Seguro Viagem

Seguro Viagem Gestante: veja preços, opções de planos e onde comprar

Viajar durante a gravidez não precisa ser uma preocupação. Com a autorização médica e o seguro viagem gestante correto, as férias durante a gestação poderão ser muito bem aproveitadas. Veja como escolher o melhor seguro abaixo.

COMPARADOR SEGURO VIAGEM

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

Grávida precisa de seguro viagem gestante?

Sim. A recomendação é que todas as grávidas contratem um seguro viagem gestante, mesmo que não seja obrigatório no país de destino.

É uma questão de responsabilidade em um período que requer cuidados, especialmente antes do terceiro mês e após o sétimo mês de gestação. O seguro viagem gestante garante o atendimento em caso de emergências e este é um motivo mais do que suficiente.

Todas as seguradoras cobrem gestação?

Nem todas as seguradoras oferecem cobertura para grávidas. Alguns seguros de viagem aceitam cobrir gestantes, mas não cobrem possíveis complicações que podem surgir devido à gravidez.

Pode parecer estranho, mas algumas apólices só oferecem assistência médica caso o problema tenha sido causado por um acidente durante a viagem. Se a causa da complicação não estiver relacionada à viagem, mas apenas à gravidez, então não há cobertura.

Por isso, o primeiro passo é selecionar aquelas que têm essa especificidade. Indicamos também que você procure por uma seguradora da sua confiança, que você já tenha utilizado ou que tenha alguma reputação no mercado. Como a gravidez é um momento muito delicado, é sempre bom não arriscar e escolher um seguro que lhe transmita segurança.

Algumas seguradoras que oferecem seguro viagem gestante: Travel Ace, Vital Card, Assist Card, GTA e Affinity Seguros.

Quanto custa o Seguro Viagem Gestante?

Varia de acordo com o destino escolhido, a cobertura mínima e o número de dias que você vai viajar. Os preços costumam variar entre R$10 e R$90 por dia de viagem. Tudo depende da cobertura que você vai escolher.

Nosso conselho é: procure um seguro viagem que vá te deixar tranquila e que caiba no seu bolso. Como a gravidez é um momento que merece maior atenção, opte por um seguro mais generoso, com cobertura mínima acima dos USD 60 mil, que cubra as possíveis complicações, aborto e parto durante a viagem.

Sugestões de planos de seguro viagem gestante

Para que você tenha uma ideia de quanto custa um seguro viagem, fizemos a cotação de 4 seguros para gestantes com diferentes coberturas para uma viagem de 10 dias na Europa.

A cotação foi feita em agosto de 2019 no portal Seguros Promo. Veja os valores:

Intermac 60 Prata Assist Card 60 + Telemedicina GTA 60 Euromax April 60 Europa Basic
Despesas médicas e hospitalares (DMH) USD60 mil USD60 mil EUR60 mil EUR60 mil
Diferencial Limita o valor da cobertura para gestantes até USD10 mil, mas cobre até 32 semanas e mulheres até 45 anos Dentro da DMH até 28 semanas Cobertura para gestantes no valor da DMH, para grávidas de até 40 anos de idade, com 32 semanas Cobertura para gestantes no valor da DMH, para grávidas de até 45 anos de idade, com 32 semanas
Preço por dia de viagem R$161,70 (R$16,17 por dia de viagem) R$197,50 (R$19,75 por dia de viagem) R$197,90 (R$19,79 por dia de viagem) R$206 (R$20,60 por dia de viagem)

Recomendação Seguro Viagem Pro

Entre os planos que analisamos, o melhor e mais completo é o April Coris 60. Ele que garante uma cobertura ampla de exames de emergência, parto prematuro e outros atendimentos durante a gravidez. Conheça melhor a seguradora April Coris neste artigo.

Para quem está no período mais avançado da gestação, o GTA 60 Euromax é uma boa escolha. Além de cobrir parto prematuro, assegura as despesas hospitalares da mãe e do bebê até 30 dias após o nascimento. Sempre dentro do valor estipulado para despesas médicas e hospitalares. Veja a reputação do GTA Seguro Viagem aqui.

4 dicas para escolher o melhor seguro viagem gestante

1. Verifique se o plano escolhido cobre parto

Se a grávida estiver perto do período do nascimento da criança, é muito importante que o parto esteja assegurado pelo seguro viagem gestante. Para se ter ideia, um parto nos Estados Unidos custa em média USD 50 mil (aproximadamente R$200 mil), por isso é importante verificar se o plano escolhido garante a cobertura caso o bebê resolva vir mais cedo.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

Se na apólice do seguro viagem estiver descrito que o parto, aborto ou qualquer complicação em decorrência da gravidez não estiver coberto, a nossa indicação é procurar por outro. Nenhuma mãe quer arriscar a sua gravidez por causa da viagem, por isso é muito importante que o parto e complicações estejam cobertas pelo plano.

seguro viagem gestante

Leia aqui o nosso artigo completo sobre o Seguro Viagem gestante Estados Unidos.

2. Verifique o limite de idade para cobertura da gestante

A maior parte dos seguros de viagem para gestantes têm limite de idade para a grávida. Normalmente, os planos são oferecidos para mulheres até 40 anos. Há algumas seguradoras que chegam aos 45 anos, como é o caso da April Coris. Se você está nessa faixa etária, lembre-se de verificar na apólice se existe essa limitação e entre em contato direto com a seguradora. Assim, você terá a certeza de que poderá contar com o atendimento de que necessita.

3. Verifique o limite da idade gestacional (quantas semanas de gravidez)

É preciso estar atento, pois cada seguradora estabelece a idade gestacional máxima para a cobertura. Veja alguns exemplos:

  • Affinity Seguro e Assist Card: cobertura até a 28ª semana;
  • Vital Card, Intermac, April Coris e GTA: cobertura até a 32ª semana;
  • Travel Ace: cobertura até 34ª semana (com autorização médica por escrito);
  • World Nomads: só cobre depois do 3º mês e até o 6º mês. Ou seja, o segundo trimestre.
  • Mondial Assistance: cobertura até a 26ª semana.

Se a gestante estiver grávida de gêmeos, já tiver sofrido um aborto ou já ter tido complicações na gravidez antes da viagem, é bom avisar à seguradora e verificar se pode contratar o seguro da mesma maneira. É sempre bom deixar tudo claro para não ter surpresas caso precise acionar o seguro.

Todas as seguradoras citadas acima oferecem planos que podem ser cotados no nosso comparador de seguro viagem. Exceto a Mondial e a World Nomads, que só podem ser contratadas em seus sites oficiais.

4. O valor de cobertura para gastos relativos à gravidez

Outro ponto para estar atento: algumas apólices têm limites para gastos médicos hospitalares com eventos relacionados à gravidez. É o caso da GTA, Intermac e da Vital Card, por exemplo.

Mesmo que a cobertura mínima contratada seja alta, os gastos máximos que estão assegurados pela empresa com eventos relacionados à gravidez não podem exceder o valor de USD 10 mil na GTA e USD 15 mil para a Vital Card. Por isso, leia o contrato direitinho antes de fechar o negócio. Vale lembrar que há países onde os custos da saúde são muito elevados, como Nova Zelândia e os Estados Unidos, por isso vale a pena contratar seguros com cobertura mais alargadas para esses destinos.

Dica: não se esqueça da declaração médica

Informe sempre o seguro viagem sobre a gravidez, assim que contratá-lo. Normalmente, a empresa solicita uma declaração assinada pelo(a) obstetra, atestando que mãe e bebê estão em condições de viajar. Mesmo que não seja obrigatório em todos os casos, esta precaução é importante, para assegurar o atendimento médico e o reembolso caso aconteça alguma emergência.

O Seguro Viagem do Cartão de Crédito cobre gestantes?

Na maior parte dos casos o seguro viagem cartão de crédito não cobre. É sempre bom verificar se o seguro oferecido pelo seu cartão possui essa especificidade, mas é algo raro.

O CDAM vale como seguro viagem gestante gratuito?

O CDAM é o Certificado de Direito à Assistência Médica, ao qual os brasileiros que contribuem com o INSS têm direito.

Ele se baseia em um acordo entre o Brasil e três países – Itália, Cabo Verde e Portugal -, permitindo que o brasileiro tenha acesso ao sistema de saúde público destes países. Da mesma forma, cidadãos destes países que tiverem o CDAM poderão utilizar o sistema público do Brasil.

Em Portugal e Cabo Verde, este certificado se chama PB4; na Itália, é o IB2. A validade é de um ano, podendo ser renovado se necessário.

  • O CDAM só vale nestes países, portanto seria uma opção de seguro viagem gestante por si só bastante restrita, mais indicada para quem pretende residir ou passar uma longa temporada;
  • Outro ponto é que a emissão do certificado é burocrática e exige planejamento para providenciar a documentação, pois é preciso realizar o apostilamento de haia, enquanto o seguro viagem comum pode ser contratado em minutos;
  • Ainda há o fato de que o atendimento de saúde, mesmo que público, nem sempre é gratuito nestes países. O acordo garante a igualdade de condições de atendimento para brasileiros e locais, apenas;
  • E mais: o seguro viagem costuma oferecer a primeira assistência, por telefone, em português. Além de oferecer todo o apoio para a gestante, antes, durante e depois do atendimento médico.

Portanto, o CDAM não substitui o seguro viagem gestante. Ele não garante reembolso de despesas médicas, nem de despesas mais críticas, como traslado de corpo. Também exclui coberturas comuns em seguros de viagem, em casos de cancelamento de viagem, malas extraviadas, perda de documentos.

Neste artigo, você encontra todas as informações sobre se quem tem PB4 precisa de seguro viagem.

Oferecemos desconto no seu seguro viagem

Por tudo isso, inclua o valor do seguro viagem para gestante no orçamento. Uma dica é fazer a cotação do seu seguro viagem utilizando um simulador online, para não perder tempo.

A Equipe Seguros Viagem Pro recomenda o nosso comparador de seguros viagem, que lista em poucos segundos diversos planos, sinalizando aqueles com o melhor custo-benefício.

Também confiamos no portal Seguros Promo, que também é parceiro de empresas renomadas e confiáveis.

Assim, tanto no nosso comparador como no Seguros Promo, você pode usar o cupom de desconto exclusivo dos nossos leitores. Basta inserir o código SVP5 no final do processo de compra, no campo indicado, para receber 5% de desconto na hora. Se o pagamento for realizado com boleto bancário, você ganha mais 5%.

Você sabia que nem todas as gestantes podem viajar?

Meios de transporte, especialmente companhias aéreas, possuem restrições para o embarque de gestantes. Algumas empresas autorizam a viagem de mulheres com no máximo 30 semanas de gravidez, mas, a partir de 28 semanas, já exigem um atestado com um mês de validade. Ele confirma o bom estado de saúde da mãe e do bebê.

Há casos de empresas aéreas que autorizam a viagem com mais de 35 semanas  de gestação, desde que a mulher viaje junto com seu médico ou médica responsável.

Em outros artigos, nossa Equipe avaliou seguros viagem gestante, como:

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo