Ásia

Seguro viagem Japão: saiba como contratar a cobertura ideal

O Japão deve ser um dos principais destinos turísticos dos próximos anos, a estimativa é receber cerca de 20 milhões de pessoas em 2020, durante as Olimpíadas de Tóquio. Se você planeja participar deste evento incrível ou deseja conhecer este país fascinante em outro momento, o seguro viagem Japão não pode faltar no seu planejamento.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Neste artigo, detalhamos tudo o que você precisa saber sobre o seguro viagem Japão, se ele é obrigatório, por quê é necessário, quanto custa e nossas dicas para comprar com desconto. Não perca!

O seguro viagem Japão é obrigatório?

O visto para entrar no país é obrigatório para os brasileiros, mas o seguro viagem Japão não é exigido. Contudo, isso não significa que a proteção possa ser dispensada.

Veja bem, basta imaginar que você estará a mais de 17 mil quilômetros de distância do Brasil, provavelmente não fala o idioma local e em caso de algum problema um auxílio especializado será mito bem-vindo. Por isso, quem contrata um seguro viagem Japão pode viajar com maior tranquilidade e aproveitar tudo o que o país tem a oferecer de melhor. Também fizemos um artigo detalhando quais os documentos necessários para viajar.

Se sua viagem inclui outros países, aproveite e veja o artigo sobre seguro viagem Europa e Ásia.

Qual a cobertura recomendada no seguro viagem Japão?

O Japão não é dos países mais baratos, então procure entre os seguros que ofereçam uma cobertura de despesas médicas e hospitalares a partir de 60 mil dólares. Outro serviço bastante necessário, infelizmente, é a repatriação funerária, que garante o transporte em caso de falecimento do viajante. É uma distância enorme e uma garantia importante.

Não deixe de conferir se a apólice inclui os itens essenciais a seguir e, ainda, qual o valor de reembolso para cada um.

  • Assistência médica, hospitalar e odontológica emergencial;
  • Auxílio farmácia;
  • Traslado médico;
  • Repatriação funerária;
  • Extensão de hospedagem pós-internação;
  • Seguro bagagem;
  • Cancelamento de viagem.

Vale destacar, entretanto, que o melhor seguro viagem para o Japão é o que se adequa ao seu perfil e à sua viagem. Por isso, procure contratar o serviço com a maior cobertura que cabe no seu orçamento com seguradoras sólidas no mercado.

Razões importantes para contratar o seguro viagem Japão

Nunca é demais insistir: apesar de não ser obrigatório, contratar um seguro viagem Japão é essencial para garantir uma viagem sem dor de cabeça, sem despesas extras inesperadas nem a incerteza de não ter a quem recorrer. Veja boas razões para garantir o seguro viagem Japão.

Assistência médica e hospitalar

Os hospitais japoneses são de qualidade e com uma infraestrutura moderna, como era de se esperar. Entretanto, os serviços não são gratuitos para os estrangeiros. Mais um motivo para contratar o seguro viagem Japão e evitar desembolsar um altíssimo valor – ou contrair uma dívida impagável – em contas hospitalares. Descubra como funciona na prática a assistência médica viagem.

Proteção nos seus passeios

Uma vez que você viajou para tão longe, é preciso aproveitar tudo o que Japão oferece. O Japão é uma ilha, portanto é rodeado de belas praias. Algumas das mais paradisíacas, com águas cristalinas, ficam na ilha de Miyakojima, como Onna, Okinawa e Miyako-jima. Elas são um convite permanente para praticar mergulho, ver de pertinho os corais e os peixes. Além disso, é possível curtir passeios de barco pelas ilhas de areia branca.

Para curtir tudo isso, o seguro viagem Japão garante proteções diante de qualquer emergência ou acidente, dentro dos limites de reembolso do seguro viagem. É o caso de quem sofre uma pequena torção, queda ou até um mal-estar mais grave. Se você pretende incluir aventura, pode valer a pena cotar um seguro viagem para esportes radicais.

Suporte em caso de perda de documentos

Ninguém está livre de perder a carteira, bolsa ou mochila com documentos importantes, incluindo passaporte com o visto japonês e o cartão de crédito. Em um país não tão conhecido, uma assistência especializada faz a maior diferença, esclarecendo todos os procedimentos.

Extravio e atraso de bagagem

Não existem voos diretos entre o Brasil e o Japão, então podem acontecer contratempos envolvendo a bagagem. Desde um simples atraso de mala, até extravio definitivo da bagagem. Passar por uma situação destas sem assistência ou indenização é bastante complicado. Nesses casos, o seguro viagem Japão pode ajudar – e muito -, atuando diretamente com a companhia aérea na localização e solução do caso.

Viajantes que não devem dispensar o seguro

Além dos motivos citados, existem outras questões que podem influenciar na necessidade do seguro viagem. O perfil do viajante é um deles, especialmente pessoas com mais probabilidade de precisar de cuidados extras na hora de cotar o seguro viagem Japão. Entre esses viajantes estão as pessoas com doenças preexistentes, gestantes, idosos. Nesses casos, o seguro viagem deve ser contratado para evitar qualquer problema.

Como funciona a saúde pública para turistas?

No Japão, os hospitais aceitam turistas em situações de emergência e os médicos socorristas costumam falar inglês. Alguns locais ainda oferecem atendimento em português e espanhol – isso mesmo. A rede japonesa é considerada acessível, eficiente e muito bem equipada com tecnologia de última geração, mas o atendimento é garantido apenas aos moradores.

É possível chamar uma ambulância com o telefone 119 e ser atendido, mas sem escolher a qual hospital será encaminhado. Os médicos decidem todo o processo, dependendo da situação do paciente – que nem sempre estará em condições de questionar o procedimento.

Eles orientam que o viajante já pergunte na recepção do hospital uma estimativa dos custos com o atendimento. Outro ponto é que apenas os hospitais maiores aceitam pagamento com cartão de crédito – clínicas geralmente cobram em dinheiro.

Estas e outras dicas são do próprio governo japonês, que preparou um guia oficial sobre como utilizar o sistema de saúde no país.

Quando custa um atendimento médico no Japão?

Os serviços médicos e hospitalares são um pouco mais acessíveis do que em países como Estados Unidos e França. No entanto, não quer dizer que sejam baratos.

No Japão, uma diária em leito hospitalar fica em torno de 2 mil dólares; uma ressonância magnética pode custar 100 dólares e uma cirurgia de apêndice, 3.600 dólares. Uma emergência médica pode sair muito caro para um turista sem seguro viagem. Aqui contamos como acionar seguro viagem, recebendo todas as orientações para não precisar precisar pagar nada a mais.

Seguro viagem para o Japão

Situações mais comuns em que o seguro viagem Japão é acionado

Se você ainda não está convencido da necessidade do seguro viagem para o Japão, listamos algumas situações nas quais é mais comum acionar a proteção.

Intoxicação alimentar

Conhecidíssimo pela culinária tradicional, o Japão atrai ilhoas de visitantes interessados em provar sashimis (peixe cru), sushis (bolinhos preparados com arroz temperado com vinagre, com fatias de peixe cru), sopa de disso (pasta de soja), carnes, lamen (macarrão oriental com bastante caldo) e muito mais. No entanto, os casos de intoxicação alimentar e alergias a frutos do mar estão entre as emergências mais comuns entre viajantes nos países asiáticos.

Houve até o caso de um turista chinês que sofreu com um osso de peixe entalado na garganta e precisou pagar 50 mil ienes (R$1.864) em um hospital universitário.

Problemas com bagagem

Outro caso em que o seguro viagem Japão costuma ser acionado são os atrasos, extravios de mala e bagagem danificada. Conforme já comentamos, não existem voos diretos do Brasil e as companhias podem incluir até duas escalas e trocas de aeronave antes de chegar ao Japão. Nestes procedimentos, há a possibilidade de problemas com sua mala.

Quanto custa o seguro viagem Japão

O valor do seguro viagem Japão é definido por uma série de fatores: duração da viagem, qual a seguradora e a cobertura contratada (quantidade de benefícios e valores de reembolso previstos).

Para te ajudar, selecionamos seguros econômicos e planos mais completos considerando uma viagem de 15 dias por pessoa. Utilizamos o nosso comparador de seguros viagem para encontrar estas opções, então confira.

Planos econômicos

Cobertura TA 40 Especial – Internacional Affinity 60 Mundo (exceto EUA) AC 100 Mundo com Franquia + Telemedicina April 30 Inter Basic
Despesa médica hospitalar total USD 40 mil USD 60 mil USD 100 mil USD 30 mil
Cobertura odontológica USD 300 USD 800 USD 700 USD 30 mil
Cobertura farmacêutica (por reembolso USD 400 USD 800 USD 1 mil USD 1 mil
Traslado de corpo USD 20 mil USD 50 mil USD 40 mil USD 50 mil
Gastos por atraso do voo USD 300 por 6 horas USD 300 por 6 horas
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 Complementar USD 1.200 Complementar USD 1.200 Complementar USD 1 mil
Valor R$145,65 R$166,50 R$215,40 R$244,20

Planos completos

Cobertura Intermac 150 Ouro GTA 130 Global AC 250 + Telemedicina AT 100 Inter
Despesa médica hospitalar total USD 150 mil USD 130 mil USD 250 mil USD 100 mil
Cobertura odontológica USD 1.200 USD 800 USD 700 USD 800
Cobertura farmacêutica (por reembolso USD 3 mil USD 800 USD 1 mil USD 800
Traslado de corpo USD40 mil Sim USD 15 mil USD 20 mil
Gastos por atraso do voo USD 350 por 12 horas USD 600 USD 100 por 6 horas USD 200
Seguro de bagagem extraviada USD1 mil Suplementar USD 1.200 Complementar USD 1.200 Suplementar USD 1.500 Complementar
Valor R$355,80 R$382,50 R$422,70 R$711,45

*Valores pesquisados em Novembro de 2019.

Portanto, você viu que os planos com cobertura básica terão um custo menor, ideal para quem deseja economizar na viagem à Ásia. Mas é importante ficar atento ao valor e aos itens cobertos e se certificar de que é suficiente para você.

Por sua vez, os planos com cobertura especial são um pouco mais caros, no entanto, a proteção é bem mais completa. Idosos, gestantes ou pessoas com alguma necessidade especial devem optar por esse tipo de seguro. Descubra aqui o seguro viagem ideal para cada perfil.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Das opções de seguro viagem Japão que encontramos, indicamos o AC 100 Mundo + Telemedicina da Assist Card (econômico) e o Intermac 150 Ouro (completo). Fique atento que, quando fazemos a cotação de um seguro para a Ásia, os sites podem oferecer opções com baixos valores de reembolso, em alguns casos de apenas 15 mil dólares de despesas médicas. Nossa indicação é investir em uma proteção maior.

Outra recomendação é utilizar o nosso comparador de seguros viagem. Ele é uma ferramenta que agiliza muito a busca de opções personalizadas, indicando os planos com melhor custo-benefício logo no topo da lista. Ele oferece máxima segurança no processo de compra e diversas opões de pagamento. Este é o método que mais utilizamos nas inúmeras pesquisas diárias realizadas por nossa Equipe.

Ganhe desconto no seguro viagem Japão

É simples: pesquise Internacional ou Ásia na hora de cotar o seu seguro viagem Japão. Quem utiliza o nosso comparador de seguros viagem ou o nosso parceiro Seguros Promo, ainda pode ganhar até 10% de desconto.

Selecione como opção de pagamento o boleto bancário (que dá 5% de desconto) e digite o cupom de desconto SVP5 (que concede mais 5% de desconto). Como os descontos são cumulativos, você ainda consegue baixar em até 10% o preço do seu seguro viagem Japão. Aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Andrea Côrtes

Andrea é jornalista que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Já se aventurou pelo Brasil, Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e trabalha em tempo integral com produção de conteúdo sobre morar na Europa, seguros de viagem e dicas de turismo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo