EuropaSeguro Viagem

Seguro viagem Hungria: saiba como escolher o plano ideal

A Hungria é um caldeirão de influências: celtas, romanos, hunos, otomanos e vários outros povos já passaram por lá. Para quem quiser conferir de perto o caldo bom que essa mistura deu e ainda conhecer as belezas naturais deste país do leste europeu, deve saber que o seguro viagem Hungria é indispensável. Vamos te explicar por quê.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

É obrigatório seguro viagem Hungria?

Sim. Ele é indispensável. A primeira razão é que ele é realmente obrigatório.

Mas existem outros pontos que reforçam esta importância. A seguir damos todos os motivos para contratá-lo antes de embarcar para a Hungria logo abaixo.

A Hungria faz parte do Tratado de Schengen

A Hungria faz parte do Tratado de Schengen, um acordo de livre circulação de pessoas entre países europeus. Ele determina, entre outras coisas, que o turista sempre tenha um seguro viagem com cobertura para despesas médicas hospitalares de pelo menos 30 mil euros para visitá-lo.

A apólice que comprova seu seguro viagem pode ser solicitada junto à imigração. Caso você não a possua, pode ter que cancelar a sua viagem e retornar ao Brasil.

Algumas vezes, os fiscais não solicitam o documento. Mas nossa recomendação é nunca arriscar e contratar o seguro viagem Europa, afinal se você chegou até a Hungria, podemos supor que houve um investimento de dinheiro com o planejamento da viagem – e o preço da proteção é bem acessível, como mostraremos mais adiante, então, é o tipo de precaução que vale o custo.

No total, 26 países fazem parte do Espaço de Schengen (em ordem alfabética): Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça. Se o seu roteiro inclui algumas dessas paradas além da Hungria, saiba que o seguro também será exigido nestes países.

Não existe saúde gratuita na Hungria

Na Hungria, todos, sejam residentes no país ou turistas, precisam pagar pelo atendimento médico. Portanto, se você não quiser ter surpresas desagradáveis com o valor da conta de um possível atendimento médico, é bom apostar na garantia do seguro.

Nos hospitais públicos, os valores praticados são mais baixos, mas a qualidade dos médicos e de equipamentos e instalações deixa a desejar. Isto acontece porque, diferentemente da maioria dos países europeus, os investimentos em saúde pública são baixos. Nos hospitais privados, o atendimento é mais caro, mas as condições são melhores.

No portal do Itamaraty, encontramos a seguinte avaliação: “A assistência médica na Hungria é adequada. Os médicos são de boa formação e alguns falam inglês. No entanto, o padrão das instalações e do atendimento dos hospitais e clínicas húngaras não são comparáveis aos dos grandes hospitais particulares do Brasil e das principais cidades da Europa e da América do Norte”.

Pagamento de atendimento é feito em dinheiro

Na Hungria, geralmente o pagamento de consultas e exames é feito em dinheiro. Isto quer dizer que pode ser que você precise utilizar seu plano de seguro viagem por reembolso – isto é, você paga pelo atendimento e, depois, solicita o ressarcimento dos valores à seguradora.

Mas também pode entrar em contato com a seguradora no caso de qualquer eventualidade e solicitar a indicação específica de um local em que o atendimento não seja por reembolso, mas em hospital conveniado.

Espere pagar ao menos 120 euros (cerca de R$ 450) em uma consulta, como indicado no site do Hospital Medicover.

Dificuldade do idioma

Na Hungria, o idioma pode ser uma dificuldade. O idioma oficial é o húngaro e é mais fácil encontrar pessoas que falam alemão do que inglês.

Contando com a assistência do seguro viagem em português, pode ser mais fácil solucionar burocracias e saber para onde se dirigir em casos de emergência médica.

Outros benefícios do seguro viagem

Além de garantir o atendimento médico, o seguro viagem também oferece outros benefícios interessantes, como seguro para bagagem extraviada, auxílio em caso de perda de documentos ou cartão, assistência jurídica e diversos outros serviços para facilitar a solução de eventualidades a que todo turista está sujeito.

seguro viagem Hungria paisagem

Vai estender a viagem por outros países europeus? Confira também como funciona o seguro viagem Bélgica e o seguro viagem para o leste.

Seguro viagem é uma segurança que vale o investimento

Como mostraremos mais adiante, o seguro viagem é o tipo de precaução que vale o quanto custa. E só na hora da emergência (que ninguém deseja passar) é que você realmente enxerga a vantagem em tê-lo contratado.

Se estiver ainda em dúvida sobre a real necessidade do seguro viagem, lembre-se que todos estamos sujeitos a uma dor de barriga, uma indisposição, uma baixa de imunidade, uma torção no pé. Passar por isso em um país distante e com idioma e cultura tão distintos pode ser bem difícil.

Qual a cobertura exigida para o seguro viagem Hungria?

Como a Hungria faz parte do Tratado de Schengen, é obrigatório que você tenha, pelo menos, uma cobertura para despesas médica hospitalares de 30 mil euros (ou o equivalente em dólares).

No entanto, para públicos específicos como idosos, gestantes, portadores de doenças pré-existentes e praticantes de esportes radicais, é recomendável que adquiram um plano com, pelo menos, 60 mil de cobertura médica. Isso porque são grupos que podem demandar maiores cuidados – como estamos falando de seguro, quanto maior o risco, sempre maior deve ser a cobertura.

Seguro viagem do cartão de crédito vale a pena?

Se você possui bandeiras de cartão de crédito Visa, Mastercard ou American Express premium, você pode contar com essa vantagem. No entanto, lembramos que os planos só são oferecidos para os cartões com anuidade mais alta e são limitantes – você não consegue escolher um plano que se encaixe ao seu perfil de viajante e necessidade de cobertura. Os cartões oferecem um mesmo pacote de coberturas para todos.

Quanto custa o seguro viagem Hungria?

Para responder a esta pergunta, nós simulamos uma viagem de 10 dias para a Hungria no comparador do Seguro Viagem Pro. A pesquisa foi feita dia 11 de janeiro de 2020.

Planos mais econômicos

Definimos como planos mais econômicos os que oferecem a cobertura mínima exigida para o destino, ou seja, 30 mil euros ou valor similar. Confira:

Planos April 30 Europa Basic AssistMed Euro 30 AC 35 Europa + Telemedicina TA 40 Especial – Internacional
Despesa médica hospitalar (DMH) EUR 30 mil EUR 30 mil EUR 35 mil USD 40 mil
Cobertura para a prática de esporte EUR 30 mil EUR 3 mil EUR 30 mil Dentro DMH – consultar
Cobertura médica para gestante EUR 30 mil EUR 30 mil até 32 semanas e 40 anos EUR 30 mil até 28 semanas Dentro DMH até 34 semanas e 40 anos
Cobertura odontológica EUR 30 mil EUR 700 EUR 500 USD 300
Cobertura farmacêutica (por reembolso) EUR 1 mil EUR 700 EUR 500 USD 400
Regresso sanitário EUR 50 mil EUR 30 mil EUR 30 mil USD 20 mil
Seguro de bagagem extraviada EUR 1 mil USD 1,2 mil EUR 1,2 mil USD 1,2 mil
Valor R$164,60 R$159,40 R$115,60 R$97,30

Planos mais completos

Definimos como planos mais completos os que oferecem cobertura mais ampla, com valores maiores. Assim como alguns itens extras de cobertura que não estão presentes nos planos mais básicos.

Planos TA 100 Intermac 150 Ouro AC 150 + Telemedicina Affinity 150 Mundo (exceto EUA)
Despesa médica hospitalar (DMH) USD 100 mil USD 150 mil USD 150 mil USD 150 mil
Cobertura para a prática de esporte Não Dentro DMH USD 30 mil USD 10 mil
Cobertura médica para gestante Não USD 10 mil até 32 semanas e 45 anos USD 30 mil até 28 semanas Não
Cobertura odontológica USD 500 USD 1,2 mil USD 700 USD 850
Cobertura farmacêutica (por reembolso) USD 500 USD 3 mil USD 1 mil USD 850
Regresso sanitário USD 30 mil USD 40 mil USD 60 mil USD 50 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1,2 mil USD 1 mil EUR 1,2 mil USD 1,2 mil
Valor R$243,40 R$237,70 R$222 R$180,36
Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Para escolher o melhor plano para o seu perfil, você deve avaliar os itens mais necessários para sua viagem de acordo com os itens de maior necessidade. Por exemplo, se você for gestante, deve excluir de cara os planos que não atendem a este público.

Se for praticante de esportes de aventura, deve prestar atenção se a cobertura é oferecida. Além disso, se o plano oferece uma boa quantia para pagamento a possíveis atendimentos médicos decorrentes de acidentes durante o esporte. Se você se acidentar ou passar mal praticando montanhismo na Hungria, por exemplo, o plano cobrirá os gastos médicos até o limite oferecido pela cobertura para a prática de esportes (e não o valor total de DMH).

Mas em uma avaliação geral entre os planos aqui apresentados, podemos afirmar que, entre os mais econômicos, uma boa opção para o público em geral é o TA 40 Especial – Internacional, que tem cobertura até maior do que a exigida pelo acordo Schengen, tem o preço mais atraente e é oferecido por uma empresa confiável – a Travel Ace Assistance, sexto lugar entre as 10 melhores seguradoras eleitas pelo nosso portal.

Já entre os mais completos, recomendamos o AC 150 + Telemedicina, que além de atender a todo perfil de viajante, é oferecido pela segunda melhor seguradora em nosso ranking das 10 mais, a Assist Card.

Ganhe desconto no seguro viagem Hungria

Quer ver mais opções de seguro viagem Hungria? Vá ao comparador do Seguro Viagem Pro, uma parceria com o Seguros Promo. Lá, você encontra uma boa variedade de seguradoras e planos confiáveis, pode comparar o que cada um oferece e comprar online mesmo.

Você ainda pode ganhar 10% de desconto se utilizar o cupom SVP5 na hora do pagamento ele dá 5% de desconto e escolher a opção de pagamento via boleto bancário você ganha mais 5%. Aproveite e boa viagem!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo