Europa

IB2: entenda como funciona o CDAM e como solicitar

O Brasil possui vários acordos internacionais que facilitam a vida dos brasieliros no exterior. Entre esses acordos estão os Certificados de Direito a Assistência Médica, firmados entre o Brasil e outros 3 países. Entre eles está o IB2, o CDAM entre Brasil e Itália. O documento permite acesso ao sistema de saúde pública italianso, mas será que vale a pena para todo tipo de viajante? Entenda como funciona e quando o IB2 é a melhor opção.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

O que é o IB2?

O IB2 é um CDAM, Certificado de Direito a Assistência Média, ou seja, um acordo bilateral entre Brasil e Itália que possibilita acesso ao sistema de saúde pública aos cidadãos de ambos os países. Assim, com o IB2, os brasileiros podem ter acesso ao sistema de saúde pública na Itália, com as mesmas condições que um cidadão italiano.

Quem pode solicitar o IB2?

Pode solicitar o IB2 cidadãos brasileiros e seus dependentes, assim como estrangeiros residentes no Brasil. Além disso, é preciso comprovar vínculo com o INSS para realizar a solicitação do documento. Podem solicitar o IB2:

  • Aposentados e pensionista;
  • Celetistas;
  • Contribuintes individuais, segurado especial e facultativo;
  • Empreendedor;
  • Microempreendedor individual.

Como funciona o IB2?

O IB2 funciona como um seguro saúde que dá acesso ao sistema de saúde pública italiana. Assim, com o documento em mãos e devidamente registrado no centro de saúde na Itália é possível ter acesso a consultas, exames e outros tipos de atendimentos de saúde no país.

Entenda também como funciona o PB4 em Portugal.

Como tirar o IB2?

O processo de solicitação do IB2 é todo realizado online. Para isso, o primeiro passo é se cadastrar no site do governo brasileiro, o cadastro deve ser realizado com o número de CPF do usuário.

Após realizar o cadastro, basta dar início à solicitação do Certificado de Direito a Assistência Médica. Para isso, você deve, primeiro, identificar o destino. Basta colocar Itália e o processo será direcionado para o país.

solicitação IB2

Informe os dados de identificação, como o nome completo, número de passaporte e data de emissão e validade. Nesse mesmo momento deve anexar a página de identificação do passaporte.

A seguir, informe os dados solicitados, como a data de nascimento, número o RG e anexe o documento de identificação, junto ao CPF. Caso tenha o número do CPF no RG, basta inserir apenas um dos documentos.

O próximo passo é indicar os dados de contato, como endereço no Brasil e contatos telefônicos. Nesse momento deve ser anexado o comprovante de residência.

No caso da solicitação do CDAM para a Itália, deve ser informado e comprovado o vínculo previdenciário. O solicitante deve escolher entre as opções disponíveis.

Caso seja necessário incluir alguma informação adicional, basta indica-la na área especial.

Também é possível realizar a solicitação para dependentes no mesmo pedido. Caso não haja dependentes, basta indicar não e seguir para o próximo passo, no qual será possível verificar todas as informações. Tudo correto, basta confirmar o pedido e acompanhar no site a solicitação.

IB2 substitui o seguro viagem Itália?

Não. Apesar de ser aceito como comprovante de assistência médica, o IB2 não substitui um seguro viagem Itália. Isso porque, ele apenas permite acesso ao sistema de saúde, não tendo nenhuma outra assistência associada.

Seja o direcionamento do viajante para atendimento médico, assistência em caso de problemas relacionado a viagem ou aos documentos, entre outras questões, o IB2 não tem função. Assim, se houve o extravio de bagagem ou atraso de voo, o viajante só pode recorrer à companhia aérea, uma vez que não há cobertura do seguro.

Diferença entre IB2 e seguro viagem

São muitas as diferenças entre o IB2 e o seguro viagem, a seguir listamos as principais:

IB2 Seguro viagem
Custo Gratuito Varia de acordo com a seguradora, tempo da viagem e cobertura do plano
Abrangência Apenas na Itália Para múltiplos países, depende da modalidade de compra, geralmente atende o Tratado Schengen
Validade 1 ano, ou até a validade do passaporte se for inferior Pelo período contratado, que pode ser de 1 a 365 dias
Local de atendimento Rede pública de saúde Rede privada de saúde
Outras coberturas Não Cobre despesas com medicamentos, odontológicas e, em alguns casos, de fisioterapia

Quanto custa o IB2

A emissão do IB2 não tem custo, o documento é emitido no site do governo de forma totalmente gratuita. Dessa forma, basta acessar o site e realizar o procedimento para a solicitação, sem a incidência de nenhuma taxa.

Porém, há um custo indireto: o apostilamento.

Mas precisa apostilar

Para ter validade na Itália, o IB2 precisa ser reconhecido no Brasil, dessa forma, a Apostila de Haia deve ser realizada. O valor do apostilamento varia de acordo com o estado, sendo em alguns acima dos 100 reais. Entre os valores mais baixos e mais elevados estão:

Estado Preço
São Paulo R$ 117,95
Minas Gerais R$ 117,25
Maranhão R$ 91,80
Goiás R$ 45,67
Santa Catarina R$ 42,80
Rondônia R$ 37,63

Como usar o IB2 na Itália?

Para usar o IB2 na Itália é preciso primeiro se cadastrar na Azienda Sanitaria Locale (ASL). Para isso, você deve ir munido do passaporte e o IB2 até a ASL do bairro no qual reside. O documento será autenticado e o solicitante recebe uma carteirinha de saúde que permite marcar consultas, fazer exames e ter acesso a toda a rede de atendimento médico público no país.

Atendimento não é gratuito

Atenção, esse é um ponto que gera confusão entre os usuários que não estão acostumados ao sistema de saúde na Itália. Apesar de público para ter acesso à saúde é preciso pagar as taxas moderadoras, elas são as mesmas aplicadas aos cidadãos italianos. Assim, caso precise realizar uma consulta o valor a ser pago será o mesmo que o pago por um cidadão nacional.

O IB2 garante as mesmas condições de acesso para os brasileiros na Itália que apresentem o documento, assim, as taxas, condições de atendimento, procedimentos para marcação de consultas serão exatamente os mesmo pelos quais os italianos passam.

Conheça os países que não tem sistema público de saúde.

Validade do IB2

A validade padrão do IB2 é de um ano, assim, a partir da data de emissão ele pode ser usado ao longo dos 365 dias seguintes.

Mas é preciso se atentar a validade do passaporte na hora da solicitação. Isso porque, caso a validade do passaporte seja inferior a um ano, o IB2 terá a validade do passaporte. Assim, antes de solicitar o documento verifique a validade e, se for o caso, renove o passaporte antes de fazer a solicitação.

Dá para renovar?

Sim. O procedimento de renovação pode ser realizado online pelo próprio usuário quando necessário. O processo é igual ao realizado na primeira solicitação. Bata seguir o passo a passo para emiti-lo novamente.

Recomendação Seguro Viagem Pro

Existem diferentes situações que tornam o IB2 recomendável ou não. Por isso, apresentamos a recomendação para as situações mais comuns.

Para viagens a passeio na Itália

Em viagens a passeio, o IB2 não é a proteção mais recomendada. Isso porque além de não prestar toda a assistência que um viajante precisa, como as coberturas de traslados e repatriamentos, o acordo não cobre imprevistos de viagem.

Além disso, o viajante precisa se dirigir a Azienda Sanitaria Locale para se registrar e, enquanto turista, a verdade é que não há muito tempo a perder com esses processos. Por não ser tão simples a utilização do documento e pelas limitações do acordo, o mais recomendado para os viajantes é contratar o seguro viagem.

IB2 ou seguro viagem para Itália

Quem tem passaporte europeu precisa de seguro viagem? Entenda.

Para intercâmbio

Se você está se deslocando para a Itália para realizar um período de intercâmbio, o ideal é contar com as duas proteções. Isso porque, apesar de prestar o atendimento médico necessário, ainda existem alguns itens que o IB2 não cobre, sejam eles relacionados a viagem ou aos traslados.

Outro ponto que pesa no intercâmbio são as viagens para fora da Itália. Uma vez que o IB2 só tem validade no país, o intercambista sem o seguro viagem ficará desprotegido em viagens por outros países. Assim, vale a pena contratar um seguro viagem, mesmo que seja com uma cobertura mínima de despesas médicas e hospitalares, mas que ofereça a cobertura dos demais itens essenciais.

Saiba como funciona o seguro viagem para estudantes na Europa.

Para longas estadias

Se a viagem para a Itália vai ser prolongado ou se o objetivo é morar no país, então o IB2 é o mais recomendado. Mas nem assim indicamos abrir mão completamente do seguro viagem.

A recomendação nesses casos é contratar um seguro com duração de pelo menos um mês, assim, ele cobrirá possíveis imprevistos durantes a viagem, como extravio de mala e outras questões semelhantes. Também poderá ser usado em caso de emergência médica até se cadastrar na Azienda Sanitaria Locale.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Vale a pena solicitar o IB2 CDAM?

Sim. Vale muito a pena solicitar o IB2, especialmente nas situações indicadas acima. O documento garante o acesso ao sistema de saúde italiano e é indispensável para quem vai passar períodos prolongados no país.

Além disso, o processo de solicitação é simples e rápido, basta acessar o site e com os documentos digitalizados realizar o pedido. O único custo associado é o apostilamento, mas ainda assim vale a pena.

Porém, se você vai para a Itália a turismo, essa pode não ser a melhor solução, afinal, durante as férias ninguém quer perder tempo na tentativa de entender para qual hospital se direcionar, como funciona o atendimento público, assim como gastar alguns euros, mesmo que poucos para ser atendido.

Quanto custa um seguro viagem?

O seguro viagem para a Itália custa pouco, a partir de R$ 12,15 por dia de viagem. A verdade é que existem planos para todos os públicos e perfis de viajantes, assim como planos mais baratos e outros mais caros.

Para apresentar os valores dos planos, realizamos uma cotação no comparador do Seguro Viagem Pro para uma viagem de 10 dias com destino a Itália. A cotação foi realizada no dia 3 de dezembro de 2020, destacamos quatro planos, sendo dois mais básicos e dois mais completos.

Cobertura AC 35 Europa Affinity 60 Europa TA 100 Mundo Intermac 150 Ouro
Despesas Médicas e Hospitalares (DMH) EUR 35 mil USD 60 mil USD 100 mil USD 150 mil
Cobertura odontológica EUR 500 USD 800 USD 500 USD 1 mil
Cobertura farmacêutica EUR 500 USD 800 USD 500 USD 1 mil
Regresso sanitário EUR 30 mil USD 50 mil USD 50 mil USD 60 mil
Gastos por atraso de voo EUR 100 (6 horas) USD 300 (12 horas) Não USD 350 (12 horas)
Seguro bagagem extraviada EUR 1.200 (complementar) USD 1.200 (suplementar) USD 1.200 (complementar) USD 1 mil (suplementar)
Valor R$ 170,28 R$ 174,49 R$ 228,65 R$ 281,19

Como é possível observar, com cerca de R$ 200 é possível garantir uma boa proteção para o período da viagem. Assim, vale a pena contratar a proteção, especialmente considerando os custos do apostilamento e do atendimento médico na Itália.

Ganhe desconto no seguro viagem Itália

Convencido da importância do seguro viagem Itália como complemento ao IB2 CDAM? Então antes de contratar temos um incentivo extra para a compra: desconto. Ao contratar o seguro viagem pelo nosso comparador ou pelo Seguros Promo, você pode ganhar até 10% de desconto. Para isso, insira o cupom SVP5 e na hora ganhe 5% de desconto. Para dobrar a redução é só escolher o boleto bancário como forma de pagamento. Aproveite e viaje tranquilo!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Carolina Sanches

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor; a qualidade de vida. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto e graduada em Jornalismo pela Puc-Minas, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos. Visite o perfil da Carolina no Linkedin.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo