CoberturasSeguro Viagem

Seguro viagem receptivo: como funciona a proteção para estrangeiros

Quando um brasileiro vai viajar para o exterior, sobretudo para países da Europa, é obrigatório contratar um seguro viagem. Tanto para garantir a própria proteção quanto para não sobrecarregar o sistema de saúde daquele país. O mesmo acontece com os estrangeiros que visitam nosso país, que devem contratar o chamado seguro viagem receptivo.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para a sua viagem. Encontre o melhor preço.

Também chamada de Incoming Insurance, esta modalidade de seguro não é muito conhecida do público em geral. Por isso, fizemos um artigo completo para que você entenda como ele funciona, qual a cobertura oferecida, quanto custa e se ele é de fato obrigatório.

Vale a pena ler e repassar as informações para seus amigos ou familiares estrangeiros que pretendem visitar o Brasil!

O que é o seguro viagem receptivo?

É uma modalidade de seguro que atende aos estrangeiros residentes de outros países que vêm ao Brasil a turismo. Da mesma forma que um brasileiro contrata o seguro para garantir seu atendimento médico e outras despesas quando está fora de seu país, o seguro viagem receptivo oferece esta proteção aos viajantes de outros países.

Entretanto, vale destacar que o receptivo é diferente do seguro viagem Brasil, o último se destina a brasileiros que viajam pelo país, sendo conhecido também como seguro viagem nacional.

Como funciona o seguro viagem receptivo?

Ao contratar o seguro viagem receptivo, o estrangeiro tem garantido o atendimento médico e odontológico em caso de urgência e emergência enquanto estiver no Brasil. Outra cobertura fundamental é das eventuais despesas relacionadas à repatriação do corpo, que costuma ser um valor altíssimo.

Entre os benefícios mais importantes também estão o seguro bagagem, que oferece assistência e reembolso se as malas forem perdidas, chegarem atrasadas ou danificadas – dependendo sempre do que cada plano oferece.

O seguro viagem receptivo é obrigatório?

Sim. A exigência entrou em vigor em 2016, após a aprovação do Projeto de Lei 5.542/13 pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados.

Esta medida para os estrangeiros avançou devido ao grande número de turistas que veio ao Brasil entre 2014 e 2016, para participar e assistir a eventos como Copa do Mundo e as Olimpíadas. A ideia é que eles não precisem utilizar o já sobrecarregado Sistema Único de Saúde (SUS).

Quem precisa contratar?

Todos os turistas estrangeiros que venham ao Brasil a passeio devem contratar o seguro viagem receptivo. Assim, em caso de problemas de saúde, eles serão corretamente encaminhados a hospitais e clínicas particulares, que podem oferecer o atendimento necessário para cada caso.

Qual a cobertura obrigatória?

Ela precisa ser de R$90 mil, no mínimo, e garantir o retorno ao país de origem. O valor é suficiente para realizar a repatriação do corpo em caso de falecimento e também o pagamento de despesas médicas e hospitalares de vários níveis de complexidade. Caso a quantia gasta ultrapasse este valor, o turista estrangeiro precisará arcar com o restante do pagamento do próprio bolso.

Se o turista for praticar esportes, estiver gestante, for idoso ou portador de doenças crônicas e preexistentes, é importante fazer um seguro viagem receptivo com valores maiores de reembolso e coberturas específicas para estes perfis. Vale observar, ainda, se o seguro cobre cancelamento de viagem, seguro bagagem, convalescença em hotel por recomendação médica, traslado médico e outros itens.

Aliás, o Ministério da Saúde também recomenda que os turistas internacionais se certifiquem de estarem vacinados antes da chegada ao Brasil, especialmente contra febre amarela.

seguro viagem receptivo estrangeiro

Saiba exatamente como e quando funciona o reembolso seguro viagem.

Importância do seguro para os turistas estrangeiros

Mais que uma exigência, o seguro viagem receptivo deve ser encarado como uma garantia em casos de emergência, dos mais variados. Ainda que o turista possa acessar gratuitamente o SUS se tiver algum problema de saúde, o sistema nem sempre garante o atendimento mais rápido, mais especializado e nas melhores condições.

É nas emergências que o seguro viagem receptivo faz a diferença, uma vez que agiliza o encaminhamento até hospitais e clínicas conveniados com o seguro. Dependendo do plano, pode até mesmo enviar o médico para o hotel.

Atendimento público de saúde

Como no Brasil o acesso à saúde é gratuito e garantido pela Constituição Federal, todos os que estivessem dentro do país poderiam usufruir do serviço do Sistema Único de Saúde, onerando ainda mais os hospitais e os cofres públicos. A medida foi necessária, justamente, para que os brasileiros pudessem continuar acessando o SUS, sem a sobrecarga de estrangeiros que poderiam precisar de assistência médica.

Por isso, fez-se necessária a criação de uma espécie de seguro de viagem, o seguro viagem receptivo, para garantir que os estrangeiros que precisem de ajuda médica possam ser atendidos em hospitais e clínicas conveniadas com o seguro, sem sobrecarregar o SUS.

Além disso, o seguro viagem receptivo tornou-se obrigatório como uma forma de que estrangeiros possam receber ajuda médica especializada, como acontece nos Estados Unidos e na Europa, onde cada pessoa deve pagar por seu médico, caso não tenha plano de saúde.

Descubra como identificar o melhor custo-benefício no seguro viagem.

Como contratar o seguro viagem receptivo?

São poucas as seguradoras brasileiras que oferecem seguro viagem receptivo. A maior parte delas oferece apenas seguros a partir do Brasil. Algumas até permitem que o utilizador cote seguros a partir de outros países, como a Affinity. Entretanto, as coberturas são, muitas vezes, inferiores a R$90 mil. Por isso, é preciso ter cuidado e analisar se seguro oferece o valor obrigatório na cobertura (em reais ou o equivalente em outra moeda).

Para que se tenha uma ideia dos custos, fizemos cotações no Seguros Promo, onde encontramos a proteção da GTA, na Real Seguro Viagem, que oferece a proteção da Travel Ace. E também pesquisamos na World Nomads, que permite realizar a cotação de fora do Brasil.

Os planos a seguir são para uma viagem de 10 dias (1 a 10 de março de 2020) para um turista adulto (menos de 70 anos):

Cobertura Travel Ace Master Receptivo GTA Receptivo 60 Full SP World Nomads Standart
Despesas médicas hospitalares (DMH) USD 40 mil USD 60 mil USD 100 mil
Despesas odontológicas USD 400 USD 800 USD 750
Traslado de corpo USD 30 mil USD 60 mil USD 300 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 USD 1.200 complementar USD 1 mil
Valor R$227,40 R$358,80 USD83,81 (R$362,66)

*Cotação realizada no dia 18 de fevereiro de 2020, às 15h.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem.

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Caso você tenha algum amigo ou familiar com férias marcadas para o Brasil, avise sobre a contratação obrigatória do seguro viagem Receptivo. Mas se você é um viajante brasileiro e vai passear pelo país ou no exterior, pode contratar um seguro viagem convencional – existem muitas opções no mercado!

Entre as opções apresentadas, o melhor custo-benefício é o Travel Ace, que apresenta valores de coberturas suficientes para uma viagem ao Brasil, e um custo atrativo. Mas se você busca um plano completo e com valores mais altos de cobertura, a World Nomads pode ser uma boa opção, pois se destaca pela alta cobertura na maioria dos itens.

E para ajudar você a encontrar o plano de seguro viagem ideal, recomendamos utilizar os comparadores de seguro viagem, mesmo que não existem muitas opções de planos receptivos, eles apresentam preços mais atrativos do que  direto no site da seguradora.

Ficou em dúvida sobre o significado de algum termo? Consulte o nosso dicionário seguro viagem!

Desconto no seguro viagem

Ao adquirir o seu seguro viagem com nosso comparador de seguros ou pelo Seguros Promo, que é nosso parceiro, você pode ganhar até 10% de desconto! Basta pagar com boleto bancário que garante 5% de desconto e depois acrescentar o cupom SVP5, para ganhar mais 5% de redução no valor final. Aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Gabriele Ferreira

Paulista apaixonada pela escrita e pelos arranha-céus.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo