América do Norte

Seguro viagem Canadá: o que avaliar na escolha do plano ideal

Se a sua próxima viagem tem como destino o Canadá, além de preparar as malas para o frio, você precisa escolher um seguro viagem que atenda suas necessidades durante o período no país. Porém, na hora de escolher um seguro viagem Canadá são muitas as dúvidas, como se o documento é obrigatório, quanto custo e que tipo de cobertura contratar.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Neste conteúdo você vai solucionar todas essas questões e ainda conhecer planos com melhor custo benefício, confira.

Seguro viagem Canadá é obrigatório?

Não. Não existe nenhuma lei canadense que obrigue o turista a apresentar um seguro de viagem para entrar no país, por isso não haverá a exigência do documento na imigração.

Entretanto, o Governo canadense não cobre as despesas médicas, hospitalares e odontológicas de turistas. Caso você precise de atendimento durante a sua estadia no país, terá que pagar do seu bolso e alertamos: os custos não são nada baratos.

Assim, o seguro viagem Canadá não é obrigatório, mas é extremamente recomendado comprar o seu antes de embarcar. Veja os motivos abaixo.

6 motivos para contratar seguro viagem Canadá

Para entender a importância de contratar o serviço, listamos algumas questões que pode ajudar.

1. Os custos do atendimento médico e hospitalar são elevados

Se você precisar de atendimento médico ou odontológico no Canadá, deverá estar ciente dos custos: extrair um siso custa no mínimo 800 dólares canadenses (aproximadamente R$ 2,4 mil). Uma internação ultrapassa os 2 mil dólares canadenses (R$ 6 mil). E uma perna quebrada pode resultar em uma conta final de 40 mil dólares canadenses (R$ 125 mil).

O serviço público de saúde do Canadá é de alta qualidade, mas não é gratuito para turistas. Por isso, se você precisar se direcionar a um hospital ou clínica sem Seguro Viagem Canadá, prepare-se para desembolsar um valor alto em dinheiro (ou voltar ao Brasil com uma dívida astronômica).

2. O clima rígido favorece o aparecimento de doenças

Quem nunca ficou constipado depois de pegar uma friagem? O clima do Canadá é muito rígido e poucos brasileiros estão habituados a lidar com temperaturas tão extremas. Por isso, é habitual adoecer com as mudanças de temperatura. Se você pegar uma gripe ou uma infecção de garganta mais grave e precisar de atendimento médico, irá aumentar e muito o orçamento da sua viagem se não tiver um seguro.

3. Se vai viajar no inverno, o risco de se machucar na neve aumenta

Você está andando na neve, achando a paisagem linda e de repente cai e torce o pé. A neve é escorregadia, e se você não está acostumado ou não está com os calçados adequados, cair pode ser uma constante. Mas torcer o pé (ou mesmo quebrar uma perna) pode trazer dor, perda de tempo em hospitais e ainda um valor altíssimo a pagar ao serviço de saúde canadense. O seguro viagem pode ajudar a agilizar o atendimento e evitar a dor de cabeça de uma dívida hospitalar no Canadá.

4. O idioma pode não favorecer

No Canadá, os idiomas oficiais são inglês e francês. Se você não é fluente em pelo um desses idiomas, pode ser complicado conseguir orientação de como se dirigir a um hospital e mesmo a comunicação com os médicos ou dentistas de plantão pode ser prejudicada. Por exemplo, se estiver em Montreal e não dominar o francês, pode ter dificuldades em conseguir atendimento. Se você tiver um seguro viagem, irá acionar a seguradora, receber atendimento em português e o atendente irá orientar você de como proceder para ser atendido pelo serviço de saúde. E o melhor: sem custos (ou com reembolso).

5. Prática de esportes radicais

Quem gosta de aventuras, sabe que o Canadá é o país ideal para a prática de esportes radicais. É comum os viajantes incluírem em seu roteiro de viagem atividades como ski, snowboard, trilhas, etc. Mesmo uma simples patinação no gelo pode ser uma atividade mais ousada para alguns viajantes e significar um risco a mais para cair e se machucar.

6. A tranquilidade da assistência à viagem

Além de toda a proteção contra acidentes e doenças que o seguro pode te oferecer, o conforto da assistência à viagem também é algo a se ter em conta. Ter auxílio em português (e em alguns casos indenização) para um possível extravio de bagagens, perda ou roubo de documentos, cancelamento de voos ou mesmo auxílio jurídico em um acidente de trânsito é algo que não tem preço.  Isso nas situações mais leves e simples.

Agora imagina se por uma infelicidade o viajante tem um problema sério e vem a falecer durante a viagem. A família terá de arcar com os gastos do repatriamento funerário (que são altíssimos) sofrendo com a dor da perda.

seguro viagem Canadá neve

Qual a cobertura ideal do seguro viagem para o Canadá?

Recomendamos que a cobertura para despesas médica hospitalares seja de, no mínimo, 40 mil dólares, devido aos altos custos do atendimento médico na rede particular canadense – como falamos, não há saúde pública gratuita para turistas.

Para idosos, gestantes, pessoas com doenças pré-existentes e praticantes de esportes de aventura, a recomendação é de 60 mil dólares – quanto maiores os riscos, mais necessário ter uma cobertura maior.

Quanto custa um seguro viagem para o Canadá?

O preço vai depender de quantos dias vai durar a sua viagem, da cobertura contratada e da seguradora escolhida por você.

Para que você tenha uma ideia do quanto custa um seguro viagem para o Canadá, realizamos a cotação no comparador do Seguro Viagem Pro para um período de cinco dias no país.

Veja algumas opções que encontramos de planos mais econômicos e mais completos:

Planos econômicos

Cobertura ITA 40 Smart US+ Affinity 60 Mundo (exceto EUA) AC 35 Mundo (exceto EUA) TA 40 Especial – Internacional
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 40 mil USD 60 mil USD 35 mil USD 40 mil
Cobertura para prática de esportes Consultar USD 6 mil USD 30 mil Consultar
Cobertura para gestante USD 40 mil até 34 semanas e 40 anos Não USD 30 mil – até 28 semanas USD 40 mil até 34 semanas e 40 anos
Cobertura odontológica USD 300 USD 800 USD 500 USD 300
Cobertura farmacêutica por reembolso USD 400 USD 800 USD 500 USD 400
Fisioterapia USD 40 mil USD 600 Não Não
Regresso sanitário USD 15 mil USD 50 mil USD 30 mil USD 20 mil
Seguro bagagem extraviada USD 1,2 mil USD 1,2 mil USD 1,2 mil USD 1,2 mil
Valor R$70 R$134,40 R$61,60 R$49

Planos completos

Cobertura GTA 130 Global TA 100  Intermac 150 Ouro AC 100 Mundo (com franquia)
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 130 mil USD 100 mil USD 150 mil USD 100 mil
Cobertura para prática de esportes USD 800 Não Dentro DMH USD 30 mil
Cobertura para gestante Dentro DMH até 32 semanas e 40 anos Não USD 10 mil – até 32 semanas e 45 anos USD 30 mil até 28 semanas
Cobertura odontológica USD 800 USD 500 USD 1,2 mil USD 700
Cobertura farmacêutica por reembolso USD 800 USD 500 USD 3 mil USD 1 mil
Fisioterapia USD 600 Não Não Não
Regresso sanitário USD 50 mil USD 30 mil USD 40 mil USD 40 mil
Seguro bagagem extraviada USD 1,2 mil USD 1,2 mil USD 1 mil USD 1,2 mil
Valor R$128,70 R$122,55 R$119,70 R$78,85 (+ franquia de USD 100 a cada sinistro)
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

O TA 40 Especial – Internacional, da Travel Ace, se destaca entre as opções de planos mais econômicas. Ele apresenta o melhor custo-benefício.

Já entre os planos com cobertura mais ampla, o Intermac 150 Ouro, da Intermac, apresenta o melhor custo. No entanto, não cobre fisioterapia. Se esse for um item essencial para você, prefira o GTA 130 Global, da Global Travel Assistance.

Uma dica: o AC 100 Mundo, da Assist Card, tem preço atraente e é um plano de uma excelente seguradora, mas ele exige franquia. Isso é: a cada sinistro (evento que pedir a utilização do plano), você terá que pagar mais 100 dólares. Avalie se, no final das contas, não estará pagando mais pelo plano.

Se ainda tem dúvida de qual o plano ideal para você, confira nosso ranking com os melhores planos de seguro viagem Canadá.

Onde cotar seguro viagem?

Nós sempre recomendamos que você cote seguros viagem Canadá pelos comparadores, como o comparador do Seguro Viagem Pro e do Seguros Promo. Com eles, você garante uma pesquisa rica, repleta de opções de planos e seguradoras, e consegue ótimos descontos. Como os comparadores vendem um grande volume de seguros por dia, eles conseguem vender os mesmos produtos que as seguradoras, mas por um preço inferior.

Ao fazer sua busca no comparador do Seguro Viagem Pro, selecione a opção “Internacional”, quando perguntarem qual o seu destino. Ao fazer sua busca no comparador do Seguros Promo, selecione ou “Internacional” ou “América do Norte”.

Ganhe desconto no seguro viagem para o Canadá

Ao fazer a compra do seu seguro viagem Canadá no comparador do Seguro Viagem Pro ou no Seguros Promo, use o código de desconto SVP5 e ganhe 5% na compra do seu seguro viagem. Se quiser economizar ainda mais, pague no boleto bancário e ganhe mais 5% de desconto. Como os descontos são acumulativos, você pode economizar 10% do valor total do seu seguro viagem. Aproveite!

Vai visitar outro país da América do Norte além do Canadá? Então leia também o nosso artigo sobre o melhor seguro viagem América do Norte e compare!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo