Europa

Seguro Schengen: o seguro viagem obrigatório para países europeus

Se você vai viajar pela Europa e visitar um ou mais países que fazem parte do Tratado de Schengen, irá precisar contratar um seguro viagem com cobertura mínima específica. Entenda no artigo o que é o Seguro Schengen, por que ele é obrigatório, em que países ele vigora e como contratar.

COMPARADOR SEGURO VIAGEM

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

O que é o Seguro Schengen?

O Seguro Schengen é o seguro viagem obrigatório para circular nos países europeus que firmaram o Tratado de Schengen. Apesar de não ter oficialmente esse nome, esse seguro viagem é popularmente chamado dessa maneira pelos viajantes, que precisam obrigatoriamente contratar um seguro que cumpra as exigências específicas para visitar alguns países do velho continente.

Em quais países o Seguro Schengen é obrigatório?

O seguro viagem é obrigatório para 26 países, são eles:

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Liechtenstein, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

O seu país destino está na lista dos países que pertencem ao Espaço Schengen? Então não perca tempo e utilize o nosso comparador de seguro viagem para contratar com o melhor preço.

Países em que Seguro Schengen não é obrigatório

  • Bulgária e Romênia (foram aprovados para entrar no Espaço Schengen em 2018, mas o processo está em curso);
  • Chipre (o trâmite para entrar na Área Schengen foi interrompido por questões internas);
  • Croácia (está na fase final do processo de entrada no Espaço Schengen);
  • Irlanda e Reino Unido (optaram por permanecer fora do tratado);
  • Guernsey, Ilha de Man, Jersey e todos os territórios ultramarinos geograficamente localizados fora da Europa, do Reino Unido;
  • Antilhas Holandesas e Aruba;
  • Heligolândia, da Alemanha;
  • Gronelândia e Ilhas Faroé, da Dinamarca;
  • Livigno, uma comuna da Itália;
  • Monte Athos, da Grécia;
  • Svalbard, da Noruega;
  • Todos os territórios ultramarinos, da França – contudo, a Guiana Francesa, que está na América do Sul, exige o Seguro Schengen.

Como esse Tratado foi firmado e para que ele serve?

O Tratado de Schengen foi firmado entre países europeus em 1985, em uma pequena cidade de Luxemburgo chamada Schengen – por isso recebeu este nome. Esta convenção visa a abertura de fronteiras e a livre circulação de pessoas, incluindo residentes e turistas. Com o intuito de facilitar o fluxo dos viajantes e ao mesmo tempo controlar a imigração, os países signatários estipularam a obrigatoriedade do seguro viagem.

Desta forma, todo visitante deve apresentar um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros, que garanta a assistência médica por doença ou acidente durante a estadia no território. Mais abaixo, detalhamos as exigências.

Espaço de Schengen e União Europeia: qual a diferença

Vale destacar que não se deve confundir o Espaço Schengen com a União Europeia, que é um bloco econômico. São acordos distintos e que envolvem diferentes países europeus. Há inclusive países europeus que fazem parte do Espaço Schengen e não pertencem à União Europeia, como a Islândia, a Noruega, a Suíça e, eventualmente, o Reino Unido – que se encontra no processo de saída chamado Brexit.

seguro schengen

O que o Seguro Schengen exige?

  • Cobertura das despesas médicas hospitalares (DMH) em caso de doença ou acidente de no mínimo 30 mil euros. Se o seu seguro estiver em dólares ou reais, o valor convertido precisa ser igual ou superior a 30 mil euros;
  • Repatriação sanitária de emergência ou administrativa com uma cobertura mínima de 30 mil euros;
  • A duração do seguro de viagem deve ser igual ao tempo de permanência no Espaço Schengen.

O Seguro Schengen será solicitado na imigração?

Pode ser exigido ou não, depende das autoridades do país onde você entrar. A alguns viajantes é pedido o comprovante do seguro viagem, outros passam direto.

O que acontece se você não tiver o Seguro Schengen?

Caso a autoridade peça o seu comprovante do Seguro Schengen e você não o tenha, pode ter a sua entrada barrada e ter de voltar para o Brasil. Normalmente, os funcionários de imigração não solicitam o seguro, mas recomendamos não correr o risco. Como você vai ver mais adiante, o custo do Seguro Schengen é muito baixo e não vai impactar no orçamento da viagem.

Se eu for para Portugal e Itália, só o CDAM basta?

O PB4 e o IB2 são Certificados de Direito à Assistência Médica (CDAM), firmados pelo Brasil com Portugal e Itália, respectivamente. Ele garante que seus cidadãos tenham acesso ao serviço público de saúde nestes três países e também em Cabo Verde, onde o PB4 também é válido. Por isso, se a sua visita se limitar a Portugal e Itália (em território europeu), pode utilizar apenas o PB4 (Portugal) ou o IB2 (Itália).

Entretanto, você não poderá visitar nenhum outro país sem o Seguro Schengen e deixa de usufruir dos demais benefícios que um seguro viagem oferece. Em outras palavras, deixa de ter acesso a reembolso de compra de medicamentos, traslado médico, traslado de corpo, indenização por extravio de bagagem, auxílio em caso de perda de documentos e várias outras vantagens. Por isso, a nossa sugestão é que contrate um seguro de viagem privado.

Caso a viagem a Portugal ou Itália seja por um longo período, como um intercâmbio acima de 6 meses, uma boa opção é associar as duas proteções e fazer o CDAM junto com um seguro viagem.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

Neste artigo, esclarecemos se o CDAM substitui seguro viagem.

O seguro do cartão de crédito serve no Espaço Schengen?

Serve se a cobertura do seu seguro viagem cartão de crédito for igual ou superior a 30 mil euros de Despesa Médica Hospitalar.

O Seguro Viagem Visa oferece coberturas a partir de 50 mil dólares, ou seja, superior a 30 mil euros, por isso pode ser utilizado. Já o Seguro Viagem Mastercard possui coberturas a partir de 25 mil dólares, dependendo da bandeira do cartão. Nesses casos, é preciso emitir a Carta Schengen, um documento que eleva a cobertura do seu seguro para 30 mil euros e detalha a cobertura formalmente, o que permite visitar os países europeus.

Basta conferir se o seguro viagem gratuito oferecido pelo seu cartão de crédito possui essa opção ou cobertura suficiente, e ele poderá funcionar como um Seguro Schengen. Vale lembrar que a passagem aérea deve ter sido comprada com o cartão de crédito, para ter direito ao seguro viagem.

Vale a pena usar o seguro do cartão neste caso?

Um ponto positivo é que normalmente o seguro do cartão é gratuito e ainda se estende ao cônjuge e filhos menores de 21 anos. Pode ser uma economia bem interessante.

Por outro lado, não é possível adequar as coberturas às necessidades do viajante. O Seguro Schengen Mastercard, por exemplo, não oferece proteção a gestantes e praticantes de esportes.

Outro ponto é que alguns valores, como de despesas médicas, podem ser considerados insuficientes para algumas pessoas. Ainda há este detalhe: apenas os clientes que pagam altas anuidades terão acesso a estes serviços, como o Seguro Schengen Visa, apenas para cartões Platinum.

Outra desvantagem é a avaliação dos usuários: tanto o seguro viagem Visa quanto o Mastercard é mal avaliado pelos usuários do Portal Reclame Aqui.

Na nossa avaliação, vale a pena utilizar este serviço após ler detalhadamente a apólice e verificar se todos os requisitos atendem ao que você precisa e se não quiser/puder pagar por um seguro privado.

Qual o melhor Seguro Schengen e quanto custa?

O melhor plano será aquele que atende bem à duração da sua viagem e que oferece a cobertura mais adequada para você. Para mostrar quanto custa um seguro viagem Schengen, fizemos a cotação de alguns seguros de viagem para vários perfis, utilizando o nosso comparador de seguros viagem. Todos os seguros foram cotados para 10 dias de viagem (à exceção do seguro para intercâmbio, cotado para 6 meses).

Repare que os itens das tabelas mudam, pois incluímos as coberturas mais importantes para cada perfil de viajante.

Viagem a turismo com plano econômico

Travel Ace – TA 40 Especial – Internacional Assist Card – AC 35 Europa + Telemedicina
Despesa médica hospitalar total USD 40 mil EUR 35 mil
Cobertura farmacêutica por reembolso USD 400 EUR 500
Gastos por atraso de voo EUR 100 (6 horas)
Cancelamento de viagem USD 2 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 complementar USD 1.200 complementar
Valor R$94,80 R$119,70

Viagem a turismo com plano completo

Affinity 60 Intermac 60 Prata
Despesa médica hospitalar total USD 60 mil USD 60 mil
Cobertura odontológica
USD 800 USD 1.200
Cobertura farmacêutica por reembolso USD 800 USD 1.500
Gastos por atraso de voo USD 300 (6 horas) USD 200 (6 horas)
Cancelamento de viagem total ou plus reason USD 1.200 USD 1 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 complementar USD 1 mil suplementar
Valor R$135,00 R$164,90

Para gestantes

April 60 Europa Basic
Despesa médica hospitalar total EUR 60 mil
Cobertura médica para gestante
EUR 60 mil até 45 anos e 32 semanas
Cobertura farmacêutica por reembolso EUR 1 mil
Regresso sanitário EUR 50 mil
Traslado médico EUR 50 mil
Assistência emergencial via aplicativo
Sim
Seguro de bagagem extraviada EUR 1 mil
Valor R$210,10

Confira nosso artigo completo sobre seguro viagem Europa gestante.

Para praticante de esportes amadores

Affinity 60 Esportes GTA Full Sports
Despesa médica hospitalar total USD 60 mil USD 75 mil
Cobertura médica para prática de esportes USD 60 mil USD75 mil
Cobertura farmacêutica por reembolso USD700 USD 800
Fisioterapia USD 500 USD 600
Traslado médico USD 1.200 USD 30 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 complementar USD 1.200 complementar
Valor R$322,32 R$536,30

Para idosos ou com doenças preexistentes

Travel Ace – TA 150 Especial
Despesa médica hospitalar total USD 150 mil
Despesa médica hospitalar (por evento, incluindo crises por doença preexistente) USD 150 mil
Cobertura farmacêutica por reembolso USD 900
Regresso sanitário USD 30 mil
Traslado médico USD 10 mil
Convalescença em Hotel USD 500
Limite de idade De 0 a 120 anos
Valor R$265,60

Estudante em intercâmbio de 6 meses (de 01/10/2019 a 31/03/2020)

Assist Card – AC 35 Long Stay Europa
Despesa médica hospitalar (DMH) total EUR 35 mil
Despesa Médica Complementar EUR 5 mil
Cobertura médica para prática de esportes
Dentro da DMH
Cobertura farmacêutica por reembolso EUR 500
Convalescença em hotel EUR 900 até 10 diárias
Garantia de viagem de regresso EUR 1 mil
Seguro de bagagem extraviada USD 1.200 complementar
Valor R$2.216,13

Como contratar um Seguro Schengen?

Basta buscar um Seguro Viagem Europa utilizando nosso comparador de seguros viagem. Em poucos segundos, ele gera uma lista que oferece apenas seguros com a cobertura mínima exigida para circular no Espaço Schengen. Basta informar que o seu Destino é a Europa, a data de ida e volta da sua viagem e seus dados pessoais, como e-mail e número de telefone.

O Seguros Promo é outra opção que recomendamos, com um excelente método de comparação de seguros e ótima avaliação dos clientes quanto ao atendimento ao consumidor.

Cartão Europeu de Seguro Doença: veja quem tem direito e como solicitá-lo.

Oferecemos desconto

Quer ganhar 10% de desconto no seu seguro viagem? Basta realizar a compra do seu seguro no Portal Seguros Promo no boleto bancário (que te dá 5% de desconto) e ainda utilizar o nosso cupom de desconto SVP5 (que dá mais 5% de desconto). Os descontos são cumulativos – por isso, além de utilizar o portal que já oferece os melhores preços do mercado, você ainda consegue baixar o preço em 10%..

Ana Luiza Fernandes

Ana Luiza Fernandes é jornalista e trabalha com Conteúdo em Marketing Digital em Portugal, onde vive há 5 anos. Apaixonada por viagens, hoje dedica o seu trabalho a dar dicas e orientações a outros viajantes sobre roteiros e seguros de viagens pelo mundo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo