CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem doença preexistente: entenda como funciona

Quem já convive com alguma doença, como diabetes ou pressão alta, por exemplo, deve redobrar os cuidados com a saúde ao viajar para o exterior. Um seguro viagem doença preexistente, neste caso, é o que garante o acesso a médicos e hospitais em outro país e ajuda a minimizar qualquer problema, se precisar de atendimento durante suas férias.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Imagine o quanto pode ser frustrante – e até arriscado – precisar de atendimento e não encontrar o que espera. Principalmente para quem já sabe que tem uma saúde mais frágil. Por isso, se você precisa de seguro viagem doença preexistente, acompanhe este artigo. Vamos trazer aqui as informações mais importantes para escolher o plano ideal. Confira.

Seguro viagem cobre doença preexistente?

Sim. O seguro viagem deve oferecer atendimento médico e oferecer cobertura ou reembolso de despesas caso o viajante tenha uma crise decorrente de alguma doença que já possua, levando a pessoa a um quadro de urgência ou emergência.

A cobertura oferecida se limita ao tratamento necessário para estabilizar o quadro de saúde, de forma a permitir que o indivíduo siga com a viagem ou retorne para casa.

A seguradora pode negar a cobertura das doenças preexistentes?

Não. Todas as seguradoras devem fornecer o seguro viagem para doença preexistente e não podem negar a cobertura.

Resolução nº 315/14 da Susep (Superintendência de Seguros Privados), que regula a venda de seguros, afirma que todos “deverão cobrir episódios de crise ocasionados por doença preexistente ou crônica, quando gerar quadro clínico de emergência ou urgência, até o limite do capital segurado”.

Vale destacar que emergência consiste na situação que exige atendimento imediato, pois há risco de morte. Já a urgência significa que o segurado precisa de atendimento, mas pode aguardar.

O que são doenças preexistentes?

São consideradas doenças preexistentes toda e qualquer lesão ou enfermidade contraída antes do período da viagem. São incluídas as doenças congênitas, contraídas antes do nascimento ou ao nascer.

E mesmo se o segurado não souber que possui a doença, em situação de crise, ela será tratada como preexistente.

Alguns exemplos de doenças preexistentes são:

  • Asma;
  • Bronquite;
  • Câncer;
  • Anemia;
  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Doenças cardiovasculares.

O que o seguro cobre em caso de doenças preexistentes?

O segurado tem a garantia de que será tratado até que seu quadro clínico seja estabilizado. Isto para que possa continuar viagem ou, se for o caso, retornar ao seu país de origem.

No entanto, é preciso observar, o atendimento será feito, mas o valor pago pela seguradora será sempre o total estipulado pela apólice. Exemplo: se você contratou um plano com cobertura para despesas médicas e hospitalares de 30 mil euros, este será o valor máximo pago pelo plano. Qualquer valor superior a este será cobrado de você mesmo.

O que o seguro viagem não cobre em caso de doença preexistente?

O seguro viagem não arca com custos para tratamento, check-up ou internação que não sejam para o atendimento emergencial – ou seja, aquele em que deixará em bom estado seguir a viagem ou voltar para casa.

Nossa dica é que você sempre leia a apólice para se certificar e há alguma cláusula de exclusão de doença preexistente. Por exemplo, algumas podem excluir doenças em estágio terminal, por exemplo.

O seguro viagem também não cobre o tratamento que exceder o valor acordado na apólice, como dito acima.

Entenda como funciona a cobertura para internação no seguro viagem.

As doenças preexistentes precisam ser declaradas ao contratar?

O viajante não tem obrigação de declarar doenças preexistentes ou entregar declaração de saúde no momento de contratar o seguro.

É preciso informar a existência da doença preexistente somente se o atendimento médico for necessário, ao acionar o seguro na viagem.

Como acionar o seguro viagem para o tratamento de doenças preexistentes?

Para acionar o seguro basta que você ligue para o número fornecido na apólice. Em geral, a seguradora disponibiliza um número local, de acordo com o destino da viagem, e também um contato no Brasil.

É verdade que doenças crônicas são automaticamente consideradas como preexistentes?

Sim. Doenças crônicas são automaticamente consideradas como preexistentes e recebem o mesmo tipo de cobertura. Ou seja, terão o atendimento de urgência ou emergência durante a viagem.

Gravidez é considerada uma doença preexistente?

Não. A gravidez não é uma doença preexistente.

Caso você esteja grávida, deverá contratar um plano de seguro viagem com cobertura específica para gestante. E atenção: caso contrate um plano que não tenha esta cobertura, a seguradora não é obrigada a garantir o atendimento.

Você pode conferir todas as especificidades deste seguro em nosso artigo sobre seguro viagem gestante.

Como posso comprar um seguro viagem para doenças preexistentes?

Todo plano de seguro viagem deve cobrir doenças preexistentes, como falamos. Então, para encontrar o melhor para o seu perfil, nós recomendamos que você utiliza comparadores de seguro viagem. O nosso favorito é o comparador do Seguro Viagem Pro, parceiro do Seguros Promo.

Nestes comparadores, você encontra uma ampla oferta de seguradoras e planos e pode compará-los, checando as coberturas existentes, os valores correspondentes e o quanto cada um custa. Assim, poderá, de maneira bastante racional, chegar àquele que melhor atende às suas necessidades.

Cuidados ao escolher o seu plano

Já falamos que todo seguro viagem tem cobertura para doenças preexistentes e isto é garantido pela Susep.

No entanto, na hora de escolher o seu plano, vale uma dica relevante. É esta: para viagens internacionais, escolha planos que tenham uma cobertura para despesas médicas hospitalares (conhecida pela sigla DMH) acima de US$ 60 mil ou o equivalente em outra moeda.

Dizemos isto porque, por possuir uma doença preexistente, há uma possibilidade maior de que você precise de atendimento mais vezes. Portanto, o custo final de todos os atendimentos será maior.

Quem define o total que a seguradora irá pagar por seu tratamento é justamente este item: DMH ou cobertura para despesas médicas hospitalares.

Caso seu plano tenha um DMH menor do que o necessário, o complemento ao pagamento sairá do seu bolso – e isto pode significar uma conta pesada em dólares ou euros.

seguro viagem doença preexistente mala

Quanto custa a coberta para doenças preexistentes?

Para demonstrar quanto custa um plano com cobertura para doença preexistente, nós fizemos uma pesquisa, dia 23 de dezembro, no comparador do Seguro Viagem Pro. Simulamos uma viagem de dez dias, de 10 de janeiro a 20 de janeiro de 2021.

Diante dos resultados, selecionamos quatro opções com cobertura para despesas médicas hospitalares acima de 60 mil dólares ou euros, conforme o recomendado para este tipo de viajante. Confira.

Planos Affinity 60 Europa Affinity 150 Europa AC 60 Europa Intermac 60 Prata
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 60 mil USD 150 mil USD 60 mil USD 60 mil
Cobertura para prática de esportes Dentro DMH Dentro DMH Dentro DMH Dentro DMH
Cobertura para gestante Não Não Dentro DMH até 28 semanas Dentro DMH até 28 semanas
Telemedicina Sim Sim Sim Não
Cobertura odontológica USD 800 USD 850 EUR 500 USD 400
Cobertura farmacêutica USD 800 USD 850 EUR 1 mil USD 400
Regresso sanitário USD 50 mil USD 50 mil EUR 40 mil USD 40 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1,2 mil USD 1,2 mil EUR 1,2 mil USD 500
Valor R$ 155,08 R$ 188,13 R$ 164,93 R$ 208,91
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação seguro viagem Pro

­­­Consideramos que todos os planos aqui apresentados são muito bons para a maioria dos viajantes, inclusos os que possuem doenças preexistentes.

Em termos de custo, no entanto, o Affinity 60 Europa, da Affinity se destaca por possuir o menor preço, mas não atende gestantes. Então, se este for o seu caso, o melhor é escolher outro plano.

O AC 60 Europa, da Assist Card, também é bastante interessante e garante atendimento a gestantes.

Agora, se você puder investir um pouco mais no seguro viagem, nós recomendamos, então, que você avalie o Affinity 150 Europa, também da seguradora Affinity. Por uma diferença de poucos reais, você mais do que dobra a cobertura de DMH. Mas repare que ele também não tem cobertura para gestantes. Não sendo este o seu caso, ele certamente ganha no custo-benefício.

Desconto no seguro viagem

Para garantir o seu seguro viagem com desconto, basta acessar o nosso comparador de seguros ou o site parceiro Seguros Promo.

Na etapa da compra, ao inserir o código SVP5, você paga 5% a menos do valor. Se quiser economizar ainda mais nestas duas plataformas, pague no boleto bancário. Você recebe mais 5% de desconto para esse método de pagamento. Então, ao pagar com boleto e utilizar o nosso cupom de desconto, você economiza 10% no preço do seu seguro viagem.

Motivos para contratar o seguro viagem doença preexistente

Todo viajante precisa da proteção para minimizar o impacto de um imprevisto, especialmente ligado à saúde. Por isso, listamos alguns bons motivos para contratar o seguro viagem.

Garantia de atendimento rápido

Quem vai a outro país se informa sobre pontos turísticos e atrações, mas raramente mapeia onde estão os hospitais e clínicas mais próximos, não é mesmo? Durante uma crise, será o pior momento para procurar o local de atendimento, então o seguro viagem para doenças preexistentes será essencial para localizar e viabilizar tudo isso em menos tempo.

Reembolso das despesas médicas

Quanto maior a possibilidade de utilizar serviços médicos, mais importante é contratar um seguro viagem. Principalmente em países onde só há atendimento privado para turistas e os valores são considerados altíssimos, como nos Estados Unidos.

Envio de um médico ao hotel

Muitos vários planos de seguro viagem com cobertura para doença preexistente oferecem este benefício, se o caso exigir. Vale muito a pena saber que pode contar com esta atenção, principalmente em outros países.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Carolina Carvalho

Carolina é brasileira com cidadania portuguesa, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Foi atleta profissional de natação, conheceu diversos países por meio das competições e agora continua viajando pelo mundo. Trabalha com a produção e a edição de conteúdos para mídias ligadas ao setor de turismo e ao ramo de seguros de viagens.

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo