Seguro Viagem

Sinistro seguro viagem: entenda o que significa e como funciona

Tão importante quanto cotar o melhor seguro para a sua viagem é conhecer os detalhes da apólice. Uma das principais dúvidas é sobre como funciona o sinistro seguro viagem.

Neste artigo, você vai entender como é feito o sinistro, o que acontece se o valor da emergência for maior que o da cobertura contratada e outras informações que irão fazer toda a diferença nestas situações.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

O que caracteriza o sinistro seguro viagem?

Sinistro é uma palavra que pode soar estranha para muita gente. No mundo dos seguros, ela é bastante comum, utilizada quando os riscos previstos pela apólice contratada se concretizam. Em outras palavras, é quando o segurado tem um prejuízo material ou um acidente durante a viagem, que estejam especificados na apólice do seguro viagem.

Emergências médicas, problemas com o veículo alugado durante a viagem, extravio de malas, atrasos e cancelamentos de voos estão entre os sinistros mais comuns. Aqui no Seguro Viagem Pro, desejamos sempre o melhor para os passageiros, mas sabemos que imprevistos acontecem. É preciso entender os itens da apólice de seguro viagem para utilizar todos os benefícios.

Como o sinistro seguro viagem é calculado

Portanto, para entender este tema, um bom ponto de partida é a despesa médica hospitalar (DMH) por evento. Para despesas médicas por enfermidade súbita ou acidente pessoal, o sinistro seguro viagem pode ser acionado quantas vezes for necessário, se for para atender a eventos diferentes. Para eventos iguais, como várias crises de enxaqueca no período da viagem, o seguro cobre até o limite contratado.

Vamos dar só um exemplo. Você contrata um seguro que cobre USD40.000, por exemplo. Houve uma crise de enxaqueca, e as despesas no hospital ficaram em USD15.000. Se depois tiver uma dor de barriga, terá os USD40.000 disponíveis. No entanto, se durante a viagem precisar ser novamente atendido devido à enxaqueca, terá USD25.000 disponíveis em vez dos USD40.000.

Após o tratamento, se as despesas excederem o limite previsto, o viajante deverá pagar a diferença do próprio bolso.

Garantia de viagem de regresso: entenda também esse benefício do seguro viagem.

Passo a passo para acionar o sinistro seguro viagem

Os seguros de viagem costumam priorizar o atendimento médico pelas redes conveniadas. Todos os telefones de contato constam nas apólices e basta seguir as orientações da central de operações, que irá indicar o prestador de serviços mais próximo para o atendimento. A seguradora, desta forma, já arca diretamente com os custos, e será necessário solicitar apenas o reembolso da medicação prescrita, se houver.

Se acaso acontecer uma emergência e não for possível este contato, o viajante poderá se dirigir para qualquer hospital ou clínica, entretanto precisará pagar a conta do hospital para depois o seguro reembolsar o valor, dentro dos limites estabelecidos para aquela finalidade no contrato. Para isso, basta seguir estes passos:

Entre em contato com o seguro viagem

Assim que possível, avise a seguradora sobre o sinistro e solicite todas as instruções.

Providencie os documentos necessários

O viajante deve apresentar todos os comprovantes das despesas médicas para confirmar que o atendimento ocorreu, sendo que cada empresa pode solicitar os documentos que achar necessários. Portanto, a dica de ouro é: guarde tudo.

Normalmente, é preciso enviar uma cópia do documento de identidade do viajante e dos bilhetes aéreos. Assim como os relatórios médicos originais com a descrição e os valores dos procedimentos, notas fiscais e recibos originais, comprovantes de pagamento do gasto médico, como a fatura do cartão de crédito. Ah, não se esqueça de fazer cópias de tudo e guarde-as com você.

Da mesma forma, o exemplo vale se o sinistro se tratar de furto ou roubo de bagagem em viagem aérea. Portanto, além de cópia dos documentos de identificação dos passageiros e dos bilhetes aéreos, é preciso enviar para a seguradora o original do PIR (Property Irregularity Report) com a descrição dos itens furtados, o ticket da bagagem furtada, uma cópia autenticada do Boletim de Ocorrência e outros comprovantes que serão detalhados pelo seguro viagem.

Extravio de Bagagem: o seguro cobre? Mostramos o que fazer.

Acompanhe a análise do sinistro

As empresas costumam informar por e-mail, telefone, SMS ou pelo site o andamento do processo. A partir do recebimento da documentação completa, a seguradora tem, portanto, 30 dias para ressarcir as despesas.

ligar para o seguro sinistro

Dicas importantes

Como você viu, o contato da central de atendimento do seguro viagem, seu número de cliente e outras instruções importantes ficam na apólice do seguro viagem. Sim, eles são necessários no momento de solicitar atendimento. Portanto, o ideal é levar sempre este documento impresso e digitalizado com você;

  • Como você viu, o contato da central de atendimento do seguro viagem, seu número de cliente e outras instruções importantes ficam na apólice do seguro viagem. Afinal, eles são necessários no momento de solicitar atendimento. Por isso, o ideal é levar sempre este documento impresso e digitalizado com você;
  • Deixe os contatos também com alguém de confiança no Brasil;
  • Guarde todos, mas absolutamente todos os papéis. Assim, leve uma pasta para ir organizando os tickets, recibos e comprovantes. Outro detalhe é que, antes de enviar os originais para a seguradora, em caso de sinistro, faça cópias e as mantenha com você;
  • Confirme antes de viajar se o seguro viagem disponibiliza ligações a cobrar, pois você pode precisar em caso de emergência;
  • Antes de fechar a compra do seguro viagem, atente para o valor da indenização contratada. Afinal, se você vai para algum país onde os cuidados médicos sejam reconhecidamente elevados, como os Estados Unidos, é recomendável investir na maior cobertura possível. O que nem sempre significa que um seguro vá pesar no orçamento, como você verá a seguir!

Veja quanto custa e como contratar o melhor seguro viagem para os Estados Unidos.

Faça a cotação do seguro viagem e ganhe descontos

Por esses e outros motivos, é importante ficar atento às informações dos seguros de viagem e fazer uma cotação que ofereça a melhor relação custo-benefício, entre empresas bem qualificadas no mercado. No entanto, com uma seguradora confiável, será mais fácil conseguir todo o apoio em sinistros e outras situações.

Há um grande número de empresas que garante o sinistro seguro viagem e a gente quer tornar esta pesquisa mais fácil, por isso recomendamos utilizar o nosso simulador do Seguro Viagem Pro.

Para tanto, basta apenas incluir seu nome, seus contatos, o destino e o período da viagem para fazer a cotação do melhor plano entre as várias seguradoras. E você ainda ganha um cupom de desconto na hora. Basta inserir o código SVP5 para ganhar 5% de desconto.

Os comparadores de seguro são sempre uma excelente opção. Os leitores do Seguro Viagem Pro podem conseguir descontos realizando a compra pelo Seguros Promo. Ele é um dos nossos favoritos para cotar preços. Sabia que quem realiza o pagamento via boleto bancário, ganha 5% de desconto? Aproveite essas dicas e boa viagem!

Sabia que o seguro viagem também pode oferecer assistência jurídica? Saiba como ativar essa cobertura complementar aqui.

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo