CoberturasSeguro Viagem

Quais as coberturas do seguro viagem? Conheça as principais

Você tem viagem marcada e quer contratar um seguro? Deseja saber mais sobre as coberturas do seguro viagem e ter acesso a um guia completo com as informações mais importantes que precisa ter em mente antes de escolher um plano? Então veio parar no lugar certo! Fique com a gente para descobrir tudo o que precisa sobre o assunto.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Coberturas obrigatórias do seguro viagem

A Susep – Superintendência de Seguros Privados – é a entidade responsável por regulamentar o setor dos seguros. A Portaria 315, emitida em 2014, esclarece quais são as coberturas obrigatórias e as opcionais oferecidas pelos seguros de viagem.

É interessante observar que houve uma mudança nos últimos anos no que se refere aos seguros viagem. Antes de 2014 só existiam basicamente dois itens obrigatórios contemplados em um seguro viagem: morte e invalidez por acidente.

Depois da nova Portaria 315, no entanto, outros itens obrigatórios foram incluídos e agora já existe um conjunto de coberturas muito mais robustas estipuladas pela Susep. Segundo a Resolução CNSP nº 315/2014, que regulamenta o setor, as regras são as seguintes:

Os planos de seguro viagem devem ofertar pelo menos uma das seguintes coberturas básicas: Despesas médicas, hospitalares e odontológicas, Traslado de corpo, Regresso sanitário, Traslado médico, Morte em viagem, Morte acidental em viagem e Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem. No caso de viagem ao exterior, é obrigatória a contratação das coberturas Despesas médicas, hospitalares e odontológicas, Traslado de corpo, Regresso sanitário e Traslado médico.

Além disso, também define que as despesas médicas e hospitalares cubram tanto acidente pessoal quanto enfermidade súbita e aguda. Prevê, ainda, a existência de outras coberturas no seguro que estejam relacionar a viagem. Dessa forma, apesar de não serem obrigatórias, outras coberturas também podem ser oferecidas, como a perda ou roubo de bagagem ou o cancelamento de viagem.

Coberturas médicas do seguro viagem

Também conhecida como DMH, as Despesas Médicas e Hospitalares são os gastos que o segurado representa caso precise de atendimento médico. Essa situação pode ser emergencial, em caso de um acidente, por exemplo, ou pode ser decorrente de uma enfermidade que desenvolveu durante a viagem.

As coberturas médicas, obrigatórias, abrangem consultas, eventuais internações hospitalares, procedimentos de maior ou menor complexidade e exames necessários para diagnóstico e tratamento da situação sofrida durante a viagem do segurado.

Apenas algumas situações de doenças crônicas como hipertensão, diabetes ou casos pontuais de condições preexistentes são cobertas pela determinação da Susep. Recomendamos que, se tiver alguma situação particular, converse com a seguradora e exponha o caso para evitar surpresas no futuro.

Quanto mais alta for a cobertura das despesas médicas e hospitalares de um seguro viagem, melhor – significa que estará mais protegido.

Como funcionam as despesas médicas e hospitalares

É importante sublinhar que essa cobertura do seguro viagem só pode ser acionada em casos de acidentes e doenças acontecidas durante a viagem, eventuais consultas e exames de rotina sem urgência não são cobertos por esse tipo de seguro.

De modo geral podemos organizar as despesas médicas e hospitalares em três grupos:

  1. Atendimentos médicos de emergência, caso exista risco de morte, ou de urgência, onde o paciente não corre risco de vida;
  2. Internação hospitalar tanto para tratamento clínico como para intervenção cirúrgica;
  3. Exames médicos emergenciais para diagnóstico e intervenção.

Quando for contratar o seguro esteja atento se essas despesas médicas são diretamente pagas pela seguradora ou se são pagas pelo cliente e posteriormente reembolsadas pelo seguro viagem. A leitura da apólice do seguro é essencial também nesse sentido, no documento estará estipulado não só os valores cobertos como também a forma de pagamento em caso de atendimento.

Despesas médicas e hospitalares para Covid-19

Apesar de não ser obrigatório, por se tratar de um risco excluído do seguro viagem, muitas seguradoras já oferecem a cobertura. Em geral, os planos são um pouco mais caros do que os seguros habituais, mas vale a pena o investimento, uma vez que se não contar com a cobertura o segurado terá que arcar com qualquer gasto relacionado a doença.

As despesas médicas e hospitalares incluídas nos planos que oferecem cobertura para a Covid-19 vão desde eventuais testes até possíveis consultas e internações.

Fique atento porque o valor de despesas médicas e hospitalares para Covid-19 não são as mesmas do que para as DMH gerais. Isto é, o seu plano pode oferecer uma cobertura de DMH no valor de 30 mil dólares e uma cobertura de DMH em casos de Covid no valor de 10 mil dólares. Por isso, observe na apólice do seguro viagem qual é o limite que o plano escolhido possui em casos de contaminação pelo coronavírus.

Hospital cobertura seguro viagem

A cobertura em casos de Covid-19 não só compreende as despesas médicas e hospitalares decorrentes da doença, dentro do limite acordado, como também pode garantir, dependendo do plano:

  • Indenização por hospitalização em casos de Covid-19: algumas operadoras oferecem indenização caso o segurado precise ficar internado por mais de 48 horas durante a viagem;
  • Translado de corpo em casos de Covid-19: esse tipo de cobertura limitada garante que a seguradora irá transportar o corpo do segurado que faleceu durante a viagem por Covid-19 ao seu lugar de origem.

Confira os principais planos com cobertura para Covid.

Coberturas de saúde do seguro viagem

Alguns itens específicos dos seguros viagens – como atendimento odontológico, fisioterápico e reembolso farmacêutico – variam muito de acordo com o plano que contratar. Esteja atento a cada um desses itens para garantir que estará protegido caso precise do serviço.

Odontológica

Já passou pela sua cabeça que, a meio de uma viagem, o seu siso pode inflamar? Ou pode comer uma comida diferente e quebrar um dente? Ou pode, após uma queda, deslocar o maxilar? Pouca gente costuma pensar na importância de contar com uma assistência odontológica durante uma viagem, mas a verdade é que ela é essencial se quiser estar mesmo protegido.

A cobertura oferece ao segurado uma indenização das despesas com o dentista caso o transtorno seja uma emergência ocorrida durante a viagem. Segundo a portaria da Superintendência de Seguros Privados (Susep), todo seguro viagem comercializado no Brasil deve oferecer para os clientes cobertura odontológica.

Basta entrar em contato com a seguradora ou mesmo se dirigir a um dentista próximo. Atenção, guarde todos os recibos das consultas e eventuais exames para solicitar reembolso posteriormente. Com os comprovantes em mãos e o pedido feito é só aguardar a transferência da segurado.

Lembre-se que o valor a ser reembolsado é o que consta na apólice. Esses valores variam de acordo com cada seguradora, há desde empresas como a Universal Assistance que oferecem coberturas de USD 300 como pacotes da April que cobrem até USD 30 mil.

Farmacêutica

A cobertura farmacêutica, por outro lado, não é obrigatória nos seguros viagem comercializados no Brasil. No entanto, muitas seguradoras oferecem esse serviço como um extra.

Caso o seguro escolhido por você contemple esse item, deve guardar o comprovante das despesas com medicamentos prescritos pelo médico ou dentista para solicitar reembolso. É com o recibo da farmácia que você dará a entrada na seguradora para receber de volta o que pagou.

Lembre-se que apenas os remédios receitados em consulta são cobertos, outros medicamentos que não estejam prescritos não estão abrangidos na cobertura.

Farmácia cobertura seguro viagem

Fisioterapia

É importante que você saiba que o serviço de fisioterapia no seguro viagem não é obrigatório. Ele pode estar presente ou não, de acordo com o plano que contratar. O mais comum é que não esteja abrangido, entretanto, algumas seguradoras a oferecem em valores que não superam os mil dólares.

Atenção, o serviço só é garantido pelo seguro viagem caso o problema surja por algum evento transcorrido durante a viagem e seja um encaminhamento do médico que atendeu a emergência. Por isso, ao contratar o serviço, confira na apólice se esse item está mesmo abrangido e qual é o valor garantido.

Coberturas de traslados e repatriamentos

Você pode estar pensando que os itens listados anteriormente podem ser relativamente baratos, porém, os que se seguem são realmente mais caros, por isso, são indispensáveis no seguro viagem. Todos os itens a seguir são obrigatórios no seguro viagem internacional.

Traslado médico

Fique tranquilo: o translado médico é uma cobertura obrigatória básica presente em todos os seguros viagem comercializados no mercado brasileiro. Entretanto, não está regulamentado o valor da cobertura, você deve observar na apólice que irá contratar qual é o seu limite já que ele é bastante variável.

Caso esteja em viagem e sofra algum evento que necessite de atendimento médico, esse translado será feito pela seguradora através de rede conveniada – sem obrigar a nenhum gasto na hora – ou poderá ser realizado mediante pagamento do paciente e, mais tarde, reembolso.

O translado médico significa que você terá direito a ser transportado para o hospital ou clínica mais próxima e será assistido, inclusive durante o trajeto. Se estiver numa situação emergencial, deve entrar em contato imediato com a seguradora para saber como proceder.

Traslado de corpo

O translado de corpo acontece quando o segurado falece durante a viagem. Nesses casos, a seguradora fica responsável por transportar o corpo e cuidar de todos os procedimentos burocráticos para garantir que o corpo chegue a cidade de origem do segurado.

Em outras palavras, o translado de corpo garante que as despesas de deslocamento do corpo são pagas até o local onde será realizado o sepultamento. Tenha atenção que esse tipo de cobertura também tem valor limitado, por isso deve observar na apólice qual é o teto oferecido pela seguradora.

Regresso sanitário

O regresso sanitário garante que o segurado volte para a sua cidade de origem se tiver sofrido um dano ou eventual doença durante a viagem que o incapacite de voltar em transporte regular. Isso quer dizer que a seguradora irá arcar com todas as condições médicas necessárias para que o transporte seja realizado com segurança e estabilidade.

Em casos graves é preciso inclusive que o passageiro seja transferido com auxílio de uma UTI móvel montada em um avião. Essa cobertura implica não só os custos com o material como também com a equipe médica que fará o processo, por isso pode facilmente se transformar em uma conta altíssima.

Todo seguro viagem internacional comercializado no Brasil é obrigado a oferecer essa cobertura. Fique apenas atento ao valor praticado, já que ele costuma variar de empresa para empresa. Quanto mais alto for esse limite, melhor.

Coberturas de viagem

Além das coberturas obrigatórias e outras médicas que costumam estar abrangidas pelo seguro viagem, existem itens extras que, geralmente, são oferecidos por todas as seguradoras. Esses itens aparecem de forma variada no seguro, confira os principais.

Atraso de voo

A cobertura em casos de atraso de voo não é oferecida por todas as seguradoras. Caso a companhia escolhida tenha esse benefício, isso significa que você será reembolsado com algumas despesas básicas se estiver nessa situação.

Estamos nos referindo aqui a atrasos de voo em casos específicos: por mau tempo, por overbooking, por falta de tripulação, por excesso de tráfego aéreo ou por manutenção de aeronave.

As despesas que estão abrangidas caso tenha esse item no seu seguro vão desde bebidas e alimentos, até a hospedagem, caso seja preciso.

Se o atraso do voo acontecer em voos que saem do Brasil, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) também tem normas próprias que preveem desde a facilidade de comunicação até hospedagem, se ultrapassar as 4h de atraso.

Problemas com a bagagem

Os problemas de bagagem podem dizer respeito tanto a casos de atraso, extravio como eventuais danos das malas despachadas. Apesar de não fazer parte da cobertura obrigatória regulamentada, a maioria das seguradoras oferecem a proteção no seguro bagagem,

Se tiver cobertura para esses problemas isso significa que será indenizado pela seguradora além da compensação oferecida pela companhia aérea. Os valores em questão estão estipulados nas apólices, preste atenção se eles são complementares ou suplementares, o que vai definir o valor da indenização.

Nesses casos, assim que identificar um dos problemas listados – atraso, extravio ou dano de mala – deverá entrar imediatamente em contato com a seguradora para saber como proceder.

Cancelamento e interrupção de viagem

Caso o seu seguro ofereça a cobertura de cancelamento de viagem, ela ficará ativa desde o momento da contratação até o embarque do segurado.

Se por acaso não puder viajar, o seguro em questão garantirá até 80% de reembolso das despesas geradas por multas derivadas do cancelamento tanto da passagem aérea como da hospedagem ou do eventual pacote turístico. Mas atenção, é preciso ler a apólice para entender os motivos que geral tal indenização, uma simples desistência nem sempre é garantia de cobertura.

Já existem seguradoras que oferecem extras como cancelamento por qualquer motivo, alargando as condições para além dos itens acima listados. Confirme se a seguradora escolhida oferece esse serviço.

Como escolher a cobertura do seguro viagem?

O primeiro item a ter atenção quando for contratar um seguro viagem é o de cobertura das despesas médicas e hospitalares. Quanto mais alto for esse valor, mais você estará protegido.

Tenha atenção também se o plano escolhido possui cobertura em casos de Covid-19. Indicamos fortemente que contrate uma dessas opções. Apesar de mais cara, ela garante que tenha atendimento de qualidade se por acaso for infectado pelo vírus. Observe igualmente qual é o valor da cobertura das despesas médicas e hospitalares em casos de Covid-19,  esse valor costuma ser diferente das despesas médicas e hospitalares totais.

Caso o seu destino final envolva trocas de aeronaves, esteja especialmente atento para saber qual é o valor de cobertura oferecido pelo seguro em casos de dano, atraso ou extravio de bagagem.

Ficha cobertura seguro viagem

A seguir detalhamos algumas recomendação de coberturas do seguro viagem que você deve considerar na hora de contratar. Confira:

África

  • Despesas médicas e hospitalares indicamos uma cobertura a partir de USD 40 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 500;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 500;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 30 mil.

Confira todos os detalhes sobre o seguro viagem África.

América Central

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de USD 20 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 250;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 500;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 15 mil.

América do Norte

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de USD 60 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 500;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 500;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 30 mil.

Saiba o que é preciso considerar antes de contratar o seguro viagem América do Norte.

América do Sul

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de USD 20 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 250;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 250;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 15 mil.

Ásia

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de USD 40 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 500;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 500;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 30 mil.

Conheça o seguro viagem Ásia e descubra os detalhes antes de contratar.

Europa

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de EUR 40 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de EUR 500;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a EUR 250;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de EUR 20 mil.

Oceania

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de USD 40 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de USD 500;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a USD 250;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de USD 30 mil.

Confira também como funciona o seguro viagem Oceania antes de embarcar.

Oriente Médio

  • Despesas médicas e hospitalares recomendamos uma cobertura a partir de EUR 30 mil;
  • Cobertura de despesas odontológicas recomendamos a partir de EUR 250;
  • Assistência farmacêutica idealmente com cobertura superior a EUR 250;
  • Regresso sanitário/traslado de corpo indicamos cobertura a partir de EUR 15 mil.
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Agora que você já conhece as principais coberturas do seguro viagem, antes de contratar a proteção, avalie a respectiva cobertura que está sendo contratada. Alguns itens, como a cobertura de despesas médicas e hospitalares, são obrigatórias e presentes em todas as opções enquanto cláusulas como reembolsos farmacêuticos podem ou não estar presentes.

Tenha atenção em relação ao seu perfil de viajante. Se for gestante, por exemplo, observe até quantas semanas estará coberta pelo seguro. Caso seja idoso repare qual é a faixa etária contemplada. Em situações de práticas de esportes verifique se o que pretende exercitar se encontra nos itens cobertos.

De modo geral destacamos que o valor mais importante para ter atenção antes de contratar um seguro é a cobertura de despesas médicas e hospitalares. Quanto maior for essa cobertura, melhor. Esse valor depende do seu destino de viagem: despesas nos Estados Unidos devem ser mais altas do que se for contratar um plano para viajar dentro do Brasil, por exemplo. Orientamos que consulte os artigos presentes no nosso site para ter ideias de valores mínimos a serem contratados de acordo com o destino.

Além disso, recomendamos uma boa pesquisa, para isso, os comparadores de seguro viagem são excelentes aliados. Essas plataformas reúnem várias seguradoras em um só lugar e é possível comparar os itens antes de escolher a proteção.

Ganhe desconto no seguro viagem

Sabia que ao utilizar o nosso comparador em parceria com o Seguros Promo você garante um desconto de 10% de desconto final na aquisição do seu seguro viagem?

Para ter acesso a essa promoção você deve escolher a opção “pagamento por boleto bancário”, que proporciona 5% de desconto. Ao avançar com a sua compra, inclua o código SVP5 para ganhar mais 5% de desconto. Como os valores são cumulativos, você irá desbloquear um desconto final no valor de 10%.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Rebeca Leite

Rebeca é formada em Letras e ama viajar! Nascida no Rio de Janeiro, atualmente mora em Lisboa e trabalha desde 2018 com produção de conteúdos. Para aprimorar os seus conhecimentos fez uma especialização em marketing digital e uma pós-graduação em storytelling. Se quiser saber mais sobre a sua trajetória conheça o perfil de Rebeca no Linkedin.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo