CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem gestante: guia completo para contratar a proteção

Para as futuras mamães que estão programando uma viagem, a contratação de um seguro viagem gestante é de extrema importância. Neste artigo, vamos explicar como funciona o seguro, quais as coberturas que devem ser consideradas na contratação, valores e o que o seguro cobre e não cobre.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

O que é o seguro viagem gestante?

O seguro viagem gestante nada mais é do que um plano que oferece coberturas específicas para atender as futuras mamães durante a viagem para o exterior. Além das coberturas básicas de todo seguro viagem, os planos oferecem um valor para a cobertura médica e hospitalar (DMH) específico para gravidez, bem como exames de urgência e emergência.

Como funciona a cobertura gestante do seguro viagem?

Funciona da mesma forma que o seguro viagem comum. A diferença está na cobertura que é adicionada para o atendimento das grávidas e isso, vai variar conforme o plano contratado.

Em geral, o seguro viagem gestante pode ser acionado em situações emergenciais, tais como, partos, abortos espontâneos, ultrassonografias e outros exames. Também, cobre os custos hospitalares do recém-nascido no primeiro mês de vida ou até atingir o valor da cobertura contratada.

Cobertura recomendada no seguro viagem gestante

A principal cobertura recomendada no seguro viagem gestante é ter um valor para despesas médicas e hospitalares separados da DMH básica. Contudo, outras coberturas também são importantes, tais como:

  • Traslado médico;
  • Regresso sanitário;
  • Traslado de corpo.

É óbvio que não queremos pensar no pior, mas essas coberturas não deixam de ser importantes.

Despesas médicas e hospitalares

Nossa recomendação é contratar um plano em que o valor disponibilizado para as despesas médicas e hospitalares para as gestantes seja alto.

Consideramos que acima de USD 100 mil atenda muito bem os Estados Unidos (onde a saúde é extremamente cara) e a Europa. Em uma viagem para a Ásia e América do Sul, pode considerar o valor de USD 60 mil.

Cobertura gestacional

Um ponto que deve ser considerado é o período da gestação, pois existem planos em que atendem até a 28ª semana e outros até a 32ª semana. A idade da gestante também merece atenção, pois a maior parte das seguradoras oferecem cobertura para as grávidas até 40 anos.

Assim, ao pesquisar por um seguro viagem que cobre gestantes, é importante ler a apólice com atenção para verificar as coberturas oferecidas, assim como o que está excluído nesses casos.

Gestante com família no aeroporto

Cobertura para Covid

Em tempos de pandemia e com esse mundo de cabeça para baixo, a contratação de um plano com cobertura para Covid-19 é essencial, esteja vacinada ou não. Afinal, a vacina não tem 100% de eficácia. Ela apenas previne que a doença não chegue ao estágio avançado.

Para as gestantes, que podem ter um risco extra com a doença, o ideal é que o seguro viagem covid tenha cobertura de, pelo menos, USD 20 mil. Essa cobertura irá garantir o atendimento médico necessário para a doença.

Outras coberturas

Outras coberturas que o seguro viagem gestante oferece é para partos prematuros e assistência ao bebê pelo período de 30 dias ou até atingir o valor estipulado da DMH do plano contratado. Contudo, é importante que leia a apólice antes da contratação para verificar quais as coberturas oferecidas, uma vez que essas coberturas não são obrigatórias, ou seja, nem todas as seguradoras vão oferecer.

Precisa de laudo médico para contratar o seguro viagem gestante?

Depende da seguradora. Algumas podem sim exigir um laudo que a gestante está apta para viagem. Por via das dúvidas, o ideal é entrar em contato com a seguradora para solucionar a dúvida.

Contudo, viajar grávida requer alguns cuidados, assim é importante conversar com o médico e fazer exames de rotina para verificar a saúde do bebê e da mãe. Preferencialmente, peça um laudo médico, pois há casos em que a companhia aérea também pode solicitar o documento. Geralmente, as gestantes de até 27 semanas não precisam apresentar laudo, mas a partir da 28ª, pode ser solicitado a apresentação do laudo médico, bem como o atestado autorizando a viagem.

Não deixe de validar o seu seguro viagem gestante antes de embarcar

Muitas seguradoras exigem uma validação no contrato da cobertura para a gestante. Para isso, basta que a gestante apresente um documento assinado pelo(a) obstetra. Ele certifica a boa evolução da gestação e autoriza o embarque em transporte aéreo, ferroviário, rodoviário ou marítimo.

Uma vez aprovado o contrato, a viajante deve imprimi-lo e levá-lo sempre consigo. Afinal, nele constam os telefones de contato e servem para comprovar ou exigir os serviços a que tem direito.

O que o seguro viagem gestante não cobre?

Já falei que ler a apólice do seguro viagem é importante, certo? É com a leitura do documento que vai conseguir verificar o que o seguro realmente cobre e o que não cobre.

O seguro viagem gestante funciona para casos de urgência e emergência, portanto, ele não cobre:

  • Aborto induzido;
  • Fertilização;
  • Consultas de rotina;
  • Despesas do recém-nascido após 30 dias ou após atingir o limite do valor da cobertura contratada;
  • Parto natural ou cesariana, exceto se provocado por acidentes e se torne uma urgência.

Conheça todos os riscos excluídos do seguro viagem antes de contratar.

Quanto custa o seguro viagem para gestantes?

O preço de um seguro viagem vai depender de vários fatores, para as gestantes os principais pontos sobre o valor da cobertura específica, a limitação de idade e período gestacional, assim como o valor total da cobertura.

Assim, realizamos uma cotação para uma viagem de 10 dias com destino à Europa. A cotação foi realizada no dia 6 de julho no comparador do Seguro Viagem Pro. Separamos quatro planos mais completos com bom custo-benefício.

CoberturaCoris 60 Europa Basic +Covid19Assist SV 60 Europa Covid-19 30AC 150 Mundo Covid-19UA 150 Mundo Covid-19
Despesas médicas para gestantesEUR 60 mil – até 45 anos e 32 semanasDentro da DMH – até 32 semanas e 40 anosDentro da DMH (por evento) – até 28 semanasDentro da DMH – até 28 semanas
Despesas médicas e hospitalares (DMH)EUR 60 milUSD 60 milUSD 150 milUSD 150 mil
DMH por CovidUSD 10 milUSD 30 milUSD 30 milUSD 30 mil*
Traslado médicoEUR 50 milUSD 1.200USD 5 milUSD 60 mil
Seguro bagagem extraviadaEUR 1 milUSD 1.200 (complementar)USD 1.200 (complementar)USD 1.500 (suplementar)
ValorR$ 275,33R$ 523,14R$ 576,14R$ 611,23

* O UA 150 Mundo ainda oferece indenização por hospitalização e translado de corpo devido à morte por Covid-19, no valor de USD 2.250 e USD 30 mil, respectivamente.

Qual o melhor seguro viagem gestante?

O melhor seguro viagem gestante vai ser aquele que vai atender as condições de idade e período de gestação, bem como o valor da cobertura médica hospitalar separada da DMH comum. Caso essa cobertura estiver dentro da DMH principal, vale considerar um plano com valor mais alto.

Entre os planos analisados, o melhor seguro viagem gestante é o AC 150 Mundo, da Assist Card, que tem a cobertura para despesas médicas gerais e para gestantes mais elevada. Porém, para gestantes com idade gestacional avançada, o Coris 60 Europa tem a melhor cobertura, uma vez que o plano cobre até a 32ª semana gestacional.

6 dicas para escolher o seguro viagem para grávidas

A seguir listamos algumas dicas que podem ajudar na escolha do seguro ideal para grávidas.

1. Verifique se o plano escolhido cobre parto

Se a grávida estiver perto do período do nascimento da criança, é muito importante que o parto esteja assegurado pelo seguro viagem gestante. Para se ter ideia, um parto nos Estados Unidos custa em média USD 50 mil (aproximadamente R$265 mil), por isso é importante verificar se o plano escolhido garante a cobertura caso o bebê resolva vir mais cedo.

Se na apólice do seguro viagem estiver descrito que o parto, aborto ou qualquer complicação em decorrência da gravidez não estiver coberto, a nossa indicação é procurar por outro. Nenhuma mãe quer arriscar a sua gravidez por causa da viagem, por isso é muito importante que o parto e complicações estejam cobertas pelo plano.

2. Verifique o limite de idade para cobertura da gestante

A maior parte dos seguros de viagem para gestantes têm limite de idade para a grávida. Normalmente, os planos são oferecidos para mulheres até 40 anos. Há algumas seguradoras que chegam aos 45 anos, como é o caso da April Coris.

Se você está nessa faixa etária, lembre-se de verificar na apólice se existe essa limitação e entre em contato direto com a seguradora. Assim, você terá a certeza de que poderá contar com o atendimento de que necessita.

3. Verifique o limite da idade gestacional

É preciso estar atento, pois cada seguradora estabelece a idade gestacional máxima para a cobertura.

Se a gestante estiver grávida de gêmeos, já tiver sofrido um aborto ou já ter tido complicações na gravidez antes da viagem, é bom avisar à seguradora e verificar se pode contratar o seguro da mesma maneira. É sempre bom deixar tudo claro para não ter surpresas caso precise acionar o seguro.

4. O valor de cobertura para gastos relativos à gravidez

Outro ponto para estar atento: algumas apólices têm limites para gastos médicos hospitalares com eventos relacionados à gravidez. É o caso da GTA, Intermac e da Vital Card, por exemplo.

Mesmo que a cobertura mínima contratada seja alta, os gastos máximos que estão assegurados pela empresa com eventos relacionados à gravidez não podem exceder o valor de USD 10 mil na GTA e USD 15 mil para a Vital Card. Por isso, leia o contrato direitinho antes de fechar o negócio. Vale lembrar que há países onde os custos da saúde são muito elevados, como Nova Zelândia e os Estados Unidos, por isso vale a pena contratar seguros com cobertura mais alargadas para esses destinos.

Grávida aventureira

5. Prefira coberturas mais altas

Uma viagem estando gestante requer uma série de cuidados. Então, além das dicas anteriores, recomendamos que o seu seguro viagem para grávidas tenha cobertura para despesas médicas e hospitalares, a DMH, de no mínimo 60 mil dólares, ou euros, a depender do seu destino.

6. Não opte por seguro viagem de cartão de crédito

Mesmo sendo bastante chamativo viajar apenas com o seguro viagem oferecido pelo cartão de crédito, se você busca por um seguro viagem para grávidas, recomendamos que não faça essa escolha.

Geralmente, eles não possuem cobertura para gestantes. Quando é ofertado, a cobertura pode ser limitada e não incluir possíveis emergências com o bebê ou um caso de parto emergência. Caso seja oferecido, leia com bastante atenção a apólice e as condições gerais.

Lembre-se que a maioria dos seguros das bandeiras são com reembolso, ou seja: você terá que pagar e depois solicitar o valor de volta. E aí pode dar problema. Veja mais abaixo boas opções de seguro viagem gestante e não corra risco.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Nossa recomendação é nunca viajar sem contratar um bom seguro viagem, principalmente se estiver em período gestacional. Por mais que planejamos “milimetricamente” uma viagem, nunca poderemos prever os imprevistos.

Se eles não acontecerem, isso é sinal de que a viagem foi mesmo incrível. Contudo, se por um acaso, os imprevistos aparecerem, o seguro viagem vai ser a garantia de que terá a assistência necessária.

Além disso, nossa recomendação é realizar a cotação em um comparador de seguro viagem, eles reúnem em uma só busca várias opções de planos e seguradoras, com preços para todos os perfis de viajantes.

Entre os comparadores, nossa recomendação é o Seguros Promo, nosso parceiro. Nele é possível analisar em detalhe a cobertura para gestante e ainda comparar até 4 planos, lado a lado, para escolher a melhor opção.

Também recomendamos a Real Seguro Viagem, além de boas opções de planos, ele também oferece preços bem atrativos.

Ganhe desconto no seguro viagem

Ao optar por realizar a contratação do seguro viagem gestante pelo nosso comparador ou pelo Seguros Promo, você pode ganhar até 10% de desconto. Basta utilizar o nosso código SVP5 antes finalizar a compra para garantir 5%. Garante mais 5% se optar pelo pagamento no boleto bancário.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Lívia Tostes

Lívia Tostes é jornalista e vive em Portugal, onde cursa o Mestrado em Comunicação Política pela Universidade do Porto. É apaixonada por gastronomia, fotografia e cinema - especialmente o cinema brasileiro. Viajar sozinha para conhecer novas culturas é seu hobby favorito.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo