Europa

Seguro viagem Europa: regras para garantir sua viagem

Para alguns dos principais destinos de férias, intercâmbio e trabalho dos brasileiros, é essencial conhecer o seguro viagem Europa: regras. O continente possui 50 países, então é de se esperar que existam diversas exigências a serem respeitadas na entrada de estrangeiros.

COMPARADOR SEGURO VIAGEM

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

O número de brasileiros barrados na entrada de países da União Europeia aumentou 61% entre 2018 e o ano anterior. Um dos motivos é a falta de documentação adequada – na qual está incluído o seguro viagem obrigatório em alguns países.

Neste artigo, você vai entender regras do seguro viagem Europa, como acionar e receber o reembolso. Além disso, você vai ficar sabendo com quanto tempo de antecedência deve contratar seu plano, como utilizar nosso comparador de seguros viagem e outras dicas importantes que já comprovamos na prática.

Seguro viagem Europa regras do Espaço Schengen

O seguro viagem Europa é uma exigência para a entrada nos 26 países integrantes do Tratado de Schengen. É necessário que o plano contratado garanta uma cobertura mínima de 30 mil euros.

O Tratado de Schengen entrou em vigor em 1997. Ele estabeleceu a livre circulação entre os países signatários e também facilitou o trânsito de turistas neste território, que não precisam de visto para turismo com permanência de até 90 dias. Ao mesmo tempo, estabeleceu a obrigatoriedade do seguro viagem Europa com cobertura mínima de 30 mil euros.

O seguro viagem pode ser solicitado pelo agente de imigração no momento de entrar em um desses países. Portanto, se o viajante não tiver este documento, sua entrada na Europa pode ser impedida.

Países que exigem seguro viagem Europa:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Liechtenstein;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Chipre, Romênia e Bulgária estão no processo de entrada no Acordo Schengen. Nesta transição, a recomendação é garantir a tranquilidade e fazer um seguro viagem.

O país que você vai visitar está na lista acima? Então utilize o nosso e o nosso comparador de seguros para escolher o plano mais adequado à sua necessidade. Garantimos o melhor preço aos leitores do Seguro Viagem Pro.

Documentos solicitados a quem chega na Europa

O viajante deve ter em mãos uma documentação para apresentar ao agente de imigração caso solicitado, mesmo sem obrigatoriedade do seguro viagem Europa.

Pode ser que a autoridade não solicite nada e simplesmente carimbe seu passaporte na entrada. Mas sempre indicamos os procedimentos mais seguros para você. Vale organizar em uma pasta:

  • Passaporte com validade superior a 6 meses;
  • Passagem aérea (ida e volta) com permanência máxima de 90 dias;
  • Comprovante de hospedagem (ou carta convite);
  • Comprovante de recursos financeiros suficientes para o período de estada;
  • Indicamos levar o seguro viagem impresso com cobertura mínima de 30 mil euros, mesmo que não seja exigido em seu país de destino. Mais adiante vamos explicar o porquê.

Seguro viagem Europa regras: quando contratar

Boa parte das empresas permite que a contratação seja realizada no dia anterior à data do embarque. Contudo, nem sempre a ativação do seguro viagem acontece de forma imediata após a compra. É neste detalhe em que concentramos nosso ponto de atenção.

Há seguradoras que ativam a proteção ao viajante apenas 48 ou 72 horas depois da confirmação do pagamento. Deste modo, para evitar qualquer contratempo, vale a pena adquirir o seguro viagem Europa pelo menos uma semana antes do início da viagem. Assim, já no momento em que você embarcar no avião, já estará segurado.

Isso é bastante importante, se pensarmos que o seguro viagem não cobre somente imprevistos relacionados à saúde, mas também oferece assistência em casos de cancelamento ou atraso de voo, extravio de bagagem, assistência jurídica, apoio em caso de perda de documentos e outras situações que podem acontecer a partir da chegada ao aeroporto.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

seguro viagem Europa regras França

Imprima e leve o seguro viagem Europa com você

Esta é uma das recomendações mais necessárias para evitar transtornos na imigração. Imprima a apólice e mantenha-a junto com o passaporte e seus outros comprovantes. Eles podem ser solicitados na chegada ao país de destino.

Também é imprescindível manter com você o número da apólice e os telefones de contato do seguro, em todos os trajetos e passeios durante a viagem. São informações exigidas no pedido de atendimento em caso de emergência.

Verifique antes de viajar, ainda, se o seguro viagem aceita ligações a cobrar no país onde você estará.

Como solicitar atendimento ao seguro viagem

As apólices indicam os telefones de contato, formulários online e outros canais de atendimento direto em casos de emergência. As seguradoras sempre solicitam que se entre imediatamente em contato com eles em emergências ou na ocorrência de qualquer sinistro, para receber as orientações sobre onde buscar atendimento e como proceder em seguida. Se quiser mais informações, leia nosso artigo sobre o sinistro no seguro viagem.

O atendimento médico do seguro é gratuito ou eles reembolsam?

Depende do seguro viagem Europa regras e da situação.

  • Há planos que oferecem uma lista com a relação completa da rede de saúde credenciada e que não exige nenhum pagamento para atendimento emergencial durante a viagem. Basta entrar em contato com a seguradora, que trata diretamente com o hospital e realiza a liberação;
  • Também existem empresas que orientam o viajante a buscar o atendimento no hospital mais próximo, ele paga a consulta e depois o seguro reembolsa as despesas realizadas. Este procedimento também é utilizado em casos mais graves, em que o paciente esteve impossibilitado de entrar em contato previamente com a seguradora.

Quando se trata da compra de medicamentos, o procedimento de reembolso é o mais utilizado. Ou seja, primeiro compra-se o medicamento com seu dinheiro e depois a seguradora ressarce o valor dentro do limite estipulado no contrato. Mais um motivo para ler com a atenção e entender todos os termos da apólice de seguro.

Como receber o reembolso

Seja no seguro viagem Europa seja em outras modalidades, o ressarcimento das despesas é realizado mediante a comprovação dos gastos.

É fundamental solicitar o relatório do médico que fez o atendimento, assim como guardar todos os comprovantes e recibos originais. A partir desta documentação, o seguro viagem faz a análise para efetuar o reembolso dentro do limite estabelecido na apólice. O viajante recebe o valor em 30 dias, em média.

Antes de enviar os documentos à seguradora, aconselhamos fazer uma cópia de todos e mantê-las com você até o recebimento da indenização ou reembolso.

Seguro viagem Europa regras: documentos para ressarcir despesas

O viajante precisa preencher o aviso de sinistro, que formaliza a situação. Em seguida, deve enviá-lo pelos Correios à seguradora junto com os seguintes documentos (fique atento às condições gerais da sua seguradora em cada caso). Trazemos dois exemplos:

Atendimento médico e despesas em farmácia
  • RG, CPF e Comprovante de Residência;
  • Relatório do médico responsável pelo atendimento;
  • Prescrição médica;
  • Nota fiscal da compra do medicamento durante a viagem segurada;
  • Autorização para crédito em conta corrente.
Bagagem danificada
  • Cópias autenticadas do RG e CPF;
  • Relatório PIR (Property Irregularity Report), emitido pela companhia responsável;
  • Orçamento original de reparo da mala ou nota fiscal original do reparo de reposição da mala danificada;
  • Autorização para crédito em conta corrente.

Atenção aos valores de reembolso

Uma dica que nem sempre é seguida por todos os viajantes é a leitura atenta da apólice, suas condições gerais e os riscos excluídos.

O principal motivo é conhecer cada item e valor máximo de reembolso a que se tem direito. Saber até quanto irá receber pelas despesas médicas e hospitalares, o limite para a compra de medicamentos, se está disponível e quanto é a indenização em caso de extravio de bagagem.

Fique atento, pois se uma compra de medicamentos custar USD 600 e o seguro só cobrir USD 400, o viajante terá que arcar com a diferença de USD 200.

Razões para fazer um seguro viagem Europa

Você já conhece o seguro viagem Europa regras e viu que não é obrigatório em todos os países do Velho Continente. Nem por isso ele é dispensável, pois pode ser uma ajuda indispensável para solucionar problemas. Veja alguns itens presentes na maioria das apólices:

  • Assistência médica em emergências de saúde;
  • Emergência odontológica;
  • Ressarcimento e auxílio em cancelamento e atraso de viagem;
  • Extravio de bagagem;
  • Perda de documentos;
  • Assistência jurídica.

Isso só para ficar em alguns itens, pois há apólices com mais de 20 benefícios ao viajante. Imagine estar longe de casa, sofrer um acidente e ser atendido em uma emergência como se tivesse um plano de saúde, sem precisar pagar as altas despesas de sistemas de saúde europeus. É uma garantia para quem está longe de casa e não quer dar chance a imprevistos.

Seguro viagem Europa regras: como cotar e ganhar descontos

Para quem deseja economizar na contratação do seguro viagem, indicamos o Portal Seguros Promo, site comparador em que confiamos e recomendamos aos nossos leitores.

Aliás, nossos leitores podem utilizar o cupom de desconto SVP5 para pagar 5% menos no seu seguro. Basta aplicá-lo na etapa de pagamento e receber o desconto direto. O cupom SVP5 vale no nosso comparador de seguros e também no portal Seguros Promo.

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo