CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem completo: veja quando ele vale a pena

Um plano de seguro viagem mais enxuto e barato ou um plano com ampla cobertura? Se você estiver com esta dúvida, vamos explicar neste artigo a razão pela qual, sempre que for possível, você deve optar pelo seguro viagem completo.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

O que um seguro viagem completo precisa ter?

Para ser classificado como um seguro viagem completo, o plano deve ter vários itens considerados extras, mas que tornam a proteção mais completa. Mas é preciso ficar atento, um plano completo não apresenta apenas mais itens cobertos, mas também, valores mais altos de cobertura.

As despesas de saúde envolvem várias coberturas, a mais básica delas e obrigatória em qualquer seguro são as despesas médicas e hospitalares (DMH). No caso de um seguro completo, ela deve ser a partir de 100 mil dólares ou euros. Além disso, deve ter alta cobertura para:

Outros itens como seguro extravio de bagagem, cancelamento de viagem, assistência jurídica, são considerados benefícios que as seguradoras podem optar por oferecer ou não. Geralmente, o seguro viagem seja ele completo ou básico oferece as proteções. A principal diferença nesses casos é o valor da cobertura, que costuma ser mais alta nos planos completos.

Vale a pena contratar um seguro viagem completo?

Sim, nós acreditamos que vale muito a pena contratar um seguro viagem completo.

Apesar de mais caro, na média, o seguro viagem completo significa mais tranquilidade ao viajante. Afirmamos isto porque o seguro viagem completo é uma garantia de que até mesmo os atendimentos médicos mais complexos e caros terão cobertura integral, sem que o viajante precise complementar o valor de DMH.

Imagine a situação hipotética: você precisou de atendimento médico e a conta do hospital ficou em 35 mil dólares. No entanto, o plano que você contratou tem cobertura para despesa médica hospitalar de apenas 30 mil dólares. Neste caso, a diferença de valor de 5 mil dólares terá que ser paga por você.

Por isso, se tiver a possibilidade financeira de arcar com um seguro viagem completo, você deve optar por ele, especialmente para viagens a destinos com custos de saúde mais caros, caso de Estados Unidos, Suíça, Japão e China, por exemplo.

Viajantes que precisam de atenção com a saúde

Para públicos específicos, como o seguro viagem idosos, gestantes, portadores de doenças preexistentes e praticantes de esportes de aventura, o seguro viagem completo é ainda mais recomendado.

Isto porque estes perfis de viajante têm mais probabilidade de precisar de atendimento médico durante a viagem, atendimentos por mais vezes e, geralmente, mais complexos e especializados – e, consequentemente, mais caros.

seguro viagem completo mala

Destinos com saúde mais cara pedem seguro viagem completo

Se pegarmos como exemplo os Estados Unidos, onde a recomendação de DMH dos planos de seguro viagem é de pelo menos 60 mil dólares, conseguimos entender a necessidade de um seguro viagem completo.

Apesar de não haver a obrigatoriedade de contratação de plano de seguro viagem, nem valor mínimo de DMH, os custos da medicina praticados nos Estados Unidos são altos.

O custo médio de uma consulta hospitalar no país ronda os 300 dólares e, caso você precise de internação, os custos podem custar a mais de 2 mil dólares por dia. Um mero braço quebrado pode custar 15 mil dólares, e uma ressonância magnética cerca de 1,2 mil dólares. Considerando um câmbio a R$4,39 (de 23 de fevereiro), o custo é realmente elevado.

Opções de plano de seguro viagem completo

Para demonstrar as coberturas e os custos de um plano de seguro viagem completo, fomos ao comparador do Seguro Viagem Pro e simulamos uma viagem de dez dias para os Estados Unidos no período de 1 a 10 de março de 2020. A pesquisa foi feita dia 23 de fevereiro, às 12h.

PlanoGTA 130 Global (GTA) TA 100 (Travel Ace Assistance)AC 150 + Telemedicina (Assist Card)Affinity 150 USA (Affinity)
Despesa médica hospitalar (DMH)USD 130 milUSD 100 milUSD 150 milUSD 150 mil
Cobertura para prática de esporteUSD 800NãoUSD 30 milUSD 10 mil
Cobertura para gestanteDentro de DMH até 32 semanas e 40 anosNãoUSD 30 mil até 28 semanasNão
Cobertura odontológicaUSD 800USD 500USD 700USD 850
Cobertura farmacêuticaUSD 800USD 500USD 1 milUSD 850
Regresso sanitárioUSD 50 milUSD 30 milUSD 60 milUSD 50 mil
Traslado médicoUSD 20 milUSD 15 milUSD 5 milUSD 2,5 mil
Seguro de bagagem extraviadaUSD 1,2 milUSD 1,2 milUSD 1,2 milUSD 1,2 mil
ValorR$348,62R$261,31R$239,53R$227,85

Plano completo ou econômico?

Selecionamos um plano básico e um completo para você fazer a comparação entre coberturas e valores praticados e tirar suas próprias conclusões sobre as vantagens do seguro viagem completo. Confira. A pesquisa também foi feita para dez dias de viagem, no período de 1 a 10 de março de 2020, no dia 23 de fevereiro. O destino também é Estados Unidos.

Plano AC 150 + Telemedicina (Assist Card)TA 40 Especial – América do Norte (Travel Ace Assistance)
Despesa médica hospitalar (DMH)USD 150 milUSD 40 mil
Cobertura para prática de esporteUSD 30 milDentro de DMH
Cobertura para gestanteUSD 30 mil até 28 semanasDentro de DMH até 34 semanas e 40 anos
Cobertura odontológicaUSD 700USD 300
Cobertura farmacêuticaUSD 1 milUSD 400
Regresso sanitárioUSD 60 milUSD 20 mil
Traslado médicoUSD 5 milUSD 2,5 mil
Seguro de bagagem extraviadaUSD 1,2 milUSD 1,2 mil
ValorR$239,53R$104,53
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Nossa recomendação é que, se possível, você sempre opte por um seguro viagem completo. Apesar do preço mais alto, ele garante muito mais tranquilidade para o viajante – que tem a certeza de que qualquer custo com atendimento médico estará coberto.

Na simulação entre plano básico e completo apresentada, podemos constatar que a cobertura aumenta não apenas nas despesas médicas e hospitalares (DMH), mas em praticamente todos os itens que compõem o seguro viagem. O que é muito importante, especialmente em situações como o regresso sanitário e traslado médico.

Por outro lado, se você estiver gestante ou for praticar algum esporte, é preciso avaliar a cobertura de apólice atentamente. Isso porque, no caso comparativo a cobertura para esses dois públicos é mais no plano básico, já que cobre o valor total da DMH, enquanto o completo cobre 30 mil dólares em cada situação.

Ganhe desconto no seguro viagem completo

Quer ver mais opções de seguro viagem completo? Então vá ao comparador do Seguro Viagem Pro e faça sua pesquisa. Se optar pela compra via comparador, você ainda pode ganhar 10% de desconto.

Para tanto, na hora do pagamento, adicione o cupom SVP5 que te dá 5% de desconto na hora e opte pelo pagamento via boleto bancário que reduz mais 5% do valor do seguro. Como os descontos são cumulativos, você paga 10% a menos em seu plano. Aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo