso de dúvida, entre em contato com a seguradora.

Seguro viagem Europa para idosos

O seguro viagem Europa para idosos em nada se difere dos demais países, a única questão é que, obrigatoriamente, ele deve ter cobertura de despesas médicas e hospitalares acima de 30 mil euros. Porém, esse valor está bem abaixo do que recomendamos, o ideal é que ela seja de, pelo menos, 60 mil euros, para garantir a cobertura de qualquer tipo de procedimento médico.

seguro viagem internacional idosos

O que é importante para um viajante da terceira idade?

Cada viajante sabe das suas necessidades, aqui vai uma lista de sugestão para aproveitar melhor o seu próximo destino:

  • Compre e leve com você o comprovativo do seu seguro viagem para idosos;
  • Deixe telefones de contato da seguradora com seus familiares;
  • Faça uma visita ao seu médico antes da viagem para verificar suas condições de saúde;
  • Escolha destinos que lhe agradem, com opções seguras e cômodas para deslocamento;
  • Escolha hospedagem que garanta o seu conforto durante a viagem, dormir é essencial para aproveitar bem o seu dia.

O seguro viagem para idosos, vale a pena, tudo pela sua segurança e conforto.

Ganhe desconto no seguro viagem para idosos

Ao buscar seu seguro viagem para idosos, confira os planos oferecidos no nosso comparador seguro viagem. Em parceria com o portal Seguros Promo, garantimos os menores preços aos nossos leitores em planos completos das principais seguradoras do mercado.

Ainda economize até 10% no valor do seu seguro. Utilizando o nosso comparador de seguro viagem ou o Seguros Promo, adicione nosso cupom de desconto SVP5 e reduza imediatamente 5% no valor da proteção. Para dobrar o desconto basta pagar com a opção de boleto bancário, assim você acumula 10% de desconto e viaja bem tranquilo.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Carolina Sanches

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Graduada em Jornalismo, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos. Atualmente é mestranda em Ciência da Comunicação na Universidade do Porto. Visite o perfil da Carolina no Linkedin.

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Denise Mustafa

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal e viajou bastante por aí. Agora, vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo