ÁsiaSeguro Viagem

Seguro viagem Índia: saiba por que contratar e quanto custa

Grandiosa e mística, berço de Gandhi e de Buda, a Índia é, sem dúvida, um destino instigante para os brasileiros. Mas onde tudo é tão diferente, dos costumes ao idioma, é sempre bom viajar em segurança, com todo suporte possível em caso de emergência. E é isto o que o seguro viagem Índia garante. Neste artigo vamos ajudar você a escolher a proteção ideal, apresentar as coberturas recomendadas, planos mais adequados e mais, confira.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Seguro viagem Índia é obrigatório?

Para entrar em território indiano, não é obrigatório ter uma apólice de seguro viagem. No entanto, ele é fortemente recomendado para que você tenha uma viagem tranquila. No geral, o seguro viagem Ásia não é exigido por nenhum país, mas é extremamente recomendado.

O documento que você é obrigado a emitir para entrar no país é o visto, que deve ter solicitado antes de viajar para o país. Para saber mais, acesse o site da embaixada indiana no Brasil.

Motivos para contratar o seguro viagem Índia

A não obrigatoriedade do seguro viagem não deve ser um motivo para deixar de contratar a proteção. São várias as situações em que a proteção precisa ser acionada, como nos casos de intoxicação alimentar e pequenos acidentes. Além de eventualidades, como o extravio de bagagem, atraso de voo e perda de documentos. A seguir, listamos alguns dos principais motivos para contratar a proteção.

Sistema de saúde deficitário

A Índia é um país com contingente populacional enorme e muito carente no quesito saúde. Menos de 25% da população tem acesso a atendimento médico. E 60% das pessoas que têm acesso à saúde têm que arcar com os custos do atendimento particular. Você certamente não vai correr o risco de ficar sem atendimento caso ele seja necessário.

Preços moderados na saúde

O Portal Consular informa que a assistência médica privada indiana é de boa qualidade e possui preços moderados. No entanto, é melhor se precaver de qualquer rombo no orçamento pagando menos de R$15 por dia em um seguro viagem, não é mesmo?

De acordo com o Healthcare Tourism, uma consulta no país custa entre 100 e 200 dólares; uma visita ao dentista, 200 dólares; uma cirurgia, de 3 a 9 mil dólares; e exames simples, a partir de 450 dólares.

Risco de intoxicação alimentar

Um dos grandes choques culturais dos brasileiros na Índia é em relação aos hábitos de higiene. A probabilidade de intoxicação alimentar é alta e recomenda-se cuidado com a higiene de alimentos e com a água consumida, em especial de comidas cruas, bebidas com gelo, peixes e frutos do mar. Evite alimentos servidos em mercados públicos e na rua.

Risco de doenças transmitidas por mosquitos

O risco de doenças transmitidas por mosquitos é grande no país. Entre elas a dengue, febre amarela e chikungunya.

Brasileiros só entram na Índia com o Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela. Para quem vai ficar períodos longos, recomenda-se também a vacinação contra hepatite A/B.

Sobretudo na época de chuvas, recomenda-se o uso de repelente contra insetos, para evitar o contágio de doenças como a dengue e chikungunya. Nas regiões florestais do país, o risco de malária também existe.

Risco de esquistossomose

Lagos e rios da Índia são áreas de risco de esquistossomose, doença causada por um parasita existente na água. Evite nadar em áreas onde há lama ou lodo.

Ar poluído na Índia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica a Índia como um dos dez países mais poluídos do mundo. Crianças e pessoas com sensibilidade devem reduzir a exposição a poluentes.

Voos com escalas

Do Brasil para a Índia não existe voo direto, por isso, a necessidade de fazer escalas é um sinal de alerta. Nos voos longos e com escalas aumentam as chances de extravio de bagagem, atrasos de voo e cancelamentos de voo. O seguro viagem te dá o suporte necessário nestes casos.

Localidades remotas

Na Índia, um país com dimensões gigantescas, você pode precisar de traslado médico para conseguir atendimento hospitalar de qualidade se estiver em uma região mais periférica. Isso porque os hospitais em localidades remotas têm pouca estrutura para atendimento. Então, garanta também este benefício com o seguro saúde.

Dificuldade com o idioma

O seguro viagem ainda te auxilia com o idioma: o atendimento é em português e o encaminhamento é para hospitais em que o inglês é amplamente falado.

Qual a cobertura de seguro viagem recomendada para a Índia?

Para a Ásia em geral, é recomenda uma cobertura para despesas médicas de pelo menos 40 mil dólares.

No entanto, este valor deve ser mais alto para idosos, gestantes, portadores de doenças preexistentes e praticantes de esportes radicais. Isto porque eles formam grupos que enfrentam riscos maiores: podem precisar mais vezes e de maneira mais especializada de atendimento médico. Por isso, nesses casos, a recomendação é de, pelo menos, 60 mil dólares de DMH.

Seguro viagem do cartão de crédito vale a pena?

O seguro viagem do cartão de crédito é um item recomendado apenas em alguns situações, por exemplo, se sua bandeira oferece a proteção e ela atende aos valores mínimos de cobertura recomendada.

Geralmente, ele é oferecido como benefício adicional e não permite escolhas de acordo com as necessidades e preferências dos viajantes – praticamente todas as bandeiras disponibilizam apenas um plano e, muitas vezes, ele exclui gestações, doenças preexistentes e cobertura para esportes.

Por isso, se optar pelo seguro viagem do seu cartão de crédito leia atentamente todos os itens da apólice e se parecer insuficientes é melhor recorrer a outras opções de seguro viagem.

seguro viagem Índia por do sol

Quanto custa o seguro viagem para a Índia?

Para responder a esta pergunta, fomos ao comparador do Seguro Viagem Pro e fizemos uma simulação de viagem de dez dias para a Índia. A pesquisa foi feita dia 24 de janeiro.

Planos econômicos

Consideramos planos econômicos aqueles mais enxutos, com a cobertura mínima indicada para o destino em questão: para a Índia, 40 mil dólares. A seguir, separamos alguns dos planos nesta categoria com melhor custo-benefício.

Planos ITA 40 Smart US+ Affinity 60 Mundo (exceto EUA) AC 35 Mundo + Telemedicina TA 40 Especial – Internacional
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 40 mil USD 60 mil USD 35 mil USD 40 mil
Cobertura para a prática de esporte USD 3,5 mil USD 6 mil USD 30 mil Dentro DMH – consultar
Cobertura médica para gestante Não Não USD 30 mil até 28 semanas Dentro DMH até 34 semanas e 40 anos
Cobertura odontológica USD 200 USD 800 USD 500 USD 300
Cobertura farmacêutica (por reembolso) USD 250 USD 800 USD 500 USD 400
Regresso sanitário USD 10 mil USD 50 mil USD 30 mil USD 20 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1,2 mil USD 1,2 mil EUR 1,2 mil USD 1,2 mil
Valor R$141,40 R$132,72 R$118,40 R$99

Planos completos

Se você busca por uma proteção mais ampla, é preciso recorrer aos planos completos. Eles costumam oferecer coberturas com valores mais altos, assim como inclui itens extras na proteção. A seguir listamos bons planos com cobertura de DMH acima de 100 mil dólares.

Planos  TA 150 Especial Intermac 150 Ouro AC 150 + Telemedicina Affinity 150 Mundo (exceto EUA)
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 150 mil USD 150 mil USD 150 mil USD 150 mil
Cobertura para a prática de esporte Dentro DMH – consultar Dentro DMH USD 30 mil USD 10 mil
Cobertura médica para gestante Dentro DMH até 34 semanas e 40 anos USD 10 mil até 32 semanas e 45 anos USD 30 mil até 28 semanas Não
Cobertura odontológica USD 600 USD 1,2 mil USD 700 USD 850
Cobertura farmacêutica (por reembolso) USD 900 USD 3 mil USD 1 mil USD 850
Regresso sanitário USD 30 mil USD 40 mil USD 60 mil USD 50 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1,5 mil USD 1 mil USD 1,2 mil USD 1,2 mil
Valor R$183,36 R$227,50 R$241,80 R$258,80
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

De um modo geral, o TA 40 Especial – Internacional se destaca entre os planos econômicos, por ter cobertura para despesas médicas hospitalares em um bom valor e apresentar o melhor preço dentre as opções apresentadas. A seguradora também é recomendada: a Travel Ace Assistance ficou em sexto lugar em nosso ranking das 10 melhores seguradoras de 2019.

Entre os planos completos, o AC 150, da Assist Card, sai à frente dos demais em itens como cobertura para a prática de esportes e para regresso sanitário. No ranking do Seguro Viagem Pro, a AC ficou em segundo lugar, o que significa que sua reputação é muito boa.

Porém, no caso de gestantes, a melhor opção é o TA 150 Especial, que oferece proteção dentro da DMH de 150 mil dólares, e se estende até as 32 semanas de gestação para mulheres até 45 anos.

Ganhe desconto no seguro viagem Índia

Quer ver mais opções de seguro viagem Índia? Acesse o comparador do Seguro Viagem Pro e confira uma ampla oferta de seguradoras e planos, com os melhores preços do mercado.

Você ainda pode ganhar 10% de desconto. Para tanto, deve utilizar o cupom SVP5 na hora do pagamento (que te dá 5% de desconto) e escolher a opção de pagamento via boleto bancário (que te dá mais 5% de desconto). Aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Juliana Del Rosso

Cientista social, redatora freelancer e atriz de formação. Apaixonada por viagens, pessoas, culturas e cães.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo