CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem intercâmbio: o que você precisa saber antes de contratar

Fazer intercâmbio pode dar um frio na barriga. São muitos detalhes que precisam ser vistos e, além disso, é um momento que pode trazer muitas inseguranças. Mas não precisa ser assim! Contratar um seguro viagem intercâmbio pode ser o item da sua lista que mais vai te trazer segurança, conforto e assistência nos momentos necessários. Em alguns países, portar esse seguro é obrigatório. Nesse artigo, você confere todos os detalhes como contratar, como escolher, e muito mais! Boa leitura!

O que é o seguro viagem intercâmbio?

Seguro viagem intercâmbio é uma proteção para quem vai estudar em outro país. Esse seguro cobre todo o tempo de estudos, e oferece uma série de coberturas que assistem o estudante nas mais diversas situações. O seguro viagem para estudantes é essencial para quem vai passar um longo período no exterior.

Alguns exemplos são as coberturas médicas e hospitalares, odontológicas, farmacêuticas, de roubo, bagagem extraviada, etc.

Qual a diferença do seguro viagem de turismo e intercâmbio?

A principal diferença é o tempo de cobertura. Apesar do seguro intercâmbio oferecer as mesmas coberturas que o seguro turismo, um intercambista passará muito mais tempo no país de destino, por isso, precisa ser assegurado por mais tempo.

Se você vai fazer intercâmbio, é fundamental escolher um seguro específico para longas estadias.

Quais os documentos necessários para contratar o seguro intercâmbio?

Para contratar um seguro viagem intercâmbio, você precisa de documentos básicos, como RG, CPF e, em grande parte das vezes, passaporte. Além desses documentos, você precisa de um comprovante de matrícula na instituição em que você vai estudar.

Isso é necessário para que a seguradora tenha certeza de que você é intercambista, e possa te oferecer o seguro que cubra todo o seu tempo de estudos.

Para fazer intercâmbio precisa de seguro viagem?

Para boa parte dos países, sim, precisa de seguro viagem para fazer intercâmbio. Considerando que o estudante passará um bom tempo no país, o seguro viagem intercâmbio é fundamental para garantir coberturas médicas. Justamente por isso, muitos países exigem cobertura mínima para despesas hospitalares e médicas. Agora, veja quais são os países que exigem seguro viagem intercâmbio para os estudantes.

Europa

Os países da Europa que fazem parte do tratado de Schengen cobram o seguro viagem para intercambistas. A cobertura mínima é de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares.

Esses países são: Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Bélgica, Holanda, Áustria, Dinamarca, Estônia, Eslováquia, Eslovênia, Finlândia, Suécia, Suíça, Islândia, Hungria, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Malta, Noruega, Luxemburgo, Polônia e República Tcheca.

Pessoa com mala de rodinhas
O item mais importante da sua mala de viagem é o seguro intercâmbio

A Irlanda não faz parte do tratado. No entanto, para entrar no país como intercambista, é obrigatório contratar um seguro governamental. O seguro viagem intercâmbio Irlanda cobre apenas despesas básicas e funciona apenas dentro do país, então é interessante avaliar e contratar um seguro com mais coberturas à parte e também extensível a outros países.

Oceania

Vai fazer intercâmbio na Austrália ou na Nova Zelândia? Então o seguro viagem é obrigatório. Para ingressar nesses países como estudante, você precisa do Overseas Student Heath Cover (OSCH), um seguro viagem Oceania.

É importante lembrar que, ao ingressar em um desses dois países, você não pode comprar qualquer seguro viagem intercâmbio. O único possível é o OSCH.

Já tem intercâmbio programado para o continente? Saiba como contratar o seguro viagem intercâmbio na Austrália.

América do Sul

Venezuela e Equador são países da América do Sul que exigem seguro viagem intercâmbio dos estudantes.

Chile, Argentina e Uruguai também exigem a proteção, a mudança é recente consequência da pandemia. Para os destinos, é exigido que cubram despesas médicas e hospitalares de Covid-19.

América Central

Apenas Cuba, na América Central, exige seguro viagem intercâmbio. No entanto, se você vai para qualquer outro país da região, vale a pena contratar um seguro mesmo não sendo obrigatório. Afinal, essa é a melhor forma de garantir assistência em situações desagradáveis, como problemas de saúde, roubo, etc.

Ásia

Qatar e Emirados Árabes Unidos exigem que você tenha seguro viagem para fazer intercâmbio. Outros países da Ásia passaram a exigir a proteção com cobertura para Covid, caso de Tailândia, Indonésia, por exemplo. Mesmo que não seja um seguro específico para estudantes, a proteção é exigida na entrada dos países.

Como saber se preciso de seguro viagem intercâmbio?

Antes de ingressar em um intercâmbio, você precisa fazer uma boa pesquisa sobre o país de destino. Avalie como funciona o sistema de saúde do país e veja se é público ou privado, se atende apenas a residentes ou a estrangeiros, quanto custa uma consulta médica, uma entrada na emergência e itens afins.

Se você vai para um país que não exige seguro viagem intercâmbio, mas possui sistema de saúde privado e muito caro, contratar o seguro passa a ser essencial. Por exemplo, os Estados Unidos não exigem seguro viagem para intercambistas. Porém, uma simples consulta médica pode custar rios de dinheiro.

Quais as coberturas recomendadas para seguro viagem intercâmbio

Antes de contratar seu seguro viagem intercâmbio, considere todas as suas possíveis necessidades e urgências durante a estadia em outro país. Considere, por exemplo, eventuais questões de saúde, roubo, acidentes, imprevistos. É importante cobrir todos esses aspectos.

Ficou na dúvida? Veja agora as coberturas mais indicadas para você, que vai estudar fora.

Despesas médicas e hospitalares

As Despesas Médicas e Hospitalares (DMH) são, de longe, as mais importantes a serem asseguradas. Afinal, doenças e acidentes são eventos impossíveis de prever e de evitar.

Garantir essa cobertura garante que você receberá assistência devida em casos de problemas de saúde, além de te livrar de despesas  que podem ser muitas vezes maiores que o bolso.

É importante que a cobertura seja ampla, com valores que cobrem com folga despesas complexas no país. Assim, para a maioria dos destinos, uma cobertura de USD 60 mil é suficiente, mas para outros, como os Estados Unidos, vale investir em uma cobertura mais ampla, de USD 100 mil.

Cobertura para Covid

Mesmo com uma enorme parte da população vacinada, contrair o vírus e precisar de hospitalização é algo que não pode ser previsto. É por isso que o seguro para Covid-19 é essencial. Esse tipo de cobertura garante que, caso você contraia a doença, tenha os gastos relacionados a ela completamente assegurados.

Geralmente, a cobertura começa em USD 5 mil, porém, quem vai de intercâmbio deve garantir uma cobertura mais ampla, de USD 20 mil. Ainda que esteja vacinado, o intercambista deve contratar a proteção considerando especialmente os riscos aos quais vai se expor e ao longo período da viagem.

Traslados e repatriamentos

Caso você precise voltar ao Brasil por qualquer motivo, como acidente, enfermidade ou outras questões urgentes, a cobertura de traslados e repatriamento é essencial.

A cobertura de repatriamento garante a sua volta segura ao Brasil. Além disso, a cobertura de traslado de corpo garante que, em caso de falecimento, o corpo do segurado seja transportado para o local de sepultamento ou residência. Em ambos os casos, uma cobertura mínima de USD 40 mil é recomendada, lembrando que quanto mais distante o país, maior deve ser a cobertura.

Já o traslado médico, que garante a remoção do local da emergência até o hospital ou clínica mais próxima, também deve ser considerado na escolha. USD 10 mil é o valor suficiente, considerando que em alguns país até as ambulâncias são pagas.

Envio de acompanhante

O seguro de envio de acompanhante garante que, caso você sofra algum acidente ou precise de hospitalização, um acompanhante da sua escolha receberá total suporte para ir até você. Essa cobertura garante ao acompanhante passagem de ida e volta, assim como hospedagem em um hotel durante certo período.

Essa cobertura é importante a ser considerada. Afinal, ao fazer intercâmbio em outro país, seus contatos serão escassos nos primeiros momentos, e ter suporte quando precisar é fundamental.

Retorno antecipado

O seguro de retorno antecipado garante indenização das suas despesas caso precise voltar ao Brasil, por motivos que são especificados no momento de contratação do seguro.

É claro que, ao sair do país para estudar, você não pretende voltar antes da hora. No entanto, em casos de acidente pessoal, problemas graves com a sua moradia e problemas de saúde de algum ente querido, por exemplo, infelizmente podem acontecer.

Como cotar o seguro viagem para intercâmbio?

Você pode cotar seu seguro intercâmbio pelos comparadores de seguro viagem, eles reúnem em uma única busca uma ampla variedade de seguradoras e planos.

Entre os comparadores recomendados, destacamos o Seguros Promo. No comparador, é possível ver uma série de seguradoras e planos diferentes. Além disso, você pode comparar até 4 planos de uma vez, o que é essencial para fazer uma boa escolha e encontrar coberturas mais completas.

O processo também é bem simples. Ao entrar no site, insira o seu destino, sua data de embarque e de desembarque, seu nome, e-mail e telefone.

Em seguida, clique em “filtrar”, e na seção de benefícios, selecione “estudante”. Isso fará com que o comparador te mostre seguradoras especializadas em seguro viagem intercâmbio, com coberturas que fazem mais sentido para quem vai estudar fora.

Quanto custa o seguro viagem intercâmbio?

O valor depende do seu destino. Para que você possa comparar, fizemos uma cotação de uma viagem de 6 meses, equivalente a 180 dias. A cotação foi feita no Seguros Promo, no dia 3 de junho de 2022 e usamos o filtro de estudante para escolher dois dos planos, os demais foram selecionados entre as opções gerais, não específicos para estudantes.

Seguro viagem intercâmbio Europa

CoberturaUA 40 Mundo Covid-19GTA 42 Student Euro Aassist Covid-19 Plus10Affinity 60 Student MundoAC 60 Europa
Exclusivo para estudantesnãosimsimnão
Despesas Médicas e Hospitalares (DMH)USD 40 milUSD 42 milUSD 60 milEUR 60 mil
Cobertura odontológicaUSD 500USD 150USD 800EUR 500
DMH Covid-19USD 10 milUSD 10 milnãonão
Regresso sanitárioUSD 60 milUSD 30 milUSD 50 milEUR 40 mil
Traslado de corpoUSD 40 milUSD 15 milUSD 50 milEUR 10 mil
Traslado médicoUSD 40 milUSD 15 milUSD 1.200EUR 3 mil
Passagem aérea ida e volta para um familiarnãoUSD 2 milUSD 2 milnão
ValorR$ 6.257,46R$ 5.394,61R$ 3.871,81R$ 4.506,96

Seguro viagem intercâmbio América do Norte

CoberturaAC 35 Am. Norte Covid-19Coris 60 USA BasicGTA 100 Student Full USA & CanadáAffinity 150 Student USA
Exclusivo para estudantesnãonãosimsim
Despesas Médicas e Hospitalares (DMH)USD 35 milUSD 60 milUSD 100 milUSD 150 mil
Cobertura odontológicaUSD 500USD 60 milUSD 800USD 850
DMH Covid-19USD 30 milnãonãonão
Regresso sanitárioUSD 30 milUSD 50 milUSD 60 milUSD 50 mil
Traslado de corpoUSD 10 milUSD 50 milUSD 30 milUSD 50 mil
Traslado médicoUSD 3 milUSD 50 milUSD 20 milUSD 2.500
Passagem aérea ida e volta para um familiarnãonãoUSD 2.600USD 2.500
ValorR$ 7.965,98R$ 7.325,22R$ 3.953,83R$ 7.937,20

Qual o melhor seguro viagem para intercâmbio?

O melhor seguro viagem para estudantes em intercâmbio é aquele que cobre todos os eventuais imprevistos durante a sua estadia. Ele deve cobrir gastos com saúde, farmácia, roubo, e qualquer outra situação que simplesmente não pode ser prevista ou evitada.

Antes de escolher o seu seguro, analise muito bem todos esses aspectos e pense que prevenir é sempre melhor que remediar. Mesmo que você ache difícil que certos eventos aconteçam, como acidentes, a segurança de saber que você receberá assistência não tem preço. Isso garante que você tenha mais tranquilidade e segurança durante seu tempo fora.

Recomendação Seguro Viagem Pro

A primeira e principal recomendação, é sempre contratar o seguro viagem para fazer um intercâmbio, independente da duração e do destino. A proteção é essencial para quem vai ficar longe de casa por períodos curtos ou longos.

Outro ponto importante é sempre verificar quais são as recomendações do destino. Em alguns países como Austrália e Irlanda, o seguro para intercambistas é obrigatório e tem requisitos que precisam ser atendidos.

Na hora de escolher entre um seguro viagem tradicional e um específico para estudantes, é importante analisar o custo-benefício. Os planos voltados exclusivamente para estudantes costumam ter preços mais atrativos, especialmente para períodos mais longos, em que o plano pode custar bem caro. Por outro lado, nas coberturas menos específicas os planos não exclusivos podem ser mais interessantes especialmente por oferecem coberturas mais completas.

Para intercâmbios com destino à Europa, recomendamos o Affinity 60 Student Mundo pode ser uma boa alternativa, especialmente para quem não se importa de abrir mão da cobertura para Covid. Mas, para quem não abre mão da cobertura, o GTA 42 Student Euro Assist Covid-19 Plus10 é uma opção mais atrativa.

Para intercâmbios nos Estados Unidos, recomendamos o GTA 100 Student Full USA & Canadá. Além de ter uma cobertura alta para DMH, o seguro cobre gastos por atraso de voo e assistência em caso de perda de documentos ou cartão de crédito. Para quem faz questão da cobertura para Covid, o AC 35 Am. Norte Covid-19, da Assist Card é uma opção mais interessante.

Ganhe desconto no seguro viagem intercâmbio

Agora que você tem todas essas informações, corra para contratar o seu seguro. E a boa notícia é que nossos leitores ganham desconto no nosso comparador ou no Seguros Promo. Para isso, basta usar o desconto SVP5 na hora da compra para conseguir 5% de desconto.

E ah, vale lembrar que ao pagar à vista ou por PIX, você consegue mais 5% de desconto. Usando esses dois métodos, você garante 10% de desconto no seu seguro viagem intercâmbio. Gostou? Então não perca tempo e viaje em segurança.

Dicas para sua viagem:
  • Ainda não contratou o seguro viagem?

    No Seguros Promo você encontra planos de seguro viagem para todos os destinos. São mais de 10 seguradoras disponíveis com os melhores preços.

  • Quer internet no celular em todos os lugares?

    Com o chip internacional da America Chip, você se mantém conectado em todos os momentos da viagem, com internet ilimitada e cobertura em mais de 200 países.

  • Quer viajar sem se preocupar em trocar dinheiro?

    Com o cartão Wise você pode viajar para mais de 80 países e pagar todas as despesas com o melhor câmbio e as menores taxas.

Compartilhe

Lara Delgado

Lara está no fim de uma graduação em Letras e trabalha com marketing de conteúdo há 2 anos. É mineira, criada no interior do Rio de Janeiro, e partiu para uma jornada na Europa com filha e companheiro. Ama escrever, viajar e colecionar experiências pelo mundo. Nos seus planejamentos de viagens, o seguro é sempre o primeiro item da checklist gigante a ser cumprida. Tem 23 anos e acredita que o mundo é pequeno o suficiente para ser totalmente explorado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo