Dicas de Viagem

Vale Nevado no Chile: guia para aproveitar a viagem de forma segura

Um dos programas mais interessantes aqui na América do Sul é conhecer o Vale Nevado no Chile. Este complexo de restaurantes, resorts e centro de ski forma uma verdadeira cidade no topo da montanha. E é um dos locais com melhor infraestrutura para esquiar e aproveitar a neve, seja qual for seu nível nos esportes – iniciante, intermediário ou avançado.

Que tal descobrir este destino nas próximas férias? Preparamos um guia completo que inclui sugestões de lugares e atividades, como se preparar para esta aventura e dicas de seguro viagem para garantir toda a tranquilidade.

Faça uma cotação de Seguro de Viagem. Garantimos o melhor preço

Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o menor preço do mercado em seguro de viagem.

Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para o seu próximo destino.

FAZER COTAÇÃO »

O que podemos encontrar no Vale Nevado Chile?

Este é o maior centro de ski da América do Sul e, ainda por cima, é o mais próximo do Brasil.

Existem duas formas para conhecer este complexo: passar apenas um dia na montanha ou programar uma viagem inteira para o Vale Nevado no Chile, hospedando-se na região.

O complexo atualmente é formado por:

  • 3 hotéis (de três, quatro e cinco estrelas);
  • 6 condomínios residenciais;
  • 10 bares e restaurantes;
  • 15 meios de elevação (como teleféricos);
  • 45 pistas.

Para que se tenha uma ideia, são mais de 900 hectares de áreas esquiáveis. Além de ski e snowboard, os fãs de esportes de inverno também poderão praticar snowshoeing (caminhada na neve com raquetes) e heliski (quando um helicóptero leva até o alto da pista).

Para quem quer aprender a esquiar, vale procurar a Escola de Ski e Snowboard de lá. Até crianças podem ter aulas.

Confira mais informações sobre o melhor seguro viagem para ski.

Quanto custa o ingresso?

Para entrar, não é cobrado ingresso, mas apenas o que for consumido, como por exemplo as atividades de ski, os passeios, transporte, alimentação e, se for o caso, hospedagem.

As diárias nos resorts costumam incluir café da manhã, jantar, passe ilimitado para as pistas de ski e de snowboard, além de acesso livre ao teleférico, ao centro fitness, sauna, piscina aquecida e outras comodidades. As reservas podem ser feitas no site oficial do Vale Nevado, em português.

Quem fica nos apartamentos dos edifícios residenciais precisa adquirir os passes para utilizar as pistas e providenciar à parte a alimentação.

Como chegar até o Vale Nevado Chile

Existem voos diretos diários que conectam Rio de Janeiro e São Paulo a Santiago. Da capital do Chile até o Vale Nevado, são apenas 90 minutos (ou 60 quilômetros de distância), aproximadamente.

Ainda que a estrada tenha sido remodelada há poucos anos, a recomendação é contratar um transfer que faça o trajeto entre o aeroporto e o Vale Nevado. De acordo com os visitantes, o caminho tem curvas extremamente sinuosas e cobertas de neve. A última meia hora de subida é emoção garantida.

O aplicativo oficial do Vale Nevado tem várias informações e está disponível para Android. Nele, o viajante encontra em tempo real as condições das pistas, o clima e mapas da região.

placa vale nevado chile

Qual o melhor período para conhecer a região?

O inverno no Vale Nevado é dividido em três períodos, Regular, Holiday e Value. Em cada um deles, há regras específicas quanto à permanência mínima de hospedagem. Ela pode variar entre 3, 4 ou 7 noites, de acordo com o período escolhido. O site oficial do Vale Nevado é bem completo e tem muitas informações úteis.

A temporada de neve, em geral, vai de junho a setembro. Mas não se preocupe, pois o Vale Nevado no Chile possui um sistema de fabricação de neve. Isto é, não deve faltar o principal elemento da viagem. Entretanto, se ainda houver algum contratempo e ocorrer uma falta de neve que interrompa o uso dos meios de elevação, o Vale Nevado reembolsa 100% da diária dos hóspedes.

Não deixe de consultar as previsões do tempo em sites como o Weather Channel, conferindo a temperatura aproximada no período da sua viagem.

O que fazer no Vale Nevado além dos esportes de inverno?

O clima mais ameno – nem sempre com baixíssimas temperaturas – favorece várias atividades e passeios para quem não estiver esquiando ou praticando snowboard. Tudo depende de como a viagem está planejada, mas estar na neve, em si, é uma experiência bem diferente para a maioria dos brasileiros.

Viagem em família e com crianças

Pode ser um momento de aproveitar a estrutura dos resorts, que contam com espaço para os pequenos. Não deixe de experimentar os alimentos da região, curtir as piscinas aquecidas e os passeios de gôndola, um teleférico de cabine fechada exclusivo do Vale Nevado no Chile.

Aqui você confere tudo sobre seguro viagem familiar.

Viagem a dois

Neste caso, certamente vale a pena degustar os bons vinhos chilenos, conhecer a excelente gastronomia. Passar o tempo caminhando e fazendo compras nas várias lojas é outra boa pedida para relaxar. Aproveite também para fazer programas simples, porém inesquecíveis, como assistir ao nascer e ao pôr do sol nas montanhas nevadas.

É necessário adquirir roupas especiais para ir ao Vale Nevado?

Hã diversos tipos de tickets, inclusive um Day Ski para os visitantes de apenas um dia. Eles podem incluir desde o uso das pistas e o aluguel de equipamentos até aulas para quem quer aprender a esquiar. O aluguel de um traje de ski custa por volta de 35 dólares.

Ao chegar no Vale Nevado no Chile, basta procurar a central de aluguel de equipamentos e fazer a reserva do modelo compatível com seu tamanho e de acordo com o período da sua estada.

O que levar na mala?

Como a ideia é realizar várias atividades ao ar livre, é preciso se proteger bem, especialmente as crianças, contra os ventos gelados. Alguns itens que podem contar na mala são:

  • Camisa do tipo segunda pele térmica, para garantir que o corpo não perca calor;
  • Malhas e moletons bem quentes, que sejam confortáveis para a prática de esportes;
  • Casaco impermeável corta-vento;
  • Calça impermeável;
  • Cachecol ou protetor de pescoço, para proteger o rosto e o pescoço, além de garantir o isolamento térmico;
  • Luvas e gorro para manter as extremidades do corpo aquecidas;
  • Meias grossas e de cano alto para proteger os pés;
  • Bota com solado antiderrapante é essencial;
  • Óculos de sol, pois a neve reflete a luminosidade;
  • Roupa de banho, se for aproveitar as piscinas aquecidas, SPA e saunas;
  • Nécessaire com hidratante para o corpo, hidratante labial, protetor solar e remédios básicos, bem como um soro fisiológico para hidratar os olhos e spray nasal.

Veja 10 dicas para ganhar espaço na mala e não perder tempo.

O que considerar ao contratar um seguro viagem para o Vale Nevado?

Para o Vale Nevado no Chile, assim como outros destinos com neve, o principal é que a apólice contemple reembolso no caso de acidentes ocasionados pela prática de esportes de inverno.

Lembre-se, antes de tudo, de que nem todas as apólices cobrem todos os tipos de esporte. Portanto, é preciso conferir se cobrem atividades radicais ou de inverno. Os seguros que cobrem esportes amadores na neve só autorizam o reembolso se o acidente tiver ocorrido em uma pista regulamentada, dentro das estações de esqui.

Uma boa cobertura de despesas médicas e hospitalares, além de auxílio farmácia, é essencial em destinos com um clima diferente, o que pode agravar alergias, favorecer resfriados e até interferir na pressão arterial e nas articulações.

Vai praticar outros esportes? Veja aqui um artigo completo sobre o seguro viagem para esportes de inverno.

Atendimento médico no Vale Nevado

A saber, o Vale Nevado conta com estrutura completa para atendimentos de emergência, como a clínica Universidad Catolica. Ele é 24 horas e dispõe até de helicóptero, caso seja necessário transportar o paciente até Santiago.

Como se trata de um estabelecimento particular, será preciso pagar primeiro pelo atendimento para só então solicitar o reembolso pelo seguro viagem.

Quais os seguros de viagem indicados para o Vale Nevado no Chile?

Com a calculadora do Seguro Viagem Pro, fizemos então a cotação de um seguro válido no Chile para uma viagem de seis dias. Encontramos algumas boas opções:

AT 40 INTER

  • Valor: R$66,78;
  • Despesas Médicas Hospitalares: USD 40 mil;
  • Cobertura Médica para Prática de Esportes: USD10 mil;
  • Fisioterapia: USD600;
  • Cobertura farmacêutica: USD800.

Todos os planos da Assist Trip incluem cobertura para esportes radicais e de neve. Esta é uma boa opção, por ser econômica e contemplar benefícios básicos.

Affinity 60 Esportes

  • Valor: R$197,49;
  • Despesas Médicas Hospitalares: USD 60 mil;
  • Cobertura Médica para Prática de Esportes: USD60 mil;
  • Fisioterapia: USD500;
  • Cobertura farmacêutica: USD700.

Outra boa escolha para quem busca economia, incluindo a cobertura de esqui e snowboard neste plano com foco em esportes, com um maior valor por DMH.

GTA Full Sports

  • Valor: R$396;
  • Despesas Médicas Hospitalares: USD75 mil;
  • Cobertura Médica para Prática de Esportes: USD75.000;
  • Fisioterapia: USD600;
  • Cobertura farmacêutica: USD800.

Cobre esqui e snowboard, no entanto somente emergências. Além disso, não contempla tratamento ou cirurgia. Embora tenha um valor mais elevado, oferece um reembolso maior para DMH. A GTA também oferece outros complementos para a modalidade Full Sports, como Special e Extreme.

Encontre o melhor seguro viagem e ganhe descontos

Na nossa calculadora do Seguro Viagem Pro, você consegue simular rapidamente o preço do seu seguro viagem e pode escolher o que melhor atende ao seu perfil na lista gerada. Com o cupom SVP5, exclusivo para nossos leitores, você ainda recebe um desconto ao final da compra. Garantimos o melhor preço aos leitores do Seguro Viagem Chile!

No site comparador Seguros Promo, que nós confiamos e utilizamos aqui no Seguro Viagem Pro, o cupom de desconto também é válido. Então aproveite e boa viagem!

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo