CoberturasSeguro Viagem

Já estou no exterior, posso contratar seguro viagem? Descubra

Sempre recomendamos que você não saia do Brasil sem um bom plano de seguro viagem. Mas vai que você planejou tudo de última hora e esqueceu esse item importante? Acontece. Por isso, fizemos esse artigo para responder a pergunta: já estou no exterior, posso contratar seguro viagem? É possível, mas será preciso seguir alguns passos. Vamos explicar tudo, acompanhe.

COMPARADOR DE SEGURO VIAGEM

Faça agora a cotação e conheça as melhores opções de seguradoras e planos para sua viagem. Em parceria com o Seguros Promo, garantia do melhor preço.

Já estou no exterior, posso contratar seguro viagem?

Sim. Algumas seguradoras permitem a contratação do seguro viagem já estando no exterior.

No entanto, esteja ciente que nem todas as seguradoras têm esta flexibilidade e de que algumas coberturas não serão aplicadas de imediato, só após um período de carência, geralmente de três dias. Por isso, o ideal é contratar o seguro viagem pelo menos 3 dias antes do início do passeio.

Mas, se você já está viajando, vamos apresentar o que é preciso fazer para contratar um seguro viagem.

Onde posso contratar seguro viagem já estando no exterior?

Alguns comparadores possibilitam a contratação do seguro viagem já estando fora do país. Além disso, algumas seguradoras também permitem a compra. A seguir detalhamos melhor essas opções, confira:

Real Seguro Viagem

No comparador da Real Seguro Viagem é possível realizar a compra online. Para isso basta indicar na hora da cotação “Já estou em viagem”. Assim, apenas os planos com possibilidade de contratação em viagem aparecem na cotação.

A seguradora disponibiliza planos da Intermac e Assist Card para quem já está em viagem. Na hora de contratar é preciso declarar que está saudável no momento da contratação.

Os planos têm coberturas bem parecidas com os regulares, porém, alguns não apresentam coberturas como a relacionada às bagagens, assim como voos e interrupção de viagem.

Seguros Promo

No Seguros Promo a contratação não será feita via internet, mas por telefone. Você deve entrar em contato com:

  • Horário: segunda a sábado, das 8h às 20h e, domingos e feriados, das 10h às 16h;
  • Telefones: (31) 4000-1667
  • WhatsApp: (31) 3972-7096;
  • E-mail: [email protected]

A equipe do Seguros Promo é altamente qualificada e, com certeza, vai encontrar uma seguradora e um plano que atendam às suas necessidades.

O Seguros Promo trabalha, por exemplo, com a Intermac, Coris e Affinity, que oferecem a opção da contratação já com a viagem em curso.

Diretamente com as seguradoras

Outra opção é entrar em contato diretamente com as seguradoras. Dessa forma, você será informado imediatamente se o seguro pode ser contratado no exterior, caso positivo, o processo de compra pode ser realizado diretamente com o atendente.

No entanto, é preciso alertar, os valores tendem a ser mais altos.

Como funciona o período de carência?

Muitos pensam “já estou no exterior, posso contratar seguro viagem sem carência”, mas a resposta é não. A carência, aliás, foi a maneira encontrada pelas seguradoras para evitar fraudes de pessoas que só contratam o seguro viagem por conta de um problema ocorrido já durante a viagem.

Em toda contratação de seguro viagem já estando no exterior, você terá um período de carência a ser cumprido: 72 horas ou três dias. Este é o período para que coberturas como despesas médicas hospitalares, atendimento odontológico, fisioterapia, e para prática de esportes, entre outras, comecem a valer.

ja estou no exterior posso contratar seguro viagem mala

Você também deve ter em mente que alguns benefícios, como seguro por extravio de bagagem, atraso de voo e cancelamento de voo não valem para o trajeto de ida ao exterior, que já foi realizado.

Desta maneira, as seguradoras se previnem de fraudes. Alguém que já tenha sofrido o sinistro (extravio de bagagem, por exemplo) pode querer adquirir o plano para garantir a cobertura ao que já ocorreu, o que não é legal.

A contratação do seguro é sempre para cobertura de um risco de algo que possa vir acontecer e não a compensação por algo que já tenha ocorrido.

Quais as desvantagens de contratar o seguro viagem após embarcar?

Apesar de ser possível contratar seguro viagem já estando no exterior, existem algumas desvantagens que precisam ser consideradas em relação a quem adquiriu a apólice antes da viagem:

  • Você reduz a gama de seguradoras das quais pode contratar o seguro, porque nem todas trabalham com esta opção;
  • Terá que fazer a contratação por telefone – com exceção da World Nomads e da Real, a maioria só aceita esta condição via central de atendimento;
  • Você perde alguns benefícios dos seguros de viagem, como seguro para extravio de bagagem, cancelamento de voo e atraso de voo;
  • Precisará cumprir uma carência de 72 horas para começar a utilizar o seguro viagem.

Como escolher um seguro viagem?

Na hora de escolher o seu seguro viagem, você deve ter em mente algumas questões que vamos elencar a seguir, para orientar a sua busca.

  • Alguns países exigem a apresentação da apólice;
  • O custo da saúde no exterior é alto e há países em que mesmo o atendimento público é pago;
  • O custo do seguro viagem é realmente baixo e garante tranquilidade. Há planos por menos de R$ 10 ao dia e, se você fizer a compra pelo comparador da Seguro Viagem Pro, você ainda tem desconto de 10%;
  • Grávidas, terceira idade, crianças ou praticantes de esportes radicais devem ter mais precaução ainda e buscar uma cobertura que se adéque a seu perfil.

O seu destino exige seguro viagem?

Para alguns destinos, ter o seguro viagem deixa de ser apenas uma questão de ser ou não precavido. Há países em que ele é um item tão obrigatório quanto o passaporte e o visto de entrada.

A obrigatoriedade existe, por exemplo, nos 26 países que compõem o Tratado de Schengen, um acordo de livre circulação de pessoas entre países europeus.

São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça. Para estes destinos, é exigido seguro viagem com cobertura de despesas médicas hospitalares de, pelo menos, 30 mil euros.

O seguro viagem também é obrigatório em Cuba (cobertura mínima para atendimento médico de 10 mil pesos cubanos ou dólares), Venezuela (cobertura mínima de 40 mil dólares e seguro bagagem de no mínimo mil dólares), e Equador (não há exigência de cobertura mínima).

Qual deve ser a cobertura do plano?

Outro ponto a ser analisado é o valor da cobertura de despesas médicas hospitalares (conhecido pela sigla DMH). Para a maioria dos países onde o seguro é obrigatório, você já tem um valor mínimo para iniciar sua busca.

Para os demais países, é preciso entender que o valor de DMH se refere ao total de dinheiro que será pago pela seguradora caso você precise ser atendido por médico ou hospital durante a viagem.

Exemplo: se você contratou um plano de 15 mil dólares, a seguradora pagará seu tratamento até este valor. Se o custo final for acima do definido na apólice, você deverá arcar com a diferença. Saiba que quanto maior a cobertura de DMH, maior a sua segurança.

O valor de DMH deve ser condizente com o custo do atendimento médico do país em questão. Os Estados Unidos, por exemplo, não têm obrigatoriedade de DMH, mas têm medicina com valores bastante altos. Para lá, o mínimo de DMH recomendado é de 40 mil dólares.

Faça agora a cotação do Seguro Viagem

Em parceria com o Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro viagem. Cote e encontre as melhores opções de planos e seguradoras para sua viagem.

COTAR AGORA »

Recomendação Seguro Viagem Pro

Por isso, a nossa recomendação é sempre contratar o seguro viagem antes de embarcar, preferencialmente respeitando as 72h de antecedência. Porém, se você se esqueceu e está no início da viagem, então vale sim a pena contratar uma proteção que irá garantir a cobertura nos dias seguintes.

Claro que haverá perdas em relação às coberturas contratadas para quem já está no exterior e contrata o seguro viagem, mas ainda assim, é melhor do que ficar a viagem toda desprotegido e correr o risco de algum imprevisto.

Agora que a dúvida do “já estou no exterior, posso contratar seguro viagem” foi sanada, você pode encontrar boas opções de planos e o melhor custo-benefício nos comparadores recomendados como o Seguros Promo e a Real Seguro Viagem.

Quando contratar o seguro viagem?

Quanto antes você garantir a tranquilidade do seguro viagem, melhor. O ideal é que a compra do plano aconteça em até 72 horas antes do embarque.

Não é o mais indicado, mas é possível contratar planos até mesmo na data de embarque. Você pode fazer isto nos sites das seguradoras e também nos comparadores de seguro viagem – como o comparador do Seguro Viagem Pro.

Porém, novamente, é importante frisar a carência de 72 horas para o plano começar a valer de fato.

Ganhe desconto no seguro viagem

Ao optar por comprar seu seguro viagem no comparador do Seguro Viagem Pro, você ainda pode ganhar 10% de desconto.

Para tanto, adicione o cupom de desconto SVP5 que te dá 5% de desconto. Depois, realize o pagamento por boleto bancário que te dá mais 5% de desconto. Como os descontos são acumulativos, você economiza 10%. Aproveite e boa viagem!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Seguro Viagem Pro.
Compartilhe

Cláudia Zucare

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo